Curiosidades

7 lendas urbanas da medicina que se tornaram reais

0

Entre chazinhos e xaropes, todos nós conhecemos algumas receitas alternativas do que fazer, em caso de doença ou ma-estar. No entanto, também há diversos casos de histórias, que nos são contadas, e não parecem ter a menor chance de serem mesmo verdade. Contudo, há alguns casos um tanto quanto estranhos, e que sendo reais, fizeram com que algumas dessas lendas se tornassem mesmo realidades confirmadas. Por isso, separamos 7 lendas urbanas da medicina, que se tornaram reais.

Casos, como esses, podem desafiar as leis da física, e até, o que sabemos de medicina, chegando a deixar algumas tramas de Grey’s Anatomy, no chinelo. Para falar a verdade, muito do que vemos na nossa realidade, de tão chocante, dificilmente poderia passar pela cabeça de um escritor de ficção. De fato, é preciso ter muita imaginação. Confira!

1 – Ela acordou antes de seus órgãos serem recolhidos

Em 2009, Collen Burns havia tido uma overdose de remédios, como Xanax, Benadryl e outros relaxantes musculares. Com isso, após sua morte cerebral, a família autorizou a retirada de seus órgãos para doação. No entanto, houve avisos de que Collen não estava morta. Por meio de testes, seus dedos reponderam a reflexos e ela parecia estar respirando, sem a ajuda de aparelhos. Contudo, na sala de cirurgia, a paciente subitamente acordou e espantou toda a equipe médica.

Por fim, o hospital acabou sendo multado em 6 mil dólares. Além disso, eles também precisaram ser investigados, por cometerem um erro tão “básico”. Entretanto, infelizmente, Collen Burns cometeu suicídio apenas 1 ano e quatro meses após o incidente.

2 – Um liquido que vinha do cérebro escorria pelo nariz

Em 2013, um americano, chamado Joe Nagy, descobriu que sua alergia se tratava de um líquido, que tinha origem no cérebro. De acordo com ele, a substância saía das narinas “como lágrimas dos olhos”. Entretanto, mesmo com medicação, o problema passou a ficar recorrente, acontecendo de uma a duas vezes por semana, e depois, indo para “quase o tempo todo”, relatou Nagy.

“Eu cheguei ao ponto em que eu tinha lenços o tempo todo. O meu bolso estava cheio de lenços”, disse Nagy. Por fim, ao ir ao médico, ele descobriu que uma membrana específica, que protege o cérebro, estava com um buraco, e por isso, o fluído vazava. E depois de uma cirurgia, a vazamento parou e nunca mais voltou.

3 – Ele viveu com um lápis na cabeça

Por mais de uma década, um jovem viveu com um lápis, dentro de sua cabeça. Em 2011, um homem reclamava de dores de cabeça, secreção nasal e uma perda de visão no olho direito. No entanto, o que foi visto na tomografia realizada nele, chocou a todos. Perguntado sobre como um lápis teria ido parar ali, ele contou sobre um acidente, em que caiu e sofreu uma forte hemorragia nasal. Contudo, mesmo depois da cirurgia, o lápis, de 7 centímetros, fez estrago e danificou permanentemente sua órbita ocular.

4 – Depois de morrer, seu bebê nasceu e ela voltou à vida

Quando faltavam apenas três semanas para seu bebê nascer, Erica Nigrelli sofreu um ataque cardíaco e morreu. No entanto, todos os sintomas apontavam para o nascimento do bebê. Mas antes mesmo de chegar ao hospital, seu pulso já havia sumido. E com um cesariana, os médicos conseguiram salvar o bebê. Contudo, algo incrível aconteceu, Erica voltou à vida. Em seguida, foi colocada em coma induzido por cinco dias, e depois disso, se recuperou por completo.

5 – O homem que sentiu dores no útero

Aos 66 anos, esse homem nunca havia estranhado nada de anormal em seu corpo. No entanto, uma dor estranha o fez ir ao médio. E o diagnóstico? Ele tinha um cisto no ovário esquerdo. E mais do que uma doença diagnosticada, ele recebeu o laudo de que tinha o corpo de uma mulher.

Essa condição é conhecida como hiperplasia adrenal congênita (HAC). Mas para além disso, o homem deveria ter sido tratado na infância. Com isso, o homem chinês possuía um micro pênis. Por por escolha do próprio paciente, junto com o cisto do ovário, os médicos também removeram o útero atrofiado e as trompas uterinas. Assim, ele continuou a se reconhecer como homem.

6 – Esqueceu o celular dentro da paciente

Durante um procedimento de parto, um ginecologista jordaniano teria deixado seu telefone dentro da paciente. “Minha filha sofreu graves dores e não conseguia se mover. Eu a trouxe de volta para o hospital, onde nada foi feito por ela”, disse a mãe da parturiente. Assim, ao realizar um exame de raio-X, a paciente foi imediatamente operada, e o celular, identificado e removido.

7 – Mão costurada à perna por três meses

Com apenas 9 anos, Ming Li foi atropelada por um trator, quando estava indo para a escola. No acidente, a jovem chinesa perdeu a mão esquerda, mas ainda havia esperanças de reimplantá-la. Contudo, seu braço ainda estava muito ferido, e a melhor solução foi colocá-la na perna da garota. Assim, por três meses, a menina teve uma mão saindo do próprio tornozelo. Mas a boa notícia é que ela conseguiu ter sua mão de volta, e ainda, mexer os pulsos.

8 maiores medos dos cachorros

Matéria anterior

A incrível história do Pinguim que ia ao mercado sozinho e realizava compras

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos