• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 coisas que você precisa saber antes de viajar para o Japão

POR Bruno Dias    EM Mundo Afora      06/12/18 às 16h56

O Japão é um arquipélago no Oceano Pacífico e fica no extremo leste do continente asiático. O lugar também chamado de Terra do Sol Nascente, tem cerca de 128 milhões de habitantes em seus 377.899 quilômetros quadrados. Para nós, ocidentais, as pessoas, os costumes e vários aspectos da vida do outro lado do mundo podem nos espantar e, ao mesmo tempo, nos provocar uma grande curiosidade.

E é exatamente essa curiosidade que leva tantas pessoas a visitarem o país e tentar entender suas peculiaridades. Obviamente, nem tudo será como na sua casa, ou até mesmo no oriente como um todo, mas essas diferenças é que deixam a experiência única. No Japão, existem muitas regras e a principal delas é que não seja causado nenhum transtorno às outras pessoas.

1 - Conveniências

No Japão, as lojas de conveniência são chamadas de Combini. Elas são um pouco diferentes das que temos aqui no Brasil, porque nas lojas japonesas você poderá encontrar uma gama de produtos diferentes, que vão desde alimentos prontos até outros bens e serviços. Essas conveniências, geralmente, são de grandes redes como 7-Eleven, Family Mart, Ministop e Lawson.

O que podemos encontrar a mais nessas lojas do Japão, além de comidas? Bem, nelas também é possível fazer cópias de documentos, enviar ou receber uma encomenda, pagar contas, comprar passagens aéreas para voos dentro do país e até mesmo ingresso para um show ou algum outro tipo de evento. Além disso, essas lojas sempre têm banheiros limpos e livres para que as pessoas possam usar.

2 - Loja de 100 ienes

Quando pensamos em lojas baratas aonde se pode encontrar de tudo, logo vem à cabeça as nossas lojas de R$ 1,99. Do outro lado do mundo, elas também existem, mas logicamente na moeda local. Nas lojas de 100 ienes é possível encontrar lanches, produtos químicos, cosméticos, coisas de papelaria, brinquedos, pratos, roupas, sapatos, lembrancinhas para trazer como presentes para os parentes e mais um monte de outras coisas.

E se engana quem pensa que os produtos dessas lojas são de baixa qualidade. Essas lojas são bastante populares entre os estudantes e os turistas, que vão com um orçamento não tão grande, já que nelas é possível fazer bastante economia.

3 - Impostos

Na hora de pagar algum produto no Japão, pode ser que haja algum mal entendido no caixa. Isso porque os preços que são postos nos produtos podem estar líquidos, ou seja, sem o imposto que é cobrado do consumidor que hoje é de 8%. E no país, existem também lojas que têm essa isenção de impostos.

E para incentivar o consumo de algum produto, os fabricantes, às vezes, colocam uma lembrancinha para que os consumidores escolham o seu produto para levar para casa.

4 - Sapatos

Essa hábito pode já não ser tão estranho para nós, porque consideramos essa quase que uma das principais características dos japoneses. Eles consideram que todo o espaço fora de casa é sujo e, por isso, deixam os sapatos do lado de fora da casa. E esse costume não se limita a casa das pessoas. Ele vale também para templos, centros comunitários, escolas e até mesmo alguns restaurantes.

Se você for visitar algum lugar pela primeira vez é sempre bom olhar para ver se é permitido ou não entrar com sapatos ou se você precisa trocá-los. Além disso, também existem sapatos separados para que você possa ir ao banheiro.

5 - Clima

Se você pretende ficar no país por um período de tempo longo é bom se preparar para caso ocorra algum desastre natural como tufões ou terremotos. Várias pessoas do Japão já têm esse kit de emergência sempre preparado para caso isso aconteça.

O kit normalmente é feito com alguns itens de higiene, alimentos e outras coisas necessárias que você pode encontrar nas lojas de 100 ienes. Não quer dizer que você enfrentará algum desastre natural na sua estadia, mas caso isso aconteça, é bom você estar preparado, assim como os nativos.

6 - Polícia

Existentes há mais de 100 anos no país, os postos policiais, chamados de Coban, ficam abertos 24 horas. O que os funcionários desses postos policiais fazem é manter a ordem pública. Além disso, eles também previnem crimes, ajudam aqueles que estão perdidos ou procurando algum lugar e também levam as pessoas bêbadas até as suas casas. E se você perder algum documento, é provável que algum japonês tenha entregue em algum desses postos.

7 - Meywaku Kakenai

Esse é um conceito muito importante para os japoneses. Mayvaku é a inconveniência ou ansiedade que uma pessoa pode causar em outra. Desde sempre, o Japão foi bastante populoso e sempre aprenderam que eles não podem ter uma cabeça individualista, mas sim que devem pensar no todo.

Vários costumes são respeitados para que esse incômodo a outras pessoas não seja feito, como por exemplo, não falar em voz alta ao telefone quando se está no transporte público ou em outros lugares nos quais esse hábito possa incomodar.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+