Curiosidades

7 significados de alguns símbolos egípcios famosos

0

A cultura egípcia é rica em símbolos que ultrapassaram os séculos e são utilizados até os dias de hoje. Grande parte da cultura e arte egípcia foram fortemente moldadas de acordo com as tradições religiosas. Dessa forma, os seus símbolos eram usados como amuletos de proteção, a maioria deles relacionados aos deuses, à espiritualidade, à vida, aos sentimentos, à natureza e à política.

Como em muitas outras culturas antigas, para os egípcios, os deuses tinham grande importância, tanto que hoje em dia eles são amplamente estudados para se ter uma melhor compreensão sobre o seu estilo de vida e conhecimento avançado. A maioria dos cultos egípcios incluíam símbolos que hoje são bastante conhecidos, porém nem todo mundo sabe o seu real significado. Confira alguns deles.

1 – Olho de Hórus

Todo mundo já se deparou com a imagem do olho de Hórus ao menos uma vez na vida. Ele é um dos símbolos egípcios antigos mais importantes, que representa poder, força e proteção espiritual. Também chamada de o “olho que tudo vê”, o olho de Hórus se refere ao deus de mesmo nome, filho de Osíris, que acabou perdendo o olho durante uma batalha. Hoje é muito comum encontrar o símbolo em acessórios, como pulseiras e colares, e também em tatuagens.

2 – Sema-taui

O Sema-tauy ou Sema-taui representou a união entre o Alto e o Baixo Egito nos tempos antigos. É composto pelas duas plantas heráldicas da região do Egito, o papiro e a flor de lótus, que eram atadas com o hieróglifo, que simbolizava “união”. O ato de juntar as duas flores era representado por dois deuses. Recentemente, a imagem foi encontrada nas paredes de diferentes templos.

3 – Besouro

O besouro hoje pode gerar medo e desconforto em algumas pessoas, mas na cultura egípcia, o símbolo do besouro ou escaravelho é sagrado e representa boa sorte. Ele simboliza o deus egípcio do Sol, Kepri, aparecendo em alguns mitos de criação, representando a imortalidade. Segundo a mitologia egípcia, Kepri nasceu todos os dias, e teve a “sorte” de aproveitar cada dia como se fosse o primeiro. Acreditava-se ainda que ele protegia com dos maus espíritos, e era constantemente utilizado nos funerais, com a finalidade de proteger a alma e o coração dos mortos.

4 – Serpente

Assim como o besouro, a serpente também foi um animal venerado pelos egípcios. As cobras eram adoradas, e simbolizavam proteção, saúde e sabedoria, sendo considerado um talismã muito poderoso. Por isso, era muito comum observar cobras nas cabeças dos faraós egípcios.

5 – Ankh

Chamada de Chave ou Cruz da vida, para os egípcios, a representação dessa cruz oval (ankh) simbolizava a eternidade. E é um dos símbolos egípcios antigos mais conhecidos, que inclusive foi usada pelos deuses para se referir à vida ou à imortalidade e estava associada à Ísis, deusa da fertilidade e maternidade e também por Osíris, deus da vegetação e da vida no além, sendo a união dos geradores do mundo. Esse símbolo foi um amuleto muito usado pelos faraós com próposito de trazer proteção, saúde e felicidade.

6 – Pena

Para os egípcios, a pena simbolizava a justiça e o poder. Ela representava o peso mais leve, porém, necessário para manter o equilíbrio da balança. Também foi associada à sorte e proteção.

7 – Pilar tingido

Também chamado apenas de tingido, este pilar tem forte ligação com a ideia de estabilidade. Normalmente, a sua representação vem acompanhada por outros símbolos, como o ankh. No entanto, o significado das suas cores ainda é desconhecido, sabe-se apenas que a imagem original foi feita com ramificações.

E você, já conhecia esses símbolos? Conta para a gente nos comentários.

7 coisas que queremos ver nos últimos episódios de Arrow

Matéria anterior

A história do explorador que desapareceu após procurar uma tribo isolada em Nova Guiné

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar