7 atores que processaram estúdios de Hollywood
Tempo de leitura:4 Minutos, 23 Segundos

7 atores que processaram estúdios de Hollywood

Viver de arte em qualquer lugar do mundo é bastante difícil. A carreira de ator/atriz não é um caminho fácil. E é exatamente por isso que a carreira é muitas vezes considerada arriscada, visto que quem se dá bem, realmente consegue faturar bastante por mês. Já quem não tem a mesma “sorte” pode acabar se dando muito mal.

E ter uma carreira de sucesso não quer dizer que eles não enfrentarão problemas. Quando falamos de fazer um filme, geralmente, existe muito dinheiro envolvido e contratos milionários assinados. E todos os envolvidos no projeto tem que fazer o máximo para conseguir cumprir os prazos que normalmente são bem apetados. Para assim, fazer com que todo o dinheiro investido seja compensado.

Claro que isso nem sempre é possível. E quando um estúdio acaba saindo de um filme, ou então despedindo um ator. geralmente o caso acaba no tribunal. Na maioria das vezes o problema principal é dinheiro nessa quebra de contrato. Mostramos aqui alguns atores que já processaram estúdios.

1 – Scarlett Johansson

O caso mais recente foi o da atriz que dá vida a heroína Viúva Negra. O filme homônimo foi produzido pela Disney e lançado em julho de 2021. E logo depois do lançamento, a atriz entrou com processo contra o estúdio.

Isso porque, de acordo com Scarlett, a Disney violou o contrato fazendo o lançamento do filme em sua plataforma de streaming ao mesmo tempo em que o filme foi lançado nos cinemas.

A atriz alega que essa decisão a custou milhões, já que ela dependia do sucesso de bilheteria do filme para sua compensação financeira. Claro que isso faz sentido já que a arrecadação cai muito se os fãs tem a possibilidade de assistir o filme em casa.

No entanto, a Disney alega que não houve violação de contrato e justificou o lançamento simultâneo por conta da pandemia do coronavírus.

2 – Gerard Butler

O ator também levou o estúdio Millenium Media ao tribunal por ter sido prejudicado nos lucros. Ele trabalhou com esse estúdio na série de filmes “Invasão à Casa Branca”. Butler estreou o filme original e suas duas sequências. Ele também estrelaria a quarta parte, mas a sua relação com o estúdio acabou.

De acordo com o ator e seus advogados, “a Millenium Media embarcou em um esquema abrangente e premeditado para privá-lo dos lucros finais do filme de 2013 ‘Invasão à Casa Branca'”. O estúdio foi acusado de deturpar e subnotificar, de forma deliberada, os lucros para pagar menos do que a porcentagem combinada no contrato.

3 – Robin Williams

O ator processou a produtora “Frank and Beans”, em 2008, por conta de um filme que ele tinha sido contratado para fazer, mas que no fim das contas acabou não sendo feito.

Quando o estúdio decidiu que não seguiria com o projeto, Williams entrou em uma disputa salarial dizendo que ele tinha um contrato de “pay or play” com o estúdio. Nesse tipo de contrato, os grandes astros tem a garantia de que eles irão ser pagos mesmo que o filme não seja concluído ou nunca lançado.

4 – Richard Gere

Em 2018, o ator processou uma produtora por extorsão. Gere assinou um contrato com a “Random Acts Entertainment” para fazer uma compra conjunta dos direitos autorais de um livro que seria adaptado para o cinema.

Um dos problemas foi que o ator pagou pelos direitos do livro, mas nunca foi reembolsado. Além disso, o roteiro feito para a adaptação foi bem fraco. Então, Gere quis vetar o filme. Ele e a produtora chegaram em um impasse criativo e a produtora ameaçou processá-lo.

De acordo com as alegações do ator, a produtora tentou extorquir 500 mil dólares dele para que eles saíssem do projeto.

5 – Sylvester Stallone

Em 1997, Sylvester Stallone fez uma participação especial no filme “The Good Life”. Esse filme foi estrelado por seu irmão Frank. Contudo, Sylvester não gostou nada quando viu que os produtores tinham anunciado o filme como se ele fosse o protagonista. O ator achou isso um insulto ao seu irmão.

Então, Sylvester Stallone processou os produtores por quebra de contrato. E pediu 20 milhões de dólares em indenizações. Os produtores, por sua vez, processaram  ator e pediram 50 milhões de dólares. No fim das contas as partes fizeram um acordo no tribunal.

6 – Sharon Stone

A atriz estava pronta para protagonizar o filme “Instinto Selvagem 2”, mas os produtores resolveram tirá-la do projeto. Sharon então alegou que eles tinham um contrato verbal com ela de “pay or play” que não tinha sido respeitado. Por conta disso ela os processou.

7 – James Gandolfini

O falecido ator foi uma das grandes estrelas da HBO. Ele ficou muito conhecido por seu papel como Tony Soprano na série “Família Soprano”. Ele começou uma batalha judicial contra a HBO em 2003, quando a série estava no auge do seu sucesso. James exigiu um aumento salarial de 400 mil dólares por episódio para, pelo menos, um milhão de dólares.

A HBO ameaçou cobrar uma multa de 100 milhões de dólares caso o ator não cooperasse. As filmagens da quinta temporada da série foram adiadas para que a disputa fosse resolvida. Segundo várias fontes, James foi um dos primeiros atores de TV a ganhar um milhão de dólares por episódio.