• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 reviravoltas inesperadas que quase arruinaram Grey's Anatomy

POR Gabriela Tyemi    EM Séries e Sagas      12/04/18 às 14h57

Para sustentar uma série com mais de 10 temporadas, é normal que os roteiristas desenvolvam muitas reviravoltas nas tramas das séries para continuar surpreendendo o público - em Grey's Anatomy não é diferente. A série médica está na sua 14ª temporada e os espectadores já foram surpreendidos com várias mudanças repentinas de doer o coração. Quem não ficou surpreso com a morte do George O'Malley e do Derek Shepherd?

A maioria das reviravoltas de Grey's Anatomy servem para sustentar a série e é bem recebida pelos fãs. Contudo, algumas mudanças foram tão inesperadas, chocantes e desnecessárias, que nem deveriam ter acontecido. Confira a lista com algumas delas:

1 - A morte do George

Definitivamente, a morte de George está entre as mais chocantes e tristes de Grey's Anatomy. Quem não o amava? Ele morreu depois de salvar heroicamente a vida de um desconhecido na rua. E quem não chorou com a Meredith depois que ele escreve 007 em sua mão para que ela soubesse que o paciente irreconhecível era ele? Era certo que o ator T. R. Knight iria sair da série, mas ninguém estava esperando esta reviravolta.

2 - O retorno da irmã de Owen

Owen já estava conformado que a sua irmã Megan estava morta depois de um acidente de avião. Mas como Grey's Anatomy já mostrou que não se importa de "ressuscitar" as pessoas, a personagem retornou para a série em uma trama desnecessária e sem fim envolvendo o Owen e o Nathan Riggs. O pior de tudo é que a atriz Bridget Regan não estava disponível para trabalhar na série e teve que ser substituída pela Abigail Spencer.

3 - O retorno de Denny como um fantasma

Em um dos episódios icônicos de Grey's Anatomy, Meredith existe em um mundo entre a vida e a morte. Neste estado, ela é visitada pelo recém falecido Denny Duquette - namorado de Izzie Stevens. Até aí tudo bem, mas a série forçou demais esta trama ao trazer o personagem de volta muitas vezes durante a quinta temporada, e o pior, com ele mantendo contato físico com a Izzie em diversas ocasiões. Estranho, não?

4 - A saída da Cristina

Depois de trabalhar vários anos em Grey's Anatomy como Cristina Yang, melhor amiga de Meredith Grey, a atriz Sandra Oh decidiu que era hora de seguir em frente - assim como a sua personagem. O problema foi o que veio a seguir. Meredith sempre teve a Cristina ao seu lado nos momentos mais difíceis. Depois que a personagem partiu, parece que a história simplesmente esqueceu de colocar Cristina na narrativa.

5 - Richard e Ellis tinham uma filha

Com é possível que depois de tantos anos o Dr. Richard Webber e a Dra. Ellis Grey sempre tiveram uma filha e ninguém sabia? Sim, a série quis expandir um pouquinho mais a família Grey e decidiu introduz Maggie, meia-irmã de Meredith na história. O pior de tudo é que a personagem nunca se encaixou na narrativa e foi criando conflito atrás de conflito apenas por "existir".

6 - A morte de Mark e Lexie

Os momentos mais tristes que o acidente de avião causou, foi a morte do "quase" casal Lexie Grey e Mark Sloan no final da oitava e início da nona temporada. Ver o casal que tanto se amava, mas nunca conseguiu ficar realmente juntos doeu o coração.

7 - A morte de Derek

Por essa ninguém esperava! Ver Meredith Grey tendo que suportar mais uma perda sem sentido depois de tudo que já tinha passado foi muito doloroso. Derek Shepherd era um dos protagonistas da série e ver ele morrer de forma tão trágica e inesperada foi um choque para a maioria dos fãs.

Para você, qual foi a pior reviravolta de Grey's Anatomy? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Próxima Matéria
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+