• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 piores conselhos sobre saúde que você pode receber

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      25/09/18 às 17h59

A impressão que se tem quando damos uma olhadinha em sites e blogs que falam sobre saúde e alimentação, é que a última preocupação deles é realmente com a saúde de quem está lendo. É impressionante o número de matérias que existem ensinando as pessoas a fazerem atrocidades com a sua alimentação. A maioria dessas publicações diz respeito a dietas do momento. Elas são vistas como tendências, muito semelhantes àquilo que presenciamos na moda. Eu tenho certeza que você mesmo já ouviu falar de uma infinidade de dietas, que no fim das contas, acabam passando e nunca foram muito eficazes.

Porém, dentre essas tendências, muitas coisas entram para o senso comum. Muitos conselhos se tornam populares e no fim das contas, não fazem nenhum pouco bem para a saúde. Os exemplos são os mais variados, como a dieta dos pontos ou então contar as calorias totais que você irá consumir, e perder, por dia. No entanto, tudo é simplificado se as pessoas voltarem ao objetivo final para a saúde e o bem estar. Cientes de que você já deve ter recebido muitos conselhos ruins em relação ao que fazer com sua alimentação e exercícios, listamos os 7 piores conselhos sobre saúde que você pode receber.

1 -  Conte calorias

Existe uma moda entre as dietas desde os anos 1990 e que está começando a cair em descredito: contar as calorias. É necessário comer de tudo, para receber o mais variado número de nutrientes. Se você começa a contar as calorias que ingere, você está dizendo que todas elas são iguais. A blogueira Kristin Koskinen afirmou que "a contagem de calorias provou ser falha, a menos que você esteja tentando ganhar peso. Se você está interessado em obter ou manter um peso ideal, sua ênfase deve ser em comer alimentos ricos em nutrientes, que nutrem o seu corpo".

2 - Você precisa ganhar para queimar

As pessoas vão academia para tentar moldar seus corpos aos padrões de beleza sociais. O problema é aquela filosofia pregada para os iniciantes de que é preciso ganhar para queimar. Essa filosofia acaba atrapalhando na relação que a pessoa tem com o alimento. Muitas vezes, elas comem e depois se sentem culpadas porque ingeriram certas coisas. Na verdade, o conselho deveria ser para as pessoas fazerem exercícios físicos para se sentirem bem, felizes e saudáveis. O exercício físico pelo prazer de praticar o exercício físico.

3 - Deixe o relógio lhe dizer a hora de comer

É quase cultural as pessoas terem horas programadas para se alimentar. Parece que ficou comum dois extremos da alimentação. O primeiro afirma que devemos nos alimentar apenas três vezes por dia: café da manhã, almoço e jantar. O segundo afirma que devemos comer de três em três horas todos os dias, colocando em alta o famoso lanchinho. Porém, o que as pessoas não param para pensar é que não fomos programados para comer em horas específicas. A verdade é que o organismo tem um relógio interno que nos diz a hora que devemos comer. Deveríamos ouvi-lo no fim das contas.

4 - Coma a versão melhor daquele outro alimento

Todos os alimentos possuem características próprias de valor nutritivo. É claro que os valores nutritivos mudam de um alimento para outro. Porém, em nenhuma hipótese os alimentos são rivais. Apesar de valores nutritivos diferentes, todos eles se completam se consumidos da maneira certa. Então, para a sua saúde, é bom que você saiba que não existe um alimento melhor que o outro. É melhor não escutar aquele conselho "substitua esse alimento por outro".

5 - Deixe aquela roupa bonita que não te cabe mais em destaque no guarda roupa

Manter uma roupa que não cabe mais em você como meta futura pode até ser eficaz, mas talvez, não seja tão interessante como parece a primeira vista. Isso porque se você quer voltar a usar aquela calça que comprou há um ano atrás, tudo bem, emagreça para caber nela novamente. Porém, querer usar novamente uma calça de quando era adolescente ou de qualquer outra fase distante da sua vida já não é tão interessante se esse for o intuito. Isso porque é uma meta irreal, que você nunca vai alcançar e só vai conseguir te deixar frustrado e triste.

6 - Beba água para impedir maus desejos

Hidratação é uma das coisas mais importantes que você precisa manter na sua vida. Água é muito importante para o ser humano. Mas não é nada saudável tentar afogar a fome bebendo água. Deve-se separar muito bem as duas sensações: fome e sede. Elas são distintas e nenhuma entra na frente da outra. Você na mata a sede comendo e muito menos mata a fome bebendo água. Então se você sentir aquele desejo de comer chocolate fora de hora, beber água não vai te ajudar.

7 - Dietas sem glúten ou veganas são mais saudáveis

Talvez dietas veganas e sem glutén realmente sejam mais saudáveis, porém, elas não são só sobre isso. Se uma pessoa quer perder peso, ela pode encontrar outra forma mais fácil de perder peso. Porém, se ela quer emagrecer, se tornar vegana por esse motivo não é uma opção interessante. Eliminar grupos de alimentos de uma refeição deve ser feito apenas se a pessoa tiver algum tipo de problema de saúde adjacente àquela comida ou então quando tiver algum sistema de crenças que a impeça de continuar se alimentando daquilo.

E aí, curtiu esses conselhos para você passar longe? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que já está no projeto fitness 2019, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   G  
Imagens SS
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+