Dependendo de onde você vive, pode ser que já esteja experimentando a rotina de uma quarentena. Ou ainda, correndo para o mercado, em busca de álcool gel e papel higiênico. De todo modo, podemos afirmar que essas situação são, de fato, bizarras. Por isso, separamos 7 fatos bizarros sobre quarentenas.

Na melhor das situações, podemos dizer que a quarentena ainda está bem longe de um dia de folga. Mas, ficar em casa para se isolar dos outros é uma medida muito melhor do que outras experimentadas no passado.

1 - Se não serve para curar, qual o objetivo de uma quarentena?

Atualmente, as quarentenas são impostas, em geral, por governos ou instituições de saúde. Dessa forma, essas medidas não são apenas baseadas em cálculos médicos dizendo se serão ou não eficientes para para ou reduzir o avanço de uma doença contagiosa. As medias de quarentena são atendidas para atender expectativas de outros governos. Além disso, também servem para tranquilizar sua própria população.

2 - Quarentena é uma palavra que veio da Itália

Publicidade
continue a leitura

Estimasse que durante o século 14, cerca de 20 milhões de europeus tenham morrido por conta da peste bubônica. Contudo, essa situação não atingiu a Itália como atingiu outros países. Por isso, para adentrar no país, navios eram obrigados a ficar na Poveglia, uma ilha italiana, por 40 dias. Essa medida ficou conhecida como quarantinario. Depois disso, foi adaptada para a quarentena como conhecemos.

3 - Isaac Newton aproveitou bem o tempo que ficou em casa

Isaac Newton ainda era jovem quando a "Grande Praga de Londres" chegou ao país. Contudo, mesmo trabalhando em casa em quarentena, ele usou sem tempo com sabedoria. Dessa forma, ao retornar para a Universidade de Cambridge em 1667, ele já estava com nada mais nada menos que a Lei da gravitação universal em mãos.

4 - Astronautas que ficaram em quarentena

Publicidade
continue a leitura

Até mesmo a NASA já colocou seu astronautas em quarentena. Se você olhar de perto, o dispositivo se parece com um trailer, mas serviu para salvar possíveis vidas. Isso porque, antes de testar amostras da lua, os cientistas da NASA não sabiam o que esperar. Por conta do material estranho, parasitas, vírus ou bactérias infecciosas poderiam ter sido trazidas na viagem. Dessa forma, os astronautas passaram 21 dias em quarentena após voltarem do espaço. Contudo, essa prática deixou de ser feito após a Apollo 14.

5 - Essa mulher passou a vida em quarentena

Na década de 1910, Mary Mallon era portadora da febre tifoide. No entanto, ao contrário de outras pessoas, ela não apresentava sintomas. E, infelizmente, para os moradores de Nova York, ela era uma cozinheira de mão cheia e apaixonada por sua profissão. Dessa forma, ela contribuiu para um surto de febre tifoide que devastou a cidade. Depois disso, detetives a rastrearam como fonte do surto e, em seguida, a prenderam. Em 1915, ela foi levada para North Brother Island, onde passou o resto de sua vida em quarentena.

Publicidade
continue a leitura

6 - Uma ilha que está de quarentena desde a 2ª Guerra Mundial

Durante a Segunda Guerra Mundial, os britânicos suspeitaram que poderiam usar o antraz de bactérias mortais como uma espécie de arma biológica para atacar a Alemanha. Isso porque, ao ser inalado, o antraz é quase sempre mortal. Mas as bactérias produtoras de esporos causam danos mais duradouros ao infectar o gado e solo. Dessa forma, para testar a teoria, o antraz foi lançado na Ilha Gruinard, na costa da Escócia. Pode se dizer que o experimento fez mais sucesso do que o esperado. Depois de mais de 50 anos, a ilha ainda estava contaminada e era considerada tóxica. Por isso, em 1990, ela foi declarada como inabitável.

7 - Shakespeare escreveu uma de suas maiores obras em quarentena

Em meio a epidemia de peste bubônica, os teatros de Londres começaram a ser fechados. Por isso, sem emprego fixo e com muito tempo livre, William Shakespeare começou a escrever algumas obras. Dessa forma, ele escreveu "Rei Lear", "Macbeth" e "Antônio e Cleópatra". Tudo em menos de um ano. Contudo, podemos afirmar com certeza que apenas a peça "Rei Lear" foi escrita durante a quarentena.

Publicado em: 23/03/20 11h33