Entretenimento

7 atletas que se aposentaram por problemas de saúde

0

Ser um atleta é ser um profissional de esportes e atividades físicas. Esse termo começou com os profissionais que praticavam atletismo. Eles eram chamados de atletas. Depois, ele se estendeu para os praticantes de luta na Grécia e na Roma Antiga. Além desse primeiro significado, o termo também pode significar homem ou mulher de sólida competição.

De acordo com Krieger, atletas são “qualquer pessoa que pratique qualquer manifestação de desporto. Seja educacional, de participação ou rendimento, podendo ser classificado quanto à forma de sua prática, em amador, não-profissional e profissional”. Até mesmo aqueles que correm pelas ruas com o objetivo de melhorar sua forma física e saúde não deixam de ser atletas no sentido mais amplo da palavra.

Contudo, quando pensamos em atletas hoje em dia, nos lembramos dos profissionais do esporte. Eles têm um condicionamento físico impecável, uma habilidade invejável e um talento nato. Entretanto, como ser um atleta exige muito fisicamente dessas pessoas, é comum de se ver atletas aposentando por conta de problemas de saúde. Mostramos, aqui, alguns desses casos.

1 -Sergio Agüero

Flipar

O atacante argentino de 33 anos estava jogando no Barcelona. Ele se transferiu de time para poder jogar com seu amigo, Messi. Contudo, Agüero não conseguiu realizar esse sonho.

O jogador fez sua estreia profissional aos 15 anos e um mês. Depois disso, ele jogou pelo Atlético de Madrid e se tornou um verdadeiro ídolo do Manchester City. Infelizmente, Agüero teve que interromper sua carreira no futebol por conta de um problema no coração, arritmia.

2 – Eveton Costa

Flipar

Atletas do futebol muitas vezes precisam interromper suas carreiras por conta de problemas de saúde. Esse foi o caso do atacante Everton Costa. Ele teve que parar de jogar em janeiro de 2015 por conta de problemas no coração. De acordo com seu empresário, o jogador teve doença de chagas que demorou a ser tratada.

Na época, ele estava atuando pelo Vasco da Gama e tinha apenas 29 anos. Antes disso, Everton já tinha jogado por outros times grandes, como por exemplo, Grêmio, Internacional, Bahia, Santos e Coritiba.

3 – Cabañas

Flipar

Em 2010, o atacante foi baleado na cabeça. Na época, o paraguaio estava jogando no América do Norte. Mas um ano depois do acidente, Cabañas voltou ao campo e jogou até 2014. Contudo, ele ficou defasado fisicamente.

Então, aos 33 anos, ele decidiu encerrar sua carreira de jogador. Depois de anos, o atleta contou que estava acertado com o Manchester United quando sofreu o acidente. Antes de sofrer o acidente ele tinha jogado pelo 12 de Octubre e Guaraní, ambos do Paraguai.

4 – Tostão

Flipar

Existem atletas que são lembrados para sempre. Tostão é um deles. Ele é um dos maiores ídolos do Cruzeiro e da Seleção Brasileira. O atacante parou de jogar em 1973, aos 26 anos.

Mesmo com uma carreira promissora pela frente, Tostão teve que parar por conta de um problema no olho. O problema começou em 1969, quando ele recebeu uma bolada no olho esquerdo durante um jogo amistoso. Depois de pouco tempo, ele recebeu outra bolada no mesmo lugar.

O ex-atacante conseguiu jogar a Copa do Mundo de 1970, mas depois disso seus problemas se agravaram e ele não conseguiu mais jogar.

5 – Marco Van Basten

Flipar

O holandês foi um dos melhores jogadores de futebol dos anos 1980 e de todos os tempos. Contudo, ele também figura entre os atletas que tiveram que se aposentar por conta de problemas de saúde.

Van Basten parou de jogar em 1993, aos 28 anos, por conta de uma lesão no tornozelo. O jogador foi se machucando aos poucos, levando várias pancadas, causando desgaste na região. Ele ainda tentou jogar por mais dois anos. Mas em 1995 veio o anúncio que todos já esperavam: a aposentadoria.

6 – Daiane dos Santos

Flipar

Daiane é uma das atletas brasileiras mais conhecidas. Ela também foi forçada a parar com a ginástica em 2012, aos 29 anos. Diane teve que parar depois de sofrer várias lesões.

Em 2003, ela foi a primeira brasileira a ganhar uma medalha de ouro em mundiais de ginástica artística. Depois disso, ela ganhou cinco medalhas em Pan-Americanos e disputou três Olimpíadas.

7 – Ian Thorpe

Flipar

O nadador foi um dos maiores atletas do esporte de todos os tempos, mesmo tendo atuado por pouco tempo. Aos 24 anos, em 2006, ele se recuperou de várias lesões. Contudo, Thorpe anunciou que deixaria o esporte.

Ele até voltou um tempo depois, mas não conseguiu manter o mesmo desempenho que tinha em sua fase de ouro. Em seu pouco tempo de carreira, ele ganhou nove medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro e três de prata, entre 2000 e 2004. Além disso, ele também ganhou 13 medalhas em mundiais, sendo 11 ouros, uma prata e um bronze.

Fonte: MSN 

Imagens: Flipar

Folclore brasileiro: dois dos personagens mais assustadores

Matéria anterior

NASA divulgou os sons tenebrosos da lua de Júpiter

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos