• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 acidentes radioativos que você provavelmente não conhecia

POR Jesus Galvão    EM Mundo Afora      23/04/18 às 18h34

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do acidente radioativo em Chernobyl, certo? Aqui na Fatos Desconhecidos já escrevemos sobre a cidade secreta na Russia que é considerada o lugar maios radioativo no mundo e os graves problemas derivados destes acidentes.

Hoje, listamos alguns dos acidentes radioativos que já ocorreram mundo afora e que muitas pessoas sequer sabiam de sua existência. Até mesmo por influencia do governo, alguns deles permaneceram muitas décadas sem vir a tona. Confira!

1 - SL-1

O pequeno reator nuclear ficava localizado em Idaho National Laboratory, Idaho, nos EUA. O protótipo de uma usina nuclear começou a operar em 1958.Em 23 de dezembro de 1960, o SL-1 foi desativado para manutenção e retornaria as atividades em 4 de janeiro do ano seguinte.

Porém, na noite anterior um incidente ocorreu enquanto preparavam o reator para voltar a funcionar. Uma explosão espalhou material radioativo por todo o silo e atingiu 4 funcionários da usina. Que foram enterrados junto a todos detritos radioativos resultantes da explosão.

2 - Church Rock

Em Church Rock, no Novo México (EUA), havia uma mineradora de urânio muito importante. O urânio extraído, em sua grande maioria, era utilizado em armas nucleares. Todos os dejetos da extração eram depositados em tanques de rejeitos. Em 16 de julho de 1979, um dos tanques cedeu liberando cerca de 1100 toneladas de detritos radioativos no rio Puerco.

A água do rio foi contaminada com urânio radioativo, rádio, tório, polônio, e muitos outros metais. Após o vazamento do tanque ter cessado, o rio estava 6 mil vezes mais radioativo do que os níveis aceitáveis.

3 - NRX

O reator NRX, em Chalk River, Ontário, no Canadá, começou a operar em 1947. Ele era utilizado para experimentos.O reator foi equipado com avançadas ferramentas para garantir a segurança, porém elas se mostraram não tão efetivas quanto se esperava. Em 12 de dezembro de 1952 um acidente nas válvulas ligadas as hastes de controle do reator deu início a uma grande confusão.

Os técnicos após algum tempo conseguiram parar o reator, mas não antes de uma das explosões que ocorreram dentro do reator vazar cerca de 1 milhão de galões de água radioativa e gás na atmosfera. O reator foi desativado e enterrado como lixo radioativo.

4 - Baneberry

Testes de armas nucleares eram comuns no estado de Nevada,nos EUA. Em 18 de dezembro de 1970,uma bomba nuclear de 10 kilotons foi detonada na área de testes a 270 metros de profundidade no Yucca Flat. Após detonarem a bomba tudo parecia normal, até que no local onde ela teria sido enterrada formou uma grande fissura de cerca de 90 metros.

Do buraco uma grande nuvem de poeira e gases radioativos começaram a sair. A nuvem que chegou a alcançar 3 mil metros de altura podia ser vista de Las Vegas.Os ventos espalharam os detritos para vários estados próximos à região. O local de testes após o evento foi fechado, e mortes de pessoas envolvidas neles, vítimas de leucemia, foram relatadas.

5 - K-431

Na baía de Chazhma, em Vladivostok,na Rússia, durante reparos, um submarino nuclear da classe Echo II sofreu uma explosão. O que resultou em uma nuvem de gás radioativo que subiu a cerca de 50 metros, deixando um rastro tóxico de 3,5 quilômetros. O material radioativo foi liberado por cerca de 7 horas. Cerca de 290 pessoas foram contaminadas no acidente e 10 sofreram doenças graves devido a radiação.

6 - Tomsk-7

A cidade de Tomsk-7, que foi posteriormente chamada de Seversk, está localizada a cerca de 3 mil quilômetros de Moscou. Na cidade uma empresa chamada Siberian Chemical Combine (SSC) produzia urânio e plutônio para armas nucleares da antiga União Soviética. Durante um processo de limpeza de um dos tanques com ácido nítrico, ele explodiu. O que resultou na liberação de gases radioativos que contaminou cerca de 120 quilômetros quadrados ao redor da SSC.

Tanto a população quando tudo nos arredores da cidade foram severamente contaminados com os detritos radioativos. A cidade posteriormente foi isolada. Altos níveis de césio-137 e plutônio,mesmo após vários anos, foram detectados no solo da região. Grandes quantidades de lixo nuclear foram enterradas na cidade.

7 - Acerinox

Uma companhia espanhola de aço inoxidável, apesar dos altos sistemas de segurança deixou passar um aparelho de raios X pela triagem,que continha césio-137, e que foi parar em uma das caldeiras. Sendo derretida junto a outros materiais. Uma nuvem radioativa foi liberada na atmosfera quase que imediatamente sem que qualquer equipamento de segurança acusasse.

Somente quando a nuvem contaminada chegou a França,Alemanha, Áustria e outros países europeus, que a empresa foi se atentar sobre o que ocorria. Autoridades europeias revelaram que os níveis de radiação eram até mil vezes maiores que os normais. O acidente produziu cerca de 7 mil toneladas de material radioativo. A situação foi controlada, e além de um prejuízo de cerca de 26 milhões de dólares, 6 trabalhadores foram contaminados e a empresa teve suas atividades encerradas.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Listverse     O Sabicao  
Imagens Wikipedia
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+