icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 fatos surpreendentes sobre a França

POR Cristyele Oliveira EM Curiosidades 29/02/20 às 22h36

capa do post 7 fatos surpreendentes sobre a França

Todo país tem a sua história, que é cheia de fatos curiosos. O Brasil mesmo é cheio de fatos realmente estranhos para outras culturas, e com os demais países, não seria diferente. A França é um país muito interessante, com uma cultura realmente única e especial. Mas isso tudo não impede que o país carregue uma série de estereótipos, um tanto quanto xenofóbicos. Onde quer que um francês esteja, principalmente onde o idioma seja inglês, ele será alvo desses estereótipos. Embora alguns nem sejam condizentes com a verdadeira história da França.

Mas todo boato tem uma origem. É aquela história: onde há fumaça há fogo, nem que seja uma pequena fogueira. Apesar deles tentarem apagar essas partes da história, é impossível sumir com os fatos completamente. E olha que eles são bons nisso, mas ainda assim, restaram vestígios do passado do país. Confira a seguir, 7 fatos surpreendentes sobre a França.

1 - Destino turístico mais popular do mundo

Embora tenha decaído um pouco nos últimos anos, a França ainda continua no topo dos melhores destinos turísticos do mundo. O que é surpreendente nesse caso, é que, apesar de o país ter uma imagem tão romantizada em outros continentes, cerca de 70% do turismo na França, é europeu. Isso só mostra como a nação é bem vista, pelos seus vizinhos próximos.

2 - Os franceses estão deprimidos

Não tem como negar, que os franceses estão mais deprimidos do que nunca. Dados apontam que um em cada cinco franceses tiveram pelo menos um episódio depressivo, diagnosticado clinicamente, nos últimos anos. E isso não parece ser um problema só para os franceses, os altos níveis de pessoas medicadas, em detrimento da depressão, têm sido atribuídos à nações desenvolvidas. Muito disso porque eles têm uma melhor compreensão dos problemas de saúde mental.

3 - A batata foi proibida na França por 24 anos

Dá para acreditar nisso? No passado, grande parte dos franceses não consideravam a batata um alimento. Por alguma razão, eles pensavam que a batata ajudava na transmissão de hanseníase. Hoje, sabemos que o verdadeiro culpado disso não era o alimento. Para a batata ser considerada comida, foi preciso existir de uma longa batalha. Hoje, os franceses devem essa vitória, de poder usar a batata, ao gaulês Antoine-Augustin Parmentir que lutou durante anos para que os amados tubérculos pudessem ser comidos. Só em 1772, é que a batata foi declarada aceitável para ser cozida, frita, assada e tantas outras formas de ser consumida.

4 - Bandeira branca

De acordo com a história, Napoleão era bom de guerra, mas nem tão bom assim em invadir a Rússia no inverno. Levantar uma bandeira branca, com certeza, não foi a escolha mais sábia do líder. Isso porque durante algum tempo a bandeira nacional da França era branca, e como sabemos, durante 2 mil anos ela foi usada como símbolo de desistência.

5 - O Louvre foi construído para derrotar os vikings

No século XII, a França estava sendo atacada por inimigos de todos os lados, os principais eram os vikings. Apesar de terem se convertido ao cristianismo, eles ainda não haviam renunciado à invasão da França. Qual foi a solução encontrada pelo rei Philip Augustus para lidar com os invasores? Construir um castelo gigante no meio de Paris. Quando ficou pronto, o Louvre abrigou o registros e o tesouro da realeza por 70 anos ou mais. Até que mais tarde, se tornou um museu.

6 - Macron é o presidente mais jovem da história da França

Em 2017, Emmanuel Macron, 39 anos se tornou o presidente mais jovem a assumir o cargo na França. Ele também foi o primeiro a se casar com sua professora do ensino médio, 24 anos de idade mais velha do que ele. A juventude de Macron forneceu algumas barreira ao seu governo, mas nada que não fosse possível superar.

7 - Quase todo mundo pode dirigir

Se você tiver 14 anos na França, você já pode dirigir. Mas não é qualquer carro, é um veículo chamado VSP, um carro sem licença. Esses mini carros atingem no máximo 45 quilômetros por hora e têm apenas dois assentos. Esses veículos são muito populares entre idosos e jovens, que vivem em regiões interioranas.

E você, o que achou desses fatos? Qual o mais surpreendente na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Próxima Matéria
Via   List Verse  
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest