Curiosidades

7 coisas que aconteceram com a família de Bin Laden após os atentados

0

Osam Bin Laden fazia parte do clã da família Kennedy de Jeddah, na Arábia Saudita. A extensa família  era conhecida por suas riquezas, construção de mesquitas, estradas e também de palácios. No entanto, o nome da família jamais foi o mesmo depois dos atos cometidos por Osama Bin Laden.

O homem que tinha mais de 50 irmãos, 5 esposas e 24 filhos foi o responsável pelo maior ataque terrorista da história. Uma atitude tão voraz, com certeza teria reflexo em toda a família, mesmo aqueles que não estavam diretamente envolvidos no terrorismo.

Confira agora o que aconteceu com a família de Bin Laden.

1 – Seu filho era contrário ao terrorismo

Omar Bin Laden viu de perto as atitudes cruéis do pai. Ele torturava os cachorros do filho até a morte, testando armas químicas. O pai também atirou na cabeça do melhor amigo de Omar. O menino teria sido estuprado por uma gangue de homens e a cabeça insana de Bin Laden chegou a conclusão de que por isso o amigo de seu filho era gay e merecia morrer. Quando estava mais velho, o pai decidiu testar a dureza do filho. Enviou Omar para lutar ao lado do Taleban, no Afeganistão, durante 40 dias e 40 noites. No entanto, o filho de Osama não conseguiu e voltou para casa. Foi em 2001 que ele decidiu sair de tudo que o ligava ao terrorismo, a contragosto de seu pai. Omar declarou publicamente que quer ser um embaixador da paz.

2 – Acidentes aéreos assombram a família

O pai de Bin Laden, Mohammed morreu quando o garoto tinha apenas 10 anos. Um acidente aéreo culminou na morte de seu pai. O piloto americano teria cometido um erro que levou a queda do avião em Asir, na Arábia Saudita. Depois disso, seu filho mais velho, Salem, assumiu o papel de patriarca da família. No entanto, pouco mais de duas décadas depois, seu irmão foi vítima de um outro acidente aéreo que causou sua morte. O avião se chocou com linhas de energia no Texas. Recentemente, em 2015, outro acidente levou à morte a madrasta, a irmã e o cunhado de Osama. A aeronave explodiu no Reino Unido.

3 – Sua primeira esposa foi embora

Najwa Ghanem era prima de Osama e também sua primeira esposa. Se casou com Bin Laden quando tinha 17 anos, que nessa época era conhecido por sua calma e gentileza. Ela não esperava que o marido fosse se envolver com coisas tão terríveis. A mulher que deu a Osama 11 filhos, se via presa e infeliz. Até que seu filho Omar decidiu abandonar o pai e implorou à mãe que fosse embora com ele. De início, Najwa resistiu, mas pouco depois, ela e seus dois filhos mais novos e o adulto com deficiências foram embora da vida de Osama.

4 – A última esposa levou um tiro pelo terrorista

Amal al-Sadeh foi a quinta e última esposa de Osama Bin Laden. Ela era a mais nova e, supostamente, a preferida. A mulher foi literalmente dada pela família como presente para Bin Laden. Enquanto a primeira esposa abandonou o terrorista e a segunda pediu divórcio, Amal continuou junto do marido. Ela até levou um tiro na perna tentando proteger Osama quando Navy Seals invadiram o complexo onde estavam escondidos.

5 – Irmão preso por príncipe

A família de Osama Bin Laden era extremamente conhecida por seus serviços de construção. No entanto, Bakr bin Laden, não prosseguiu com a imagem de sucesso que os negócios tinham. Muito pelo contrário, seu nome estava ligado ao assassinato brutal do jornalista Jamal Khashoggi. Além disso, Bakr foi preso por supostas manobras financeiras, que seriam um golpe econômico.

6 – Sua mãe acredita que ele sofreu lavagem cerebral

A mãe de Osama Bin Laden, Alia Ghanem, em entrevista recente mostrou ter uma visão um tanto distorcida do filho. A imagem que a mulher tinha do filho, era de um homem moral e honesto. Ela culpou as pessoas da Irmandade Muçulmana de realizarem uma lavagem cerebral em seu filho.

7 – Evacuação da família após o 11/09

Após o maior ataque terrorista da história, arquitetado por Osama Bin Laden, seus familiares se desesperaram. Eles temiam ser rotulados como terroristas e até serem assassinados em uma possível retaliação. Os familiares ligavam de forma insistente à embaixada saudita em busca de proteção. Seus conhecidos ricos e muito poderosos ajudaram os familiares de Bin Laden a conseguirem e autorização para realizar 50 voos. De mais de 20 cidades americanas, saíram 160 sauditas, entre eles, várias parentes de Bin Laden. Como o país vivia um momento muito conturbado, ninguém checou os passageiros que deixaram o país, nem se eles tinham ligação com o ataque terrorista.

7 melhores séries de super-herói que irão estrear em breve

Previous article

7 mais terríveis navios de guerra que já existiram

Next article

Comments

Comments are closed.