A oitava temporada de Game of Thrones é também a última. A série de maior sucesso da história da televisão, voltou pela última vez. A audiência da première atingiu 17.4 milhões de espectadores e se tornou o episódio mais assistido da HBO. Batendo o próprio recordo do season finale da temporada passada. No geral, o episódio intitulado Winterfell foi dentro das expectativas.

Durante a história, tivemos reencontros, primeiras impressões, sobreviventes, enigma dos Caminhantes Brancos e a organização para a guerra. Muitas pessoas não reparam, até porque já fazem alguns anos, mas a estrutura desse episódio foi uma homenagem ao piloto da série. Pensando nas referências que, talvez, tenham sido perdidas, separamos alguns detalhes sobre a estreia da oitava temporada de Game of Thrones.

1 – Nova abertura

Os créditos de abertura são alterados a cada temporada, e para a última, as coisas não foram diferentes. As mudanças no mapa de Westeros são bem visíveis e podem conter algumas dicas para os episódios futuros. Durante a nova abertura, podemos ver menções a grandes momentos dos anos anteriores. Entre os quais estão O Casamento Vermelho, o nascimento dos dragões e a queda da Muralha.

2 – Lembrança do pequeno Bran

O episódio começa com a chegada de Daenerys, Jon e o “maior exército já visto” em Winterfell. A volta de Jon para casa e a presença de forasteiros na terra é uma ocasião e tanto para os habitantes locais. Assim, todos se reúnem para vê-los se aproximar. Acompanhamos então a tentativa de um garotinho que também deseja ver a passagem do exército.

Publicidade
continue a leitura

Ele corre em meio à multidão e escala em qualquer coisa que consegue. Sua breve aventura é uma menção ao próprio Bran no piloto da série. Quando criança, ele costumava agir da mesma forma. Foi assim que ele sofreu a tentativa de assassinato por Jaime.

3 – O reencontro de Jon e Arya

Jon e Arya sempre se deram muito bem. Logo no início da primeira temporada, ele parte para integrar a Patrulha da Noite. Antes da despedida, Jon presenteia Arya com Agulha, uma espada feita especialmente para ela. Os dois se abraçam sem saber que voltariam a se ver apenas oito anos depois. Embora ela tenha crescido um pouco desde então, o abraço do reencontro não mudou. Jon ainda a suspende no ar. E Agulha permanece afiada.

4 – A “justiça poética” de Cersei

Qyburn vai atrás de Bronn a mando de Cersei com um pedido. A ordem da rainha é para ele caçar a matar seus dois irmãos desertores. Mas existe uma condição, ele precisar executá-los com uma besta. Qyburn comenta sobre Cersei ter um senso de “justiça poética”. Para quem não se lembra, a besta foi a mesma arama usada por Tyrion para matar Tywin Lannister, o patriarca da família. A rainha pretende retribuir na mesma moeda.

Publicidade
continue a leitura

5 – O momento na cachoeira de Jon e Daenerys

Jon e Daenerys não são o primeiro incesto que a série mostra, mas é o primeiro a dividir muitas opiniões. Há quem odeia, há quem goste e têm aqueles que simplesmente não se importam. Diferente de Cersei e Jaime, ao menos, eles não sabiam da relação consanguínea. Seja como for, a temporada começou e o amor está no ar entre os dois!

Jon e Daenerys voam com os dragões até uma parte mais isolada de Winterfell. Pousam em frente a uma cachoeira, onde aquecem seu amor. O detalhe é que foi num lugar bastante similar que Jon ficou a primeira vez com Ygritte. Onde os fãs tiveram o shipp consagrado. Será que ele já esqueceu dela?! Poxa, Jon!

6 – A recepção de Daenerys

Publicidade
continue a leitura

Por mais que Daenerys tenha ido à Winterfell para ajudar, sua chegada não foi encarada com bons olhos pelos locais. Como Jon bem lembra, eles não confiam em pessoas de fora. Ainda mais quando chegam acompanhadas com um exército gigantesco. Como Sansa ainda não conhece Daenerys, sua recepção foi repleta de desconfiança.

Mesmo assim, ela se mostrou à disposição da rainha. “Winterfell é sua, Vossa Alteza”, disse. A frase de Sansa nos remete ao piloto da série. Mais precisamente quando Robert Baratheon chega com sua comitiva nas terras do Norte. Ao cumprimentá-lo, Ned pronuncia as mesmas palavras.

7 – As palavras profetizadas de Ned Stark

Ned foi um homem muito fiel. Ele cumpriu seus votos de marido tanto quanto os de irmão. Era sempre muito honesto com Catelyn, mas nunca tocava no assunto sobre Jon. Todos tinham certeza de que Jon era filho de Ned. Inclusive ele mesmo. Embora nunca o chamasse de pai e aceitasse sua condição de bastardo.

No entanto, Jon nunca desistiu e sempre quis saber a verdade sobre sua mãe. Ned, por sua vez, evitava o assunto a todo custo. Até que eventualmente cedeu. Antes de Jon partir para a Patrulha da Noite, ele disse ao jovem que na próxima vez em que se encontrassem, ele contaria a verdade sobre sua mãe. Infelizmente, Ned morreu pouco tempo depois.

Apesar disso, de certa forma, suas palavras foram concretizadas. Quando Jon descobre a respeito de seu passado, ele está na cripta da família Stark. Ele havia acabado de acender uma vela a Ned. Poeticamente, podemos considerar a situação um reencontro.

Publicado em: 16/04/19 18h15