Curiosidades

7 maiores boas ações feitas por ídolos do rock

0

Nós todos queremos fazer o bem, todos queremos praticar boas ações. Ainda mais hoje, em um momento no qual o mundo tanto precisa. Seja para nós, nossos entes queridos, o planeta, ou a sociedade em geral, praticar boas ações é mais que essencial.

Além disso, não importa quão grandes ou pequenas, boas ações sempre têm um impacto positivo. Ajudar os outros, por exemplo, pode trazer mais sorte no amor. De acordo com um estudo, o psicólogo Barclay descobriu que preferimos parceiros altruístas para relacionamentos sérios.

O altruísmo, nesse ínterim, também faz as pessoas se valorizarem, diz Pamela Cushing, antropóloga cultural da Universidade do Oeste de Ontário. Isso ocorre porque as boas ações nos ligam aos outros indivíduos, em uma comunidade.

Pensando no quão importante são tais atos, reunimos aqui, 7 boas ações feitas por ídolos do rock. Esses astros apoiam ONGs, defendem causas humanitárias, doam dinheiro recebido em shows para vítimas de catástrofes naturais, dão voz a movimentos e emprestam suas imagens para campanhas, entre muitas outras atitudes.

Confira agora, quem são eles.

1 – Bono Vox

Como todos sabem, Bono Vox é o líder e vocalista da banda irlandesa U2. Devido às suas contribuições em ações humanitárias, Bono já foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, três vezes. Além disso, o vocalista também participa regularmente de encontros com líderes mundiais. Nos encontros, Bono aproveita o momento para expor o quanto é importante melhorar as condições de vida em países pobres e combater a intolerância religiosa. Como se não fosse suficiente, o líder da banda U2 até criou uma marca de roupas, que utiliza algodão orgânico, emprega africanos, indígenas e sul-americanos.

2 – Jon Bon Jovi

Bon Jovi é outro astro, que faz questão de praticar boas ações. O cantor tem uma instituição, que realiza diversos projetos. Por meio de sua instituição, Bon Jovi abriu um restaurante comunitário e, ali, as pessoas pagam o que podem. Se não podem pagar pela comida, as pessoas podem realizar alguns trabalhos voluntários no próprio local, como, por exemplo, lavar pratos ou limpar as mesas.

3 – Linkin Park

Os membros do Linkin Park não ficam atrás. O grupo é responsável pela ONG Music For Relief. Por meio da instituição, os membros já realizaram diversas ações de responsabilidade ambiental. Além disso, a instituição também foca em ajudar vítimas de catástrofes naturais. A ONG do grupo já auxiliou comunidades que foram vítimas do Tsunami da Indonésia, do Furacão Katrina, de incêndios florestais na Califórnia e do terremoto no Haiti.

4 – Metallica

Desde os anos 1980, o grupo é famoso. E não é somente pelo som pesado, viu? Este ano, por exemplo, o grupo lançou um álbum, com nove faixas que foram gravadas em 2003, no Bataclan, em Paris. Para quem não se lembra, o local foi onde ocorreu um atentado. Na época, mais de 80 pessoas morreram. Todo o lucro, arrecadado com o álbum, será revertido para a instituição de caridade Give For France. A instituição, hoje, arrecada doações para as famílias das vítimas e sobreviventes dos atentados. A banda também apoia outras causas. Entretanto, prefere manter silêncio sobre quais são suas escolhidas.

5 – Neil Young

Anualmente, Neil Young faz shows com convidados para arrecadar dinheiro em prol da agricultura familiar. Recentemente, o músico e compositor abandonou o Facebook, em protesto contra a propagação de fake news. Além disso, o músico também fundou, ao lado de sua esposa, a Bridge School, instituição voltada para crianças com disfunções psicológicas e verbais.

6 – Prince

Em 2001, Prince se tornou Testemunha de Jeová e, portanto, foi proibido de falar sobre seus atos de caridade. Em contrapartida, tanto sua natureza, quanto sua religião, motivaram diversas boas ações. Em 1984, por exemplo, Prince realizou um concerto surpresa, e gratuito, para 2.500 estudantes cegos e surdos, no Gallaudet College, de Washington DC.

7 – David Bowie

As inúmeras boas ações de Bowie foram reveladas logo depois de sua morte. Entretanto, a mais comovente de todas não envolve projetos ligados à instituições ou arrecadações de dinheiro, e sim uma carta. A carta, que chegou às mãos de Bowie, em 1967, foi enviada por Sandra Dodd, uma garotinha de 14 anos do Novo México. Essa foi a primeira carta que o artista recebeu de uma fã. E Bowie fez questão de responder. Sabe como? Ao vivo, em uma rádio.

A Equipe Red Bull de F1 mostrou como fazer um pit stop com gravidade zero

Matéria anterior

7 criaturas supostamente vistas antes de tragédias

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications