Curiosidades

7 mitos urbanos que realmente são verdadeiros

0

Essas lendas e medos podem ter origens em fatos da vida real, que acabam justificando toda a preocupação, que poderia ser vista como insana. E com o avanço da tecnologia, vários são os medos relacionadas a essas histórias. São várias as lendas que crescem com relatos de pessoas mutiladas, assassinadas e expostas a algum tipo de perigo.

Por mais que algumas dessas lendas e medos sejam exagerados, alguns avisos podem ser verdadeiros. E algumas histórias devem ser escutadas e levadas para a vida. Mostramos aqui, alguns mitos urbanos que realmente são verdadeiros.

1 – Você pode perder membros e ser estrangulado até a morte na escada rolante

As pessoas que têm medo de escadas rolantes, geralmente, são caçoadas por seu medo que, para muitos, parece irracional. Mas algumas dessas pessoas, que têm medo de escadas rolantes, sentem isso porque já ouviram mitos urbanos, de pessoas que ficaram presas e foram estranguladas nessas escadas.

Isso não quer dizer que escadas rolantes sejam máquinas feitas para matar. Mas elas também não são totalmente seguras. O perigo está na roupa ou no cabelo, que podem sim ficar presos na escada rolante. Quando as pessoas se machucam, é por causa de um sapato ou calça, que ficam presos. E alguém pode perder a vida, se a camisa ficar presa na escada rolante, porque, nesse caso, ele será estrangulado até a morte.

2 – Ficar com a cabeça para fora da janela de um carro pode ser fatal

Vários pais e responsáveis, ao longo dos anos, já disseram para as crianças não colocarem a cabeça para fora da janela de um carro ou trem, porque se o fizerem, podem acabar sem a cabeça. A maioria das pessoas não imagina que carros, ônibus ou trens podem chegar tão perto a ponto de tirar um membro. E se chegarem perto, acreditam que daria tempo de voltar para dentro do carro.

Por mais que não aconteça com frequência, pessoas batem a cabeça, com certa frequência, enquanto estão com ela para fora em um carro em movimento. E quase sempre, isso resulta em morte, se a velocidade estiver um tanto quanto alta. Mas a decapitação não foi relatada, em nenhum caso.

3 – Vários abrigos não deixam gatos pretos serem adotados no Halloween

Várias pessoas já ouviram esse mito, de que abrigos de adoção não deixam gatos pretos serem adotados no Halloween, porque os responsáveis têm medo de que as pessoas façam mal para esses animais. Mas, felizmente, é um caso raro. O problema é que as pessoas podem fazer coisas impensadas com essas criaturas. E acabam os adotando como um acessório para fantasia de Halloween. E depois, devolvem os gatos, quando as festas acabam.

Isso é horrível porque dá ao gato a impressão de ter um lar, mas rapidamente ele volta para o abrigo. E a pessoa que “adota” o gato, apenas para uma festa, provavelmente, não vai cuidar do animal.

4 –  Mordidas de aranha-violinista não tratadas podem causar necrose

As mordidas de aranhas já são temidas por si só. Mas as que são feitas pela Aranha-violinista podem dar mais medo, por poderem causar dor e sofrimento semanas depois. E elas se curam bastante lentamente. Alguns mitos dizem que, se uma mordida não for tratada adequadamente, ela pode necrosar a região. Mesmo que várias mordidas da Aranha-violinista não precisem de tratamento médico, é sempre bom verificar. Isso porque esse mito urbano é verdadeiro.

E não somente o tecido pode morrer por necrose. Mas também a pessoa pode acabar com a hemólise, que é quando os glóbulos vermelhos começam a morrer, e pode acontecer também um quadro de insuficiência renal.

5 – Às vezes, serial killers podem fingir ser policiais

Quando estamos em perigo, costumamos procurar a polícia para nos mantermos seguros. Mas o problema é quando um serial killer se apresenta como policial, ou então, quando ele, de fato, é um policial. E muitos desses criminosos veem o fato de ser um policial, como um trabalho ideal para suas intenções. Alguns exemplos são David Berkowitz e Edmund Kemper. Ambos queriam ser policiais. Do mesmo modo, Joseph DeAngelo, o suposto assassino do Golden State, também trabalhou como policial por décadas.

Isso não quer dizer que existam muitos assassinos em série na polícia. Mas eles têm muita atração por essa profissão, que lhes dá conexões íntimas, com a aplicação da lei.

6 – Baratas e aranhas podem viver no ouvido das pessoas

Quase todas as pessoas já ouviram falar que aranhas, e até baratas, podem viver dentro do corpo das pessoas. Mas várias pessoas também não acreditam que os insetos gostem tanto assim do nosso corpo. Do mesmo modo, que também não acreditam que eles podem viver em nossos ouvidos.

As aranhas e baratas gostam de lugares quentes e úmidos, onde se sentem seguras para ficarem escondidas. E o ouvido humano se encaixa nessas condições. E como nós não expulsamos coisas com frequência dos nossos ouvidos, isso faz com que ele seja o lugar mais seguro para se esconderem.

7 – Morrer segurando o xixi

Existe uma lenda de que uma mulher estava participando de um concurso de rádio, para tentar ganhar um Nintendo Wii, assim que ele fosse lançado. O concurso foi feito em 2007, e as pessoas tinham que beber muita água e ver quem conseguia segurar o xixi, por mais tempo. E quem ganhasse, recebia o videogame. Mas o fim do concurso para essa mulher, foi bastante sombrio. Ela ficou em segundo lugar e morreu, poucos dias, depois por intoxicação por água.

Infelizmente, a história é verdadeira. O juri deu à família da mulher 16 milhões de dólares, em compensação. Dez funcionários da estação de rádio foram demitidos e a estação não requereu o veredito.

7 pessoas que foram as últimas de suas espécies

Matéria anterior

Homem de Ferro volta para sua armadura clássica nos quadrinhos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos