• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 teorias de fãs melhores que o final de Game of Thrones

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      17/06/19 às 14h32

Já faz quase um mês desde que o último episódio de Game of Thrones foi ao ar. Domingo vai, domingo vem e é difícil ocupar o espaço deixado pela produção da HBO. Provavelmente seria mais fácil lidar com o sentimento de falta se o final tivesse alcançado as expectativas. Todavia, a série terminou deixando muitas questões em aberto e boa parte da audiência insatisfeita. Certamente, a HBO não tem tido problemas pra lidar com o encerramento de sua série líder de audiência. Chernobyl preencheu o lugar de GOT na programação e foi aclamada crítica e publicamente. Além da minissérie de drama, outros projetos da emissora vem vindo por aí, inclusive um prelúdio da adaptação de George R. R. Martin.

Enquanto alguns têm mais facilidade para seguir em frente, outros ficam se remoendo com os "e se". E se Daenerys tivesse esperado para atacar Porto Real? E se Cersei tivesse sido assassinada antes de matar Missandei? E se o Rei da Noite tivesse dominado tudo? Na falta de respostas, trabalhamos com possibilidades. Enquanto alguns se perguntam se o final de GOT foi realmente ruim daquele jeito ou se foi apenas uma alucinação coletiva, nós tentamos alcançar paz de espírito. Pensando nisso, selecionamos 7 teorias que teriam sido melhores utilizadas na oitava temporada do que todo o roteiro de David Benioff e D. B. Weiss.

7 - Jaime Lannister como o príncipe que foi prometido

Essa teoria sugere Jaime Lannister, diante de todos os personagens da série, como o príncipe que foi prometido. A premissa dessa especulação é que, em valiriano, as palavras para lorde e luz são as mesmas que ouro e mão. E as etapas da forjação da luminífera na profecia também coincidem com a história do Lannister. Junto com sua mão, o cavaleiro perdeu parte de sua identidade. O primeiro passo foi temperar a lâmina em água. Isso aconteceu quando Jaime confessou a verdade sobre ser um Regicida para Brienne, no banho em Harrenhal. A segunda etapa era temperar a lâmina no coração de um leão. Jaime foi o responsável por libertar Tyrion em Porto Real, o que mais tarde ocasionou a morte de Tywin, cuja casa é representada por um leão.

A última parte da teoria envolve o Azor Ahai mergulhando sua espada no peito de sua esposa. Muitos pensaram que Jaime cavalgaria de volta à Porto Real, com o intuito de tirar a vida de sua irmã/amada Cersei. Além de acompanhar perfeitamente o arco de redenção de Jaime, também coincidiria com a profecia que dizia que Cersei pereceria nas mãos de seu irmão mais novo. Mesmo sendo gêmeos, a Lannister chegou ao mundo antes.Todavia, no fim da série, a profecia do Azor Ahai foi mal explorada e a morte de Cersei foi tão desperdiçada quanto a redenção de Jaime.

6 - Daenerys grávida

Em certo momento da série, a prioridade de Daenerys deixou de ser o Trono de Ferro e passou a ser Jon Snow. Todos já imaginavam que ele seria a ruína da Rainha dos Dragões, todavia ninguém contava que seria de uma forma tão mal desenvolvida quanto a apresentada no programa. Uma teoria dos fãs indicava que por algum motivo genético/mágico Targaryen, Jon conseguiria engravidar Daenerys. No decorrer das oito temporadas, sempre foi apresentado o desejo dela por um filho. Na falta dessa possibilidade, a Targaryen projetou seu amor nos dragões. Contudo, vários diálogos dela com o bastardo de Winterfell deram indícios de que sua infertilidade seria um tópico explorado na relação dos dois. Foi isso que originou a hipótese de que Daenerys morreria dando à luz ao seu filho com Jon. Até para aqueles que não shippam o casal, esse teria sido o final mais aceitável do que o que presenciamos.

5 - O Targaryen perdido

As pessoas previram que Jon Snow na verdade era um Targaryen com certa antecedência. Contudo, existia outro personagem cogitado como um dragão adormecido. A relação conturbada entre o Rei Louco e Tywin Lannister era de conhecimento geral. Aerys Targaryen fez Jaime parte de sua Guarda Real só para se aproximar da família e poder perseguir a esposa de Tywin. Joanna perdeu a vida trazendo Tyrion ao mundo, e por isso o filho mais novo de Tywin era tão hostilizado pelo pai. Entretanto, parte dos fãs teorizara que Tyrion seria filho do Rei Louco. Nos livros, as características de Tyrion são mais favoráveis a essa especulação. O cabelo mais claro que o da Casa Lannister e o provável olho violeta do anão indicam que ele pode sim ser meio irmão de Daenerys. Enquanto isso não foi explorado na série, pode ser que ganhe espaço nos livros.

4 - Reunião de Família

Você esperava que o Rei da Noite fosse uma ameaça maior do que a apresentada? Acredite, você não está sozinho. A tão esperada Batalha de Winterfell estava cheia de erros. O maior deles talvez tenha sido abrigar os indefesos nas criptas. Contudo, algumas pessoas esperavam que isso ocasionasse um encontro inesperado. Dada a habilidade do Rei da Noite de reanimar os mortos, teria sido uma bela oportunidade para reviver alguns Starks. Esse encontro familiar, sem dúvidas, teria animado as coisas.

3 - Arya matando Cersei

Levando em consideração todas as habilidades letais de Arya, não foi surpresa ela matar o Rei da Noite. O único problema foi a abordagem precipitada e mal elaborada. Além disso, não podemos desconsiderar o que ela aprendeu em Braavos. A técnica de usar rostos humanos como máscaras era uma coisa incrível de se ver. Alguma parcela da audiência chegou a acreditar que, dessa forma, ela mataria Cersei. O esperado era Jaime morrer na Batalha de Winterfell, Arya tomar posse de seu rosto e seguir para Porto Real. Lá, a Stark encontraria Cersei que, achando estar diante de seu irmão/amado, seria assassinada. Um final tão esperado quanto o de Walder Frey. Uma pena isso não ter acontecido.

2 - Poderes de Melisandre

No decorrer da produção da HBO, vimos várias demonstrações dos poderes de Melisandre. Algumas vezes, esses poderes se mostraram bem bizarros, como quando ela deu luz àquela sombra. Em outras circunstâncias, suas previsões se mostraram equivocadas, como na revoltante cena em que ela queima Shireen Baratheon. No entanto, o importante é que a sacerdotisa chegou em Winterfell à tempo de ajudar na batalha contra os mortos. Se dependesse só de Daenerys e Jon pra aquecer as coisas, o Rei da Noite estaria no Trono de Ferro (o que não seria ruim, levando em consideração o péssimo roteiro de D&D). Contudo, muitos acreditavam que, com a volta de Melisandre, grandes coisas aconteceriam. E realmente, ela foi uma mão na roda. Porém, vale lembrar que seus poderes são inimagináveis, incluindo ressuscitação dos mortos. Esperávamos ver algo envolvendo eles na última temporada da série.

1 - A mãe de Gendry

Gendry Baratheon teve uma jornada agitada pela série. Pensando em todos os personagens que cruzaram o caminho do bastardo e nos aspectos de sua história, muitos esperavam mais da narrativa dele. Todos sabiam que seu pai era o falecido Robert Baratheon, mas sempre foi questionada a origem de sua mãe. É aqui que essa teoria explode cabeças. Gendry não lembra muitos detalhes sobre seu passado, mas sabe que sua mãe tinha cabelos dourados. Na série, Cersei chegou a mencionar a perda de um bebê de cabelos escuros, o único filho biológico que ela teve com Robert. Não precisa ser um gênio teorizador pra ligar os pontos. Parte do público acredita que essa criança na verdade é Gendry. Só não elaboraram a parte referente ao seu abandono, mas dá pra especular muitas coisas a partir disso. Esse certamente teria sido um belo plot twist na série.

E então, como você tem lidado com a falta de Game of Thrones? Concordou com alguma dessas teorias? Conhece outras? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens HBO
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+