Entretenimento

7 coisas que você não sabia sobre Aladdin

0

A Disney é uma das maiores empresas de entretenimento do mundo. Seus estúdios são responsáveis por grandes títulos do cinema internacional, assim como as maiores franquias do meio. Entretanto, mesmo com seu gigantesco acervo, que inclui os filmes da Marvel e Star Wars, grande parte do seu sucesso se dá pelos filmes de contos de fadas. Alguns filmes praticamente começaram tudo como Branca de Neve, Cinderela e Bela e a Fera. Grandes princesas, príncipes e vilões marcaram a infância de várias pessoas ao redor do mundo ainda hoje são venerados pelos fãs.

Um dos clássicos da Disney é Aladdin. Em 1992, essa animação chegou ao público e a história do órfão com seu tapete voador, gênio e princesa independente ganhou o coração do público. O filme virou musical da Broadway e agora ganhou o seu live action. A maioria das pessoas conhece a história de Aladdin, mas muitos não conhecem o que se assemelha a seu material de origem. Mostramos aqui alguns fatos que você pode não saber.

1 – Um dos 1001 contos

Aladdin é uma parte dentro de uma história chamada As mil e uma noites. Essa história é contada por Scherherazade, que se casou com um rei que matava suas mulheres uma noite depois do casamento. E para salvar sua vida, ela conta uma história por noite para seu marido, e Aladdin é uma delas. Entre os contos mais famosos, estão Aladdin, Sinbad, o Marinheiro e Ali Baba.

2 – Não é de Agrabah

Na versão escrita pelo estudioso francês Antoine Galland, e na tradução popular inglesa de 1885 de Richard Burton, Aladdin mora em uma cidade da China. As ilustrações dos contos da era vitoriana mostram a história e os personagens como sendo chineses. E o cenário e a etnia dos personagens começaram a mudar para o oeste, como a Arábia e o Oriente Médio. E por isso, na história que chegou às telas no começo do século XX, os personagens são dessa região.

3 – Vive com a mãe

No filme, o protagonista é mostrado como um rato de rua. Mas a verdade é que ele não é órfão. O pai de Aladdin era um alfaiate que estava morto, mas sua mãe ainda era viva. Inclusive, a mãe de Aladdin é quem esfrega a lâmpada e libera o gênio.

4 – Não é um diamante bruto

Como é retratado pela Disney, Aladdin é esperto, engenhoso e leal. Mas ele é subestimado por ser pobre. Mas na versão de Richard Burton, ele é superficial, preguiçoso, ganancioso e facilmente levado pela ilusão da riqueza. Tanto que seu pai morre porque ele se recusa a aprender um ofício.

5 – Dois gênios

Como é contado em Mil e uma noites, Aladdin tem dois poderosos gênios lhe auxiliando. Um deles mora em uma lâmpada mágica e o outro em um anel. Os dois vão ajudar Aladdin em diferentes partes da história. Eles lhe concedem desejos e o tiram de situações perigosas.

6 – Princesa prometida

Depois que Aladdin vê o rosto da filha do sultão, chamada de Badr al-Budur e não Jasmine, ele se apaixona por ela e começa a perseguir o sultão com vários presentes. O sultão os aceita, mas sua filha já estava prometida para outro, que é com quem ela iria se casar. Então Aladdin usa o gênio para sequestrar o noivo e o trancar em um cela fria, até que ele implore para que o casamento seja anulado.

7 – Mais de três desejos

Quando Aladdin consegue acabar com o casamento de Badr al-Budur, ele começa a atraí-la com ouros, joias, servos, soldados e cavalos. Ele consegue tudo isso com vários desejos que faz ao gênio. E mesmo depois que os dois se casam, os desejos continuam e as riquezas deles vão sendo acumuladas.

Você seria capaz de completar todos esses ditados populares? [Quiz]

Matéria anterior

O que aconteceria se todos os mortos voltassem à vida?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos