Curiosidades

É possível que os aviões parem no ar?

0

Curiosidades a respeito de aviões sempre permearam o imaginário das pessoas. Algumas sentem medo, ao passo que outras desejam entender melhor o que acontece com aeronaves que vão de um canto a outro do mundo.

Não é novidade que aviões voam a uma velocidade altíssima. Porém, para quem está dentro da aeronave, há a sensação de que o avião está voando bem devagar, embora saibamos que não é bem assim. Os modelos tradicionais voam a cerca de 600 km/h, o que permite que os tripulantes cheguem a outro país em um mesmo dia. Mas, será que eles podem ficar parados no ar?

Aviões comerciais

Os aviões voam por conta da sustentação gerada pelo ar que passa pelas asas. Isto é, para que eles se mantenham no alto, é necessário que as turbinas estejam ligadas. Isso cria um grande fluxo de ar pela fuselagem da aeronave, que a faz voar. Caso não haja esse fluxo, o avião perde sustentação e despenca.

Aero Magazine

Nos aviões aos quais estamos acostumados a viajar, existe a chamada Velocidade de Estol. Trata-se da velocidade mínima de uma aeronave para que ela se sustente no ar. Por mais que os aviões reduzam drasticamente sua velocidade durante o pouso, eles ainda mantêm essa velocidade.

Ou seja, os aviões comuns, que realizam voos comerciais, não se sustentam parados no ar. Mesmo em momentos de desaceleração, as aeronaves mantêm a Velocidade de Estol. Seria impossível reduzi-la a 0 km/h e continuar no ar.

No entanto, alguns modelos de aviões militares podem sim parar no ar. Para isso, os modelos são específicos e funcionam de modo diferente dos tipos comuns. Alguns aviões dos exércitos já estão ultrapassados em questão de tecnologia. Isso porque existem caças de guerra que podem chegar a altitudes muito maiores e têm diversas especificações que deixam os aviões atuais ‘no chinelo’.

Caças de guerra

Caças de guerra são altamente equipados com armamentos. As tecnologias aplicadas a eles permitem que atinjam, no ar, velocidade superior a 2.000 km/h. Alguns deles podem, inclusive, passar despercebidos pelos radares.

Essas particularidades os transformam em verdadeiros sentinelas. Isso porque é possível sobrevoar territórios inimigos e aplicar táticas de espionagem sem que sejam descobertos.

Outra característica pertencente aos aviões de guerra é a capacidade de carregar grande quantidade de armamentos e até mesmo travar um conflito aéreo. Mas, a grande questão aqui apresentada é a possibilidade (ou não) de permanecer parado no ar.

Weapon and Technology

Características dos aviões de guerra

Caças de guerra são desenvolvidos para decolar ou pousar em regiões de condições extremas, como por exemplo locais pequenos ou até inapropriados para pouso. É claro que cada um adquire características próprias, mas todos são pensados para sobrevoar a altitudes e velocidades muito acima dos aviões comuns. Além disso, são planejados para carregar armamentos e se sobressair em casos de guerras aéreas.

Sendo assim, essas aeronaves possuem maleabilidade nos ares. Algumas podem até fazer ‘loopings’ no ar, o que é um indicativo do domínio que esses aviões possuem para sobrevoar. Com isso, conclui-se que sim, alguns aviões de guerra podem parar no ar.

Essa especificidade se dá por conta do design dos caças, que são pensados e adaptados para se manterem parados no ar, caso seja necessário. É importante frisar que não são todos que possuem essa particularidade. Porém, grande parte é desenvolvida desde o início para se adequar a essa condição.

O Harrier, por exemplo, é um jato militar que tem as turbinas apontadas para baixo. Dessa forma, ele consegue se manter parado no céu através do equilíbrio entre a potência de suas turbinas e a quantidade de ar fluindo por ele. Por isso, não estranhe se um dia você se deparar com imagens de caças de guerra parados no ar. Esses momentos são possíveis e acontecem.

Moléculas orgânicas foram confirmadas na cratera de Jezero em Marte

Matéria anterior

Essas coisas só existem em Dubai!

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos