• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 casos aterrorizantes de cachorros que assassinaram humanos

POR Isabela Ferreira    EM Mistérios & Horror      11/04/18 às 15h04

Segundo o ditado, o cachorro é o melhor amigo do homem. Bem, não podemos negar que eles realmente são grandes companheiros e ficam ao nosso lado até mesmo nos momentos mais difíceis. Se você estiver enfrentando problemas pessoais, basta passar um tempinho brincando com um cão que é possível até esquecê-los. Mas por outro lado, também não podemos nos esquecer que existem aqueles casos à parte.

Infelizmente, já foram registradas inúmeras situações em que cães acabaram atacando humanos. Sejam seus próprios donos ou pessoas desconhecidas, não podemos simplesmente ignorar as evidências. Portanto, por mais que você confie em seu cão, fique sempre alerta, principalmente quando ele estiver em contato com crianças. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 casos aterrorizantes de cachorros que assassinaram humanos. Confere aí!

1 - Criança afogada por culpa de um cachorro

Foi no ano de 1936 que um garotinho de apenas 14 anos, chamado Maxwell Breeze de Brockport, nadava em um canal de Nova York, quando um cachorro o avistou, nadou até ele e o atacou. Infelizmente o garoto acabou se afogando e as pessoas que estavam por perto, logo colocaram a culpa no cão.

Durante aquele época, era comum que animais fossem submetidos a julgamento, e foi exatamente o que aconteceu. As autoridades condenaram o cão a passar dois anos confinado apenas no quintal de casa. Caso ele fosse visto passeando pelas ruas, seria capturado e sentenciado à morte.

2 - Recém-nascido se torna vítima

Infelizmente, cães responsáveis pela morte de crianças são muito mais comuns do que imaginamos. Ao longo dos anos, casos e mais casos de tal natureza acabam sendo registrados. No mês passado (março/2018) uma família da Virgínia, havia acabado de levar seu bebê recém-nascido para casa. No entanto, eles eram donos de um cão de grande porte, que nunca teve contato com crianças anteriormente.

Certo dia, o casal se descuidou e deixou a porta do quarto do bebê aberta. Curioso, assim como todo animal, o cão entrou no lugar e se deparou com a criança. Quando os pais chegaram no ambiente, encontraram uma cena horrível: seu amado bichinho de estimação acabara de atacar o inocente bebezinho com 8 dias de vida, que, tragicamente, não resistiu aos seus ferimentos e morreu.

3 - Ataque de Pit Bulls

Antes de ir ao trabalho, De'trick Johnson decidiu passar em uma oficina para fazer alguns ajustes em seu carro. Ele já havia avisado o dono do estabelecimento que iria dar uma passadinha por lá, mas parece que ele acabou se esquecendo. Assim que Johnson chegou na oficina e desceu de seu carro, foi recebido não pelo dono, mas sim por um grupo de Pit Bulls que não pareciam nada amigáveis.

Ele percebeu que estava numa fria. Como não daria tempo de entrar no carro, e talvez nem fosse a melhor opção, ele decidiu apenas subir em cima do veículo, julgando que os cachorros não o alcançariam. No entanto, ele estava muito errado... Os cães o agarraram pela barra da calça e o arrastaram para o chão. O resto você já deve imaginar.

A questão é que os Pit Bulls da oficina já tinham atacado outras pessoas, mas o dono do lugar nunca fez questão de resolver o problema. Após o último ataque, os animais acabaram fugindo. Dois deles ainda foram capturados e enviados para um abrigo. Mas haviam outros 5 que eram tão violentos que precisaram ser sacrificados.

4 - Cães matam o dono

Todos os dias de manhã, Bethany Stephens, moradora da Virgínia, fazia um passeio com seus dois Pit Bulls por uma floresta que havia atrás de sua casa. Os cachorros eram criados por ela desde filhotinhos, e segundo família e amigos, sempre foram carinhosos e apresentaram comportamento dócil.

No entanto, em uma manhã e dezembro de 2017, durante o tal passeio, eles decidiram atacar a dona. O corpo dela foi encontrado cheio de ferimentos e com até mesmo com um furo no crânio. O curioso é que as autoridades tiveram dificuldades em retirar o corpo do local, já que os cães estavam o protegendo. Por isso, rumores se espalharam pela cidade de que alguém teria matado a mulher, e que os cães acabaram a machucando mais, somente na tentativa de acordá-la.

Muitas pessoas começaram a acreditar, então as autoridades divulgaram as imagens do corpo da mulher. Rapidamente os rumores foram calados... Pelo estado em que Stephens ficou, apenas os próprios cães poderiam ter feito aquilo.

5 - Fox terrier rasga a garganta do dona

Pois é, raças de pequeno e médio porte também podem ser perigosas quando querem. Uma novaiorquina chamada Carrie Cobus, começou a ter um ataque epiléptico dentro da própria casa. Ela estava com sua mãe e seu cãozinho, um Fox Terrier, no entanto... Parece que a mãe da mulher não sabia muito bem como lidar com a situação.

Começou a jogar água na filha, como se isso realmente pudesse ajudar. Enquanto isso, o cachorro latia para Carrie, que neste momento estava no chão, tremendo. Em seguida, ele parece ter simplesmente enlouquecido, pulando na garganta da dona e a mordendo, perfurando a jugular. Observando a cena, a mãe da mulher logo tirou o cão dali, e em um ato de fúria, o esfaqueou até a morte. Carrie acabou perdendo muito sangue, fazendo com que ela não conseguisse sobreviver.

6 - Cachorro mata criança para defender filhote

No ano de 1939, enquanto ia buscar água em um poço, uma mulher chamada Fern Smith deixou seu filho de 4 anos brincando com o bichinho de estimação da família, um cão de grande porte. Pouco depois, a criança encontrou um dos filhotes que pertenciam ao cão e decidiu usá-lo como um brinquedinho. Colocou-o dentro de uma sacola e ria enquanto o filhote chorava tentando escapar, provavelmente já sem ar.

Vendo aquilo, o cão pareceu aflito e então atacou o menino. O agarrou pelo pescoço e acabou perfurando sua jugular. A mãe viu a cena enquanto voltava parra casa, mas quando chegou no ambiente, já era tarde demais... O filho estava morto.

7 - Cachorro mata mãe e filho

Na Alemanha, algumas raças de cachorro são proibidas por serem consideradas muito violentas. A Staffordshire Terrier é uma delas, mas nada impediu que uma família de  Berlim mantivesse um cão da raça em casa. Certo dia, um vizinho percebeu que algo estava errado na casa ao lado. Quando foi até lá e olhou pela janela, percebeu que mãe (52 anos) e filho (27 anos) estavam caídos no chão, ensanguentados.

Rapidamente ele ligou para a emergência, julgando que ambos haviam sido vítimas de um crime violento. No entanto, quando um perito forense foi analisar os corpos, concluiu que na verdade havia sido o cão da família o grande autor do crime. Sem testemunhas, ninguém sabe dizer ao certo o que teria provocado o cão para que ele se virasse contra os donos e muito menos como ele teria conseguido acabar com a vida de dois adultos.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem sias ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+