• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 filmes que editaram seus trailers para evitar spoilers

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      26/04/19 às 17h41

Trailers sempre buscam manipular a audiência. Alguns são tão incríveis que conseguem ser melhores que o próprio longa (tipo o caso de Esquadrão Suicida). Existe uma linha tênue entre conseguir trazer o maior número de espectadores aos cinemas e acabar deixando passar algum spoiler da trama no teaser. Porém os responsáveis pelo marketing do filme também podem pregar truques na audiência. Utilizando um CGI aqui e uns retoques ali o público pode ir totalmente na direção contrária e receber um falso spoiler.

Trailers em HD e fãs obcecados são uma combinação que pode ser muto reveladora. Por isso os estúdios precisam estar mais preparados do que nunca pra não cometerem nenhum deslize e acabar deixando informações vazarem.

Pensando nisso, a seguir tem 8 filmes que podem servir como exemplo genuíno de cenas que, graças ao marketing, não revelaram spoilers.

8 - Feiticeira Escarlate e Mercúrio se juntam ao Vingadores em A Era de Ultron

O spoiler se trata da revelação de que os irmãos Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e Mercúrio (Aaron Taylor- Johnson) acabam traindo o antagonista primário Ultron (James Spader) e se unindo à equipe de heróis pra impedir o ataque em Sokovia.

A Marvel Studios já provou sua maestria na manipulação digital, tanto nos trailers quanto nos filmes. Pra quem consegue realizar um longa com noventa e seis por cento de CGI, fazer algumas alterações no trailer é fichinha. Na época de lançamento de Vingadores: A Era de Ultron, a manipulação de trailers era algo escasso na indústria. Mesmo assim, os trailers divulgados continham várias cenas da batalha final, das quais Wanda e Pietro foram digitalmente removidos.

7 - Heroico T-800 de Arnold em O Exterminador do Futuro 2

O marketing de O Exterminador do Futuro 2, assim como o filme, foi algo muito a frente de seu tempo. Eles conseguiram esconder a verdadeira natureza do personagem de Schwarzenegger. O icônico trailer original não forneceu nenhuma pista sobre o T-800.

Devido ao trailer, todos achavam que T-800 seria só mais um antagonista ciborgue assassino, quando na verdade ele se mostrou uma máquina benevolente. O ciborgue foi reprogramado pela resistência humana para proteger seu futuro líder, John Connor (Edward Furlong).

6 - A participação de Luke Skywalker em Star Wars: O Despertar  da Força

Nesse caso, temos um clássico exemplo de como o trailer fez com que os fãs fossem enganados por suas próprias expectativas. O público acreditou que a ausência quase total do Jedi nos trailers era uma tentativa de surpresa. No entanto, o papel de Luke Skywalker (Mark Hamill) na sequência há tanto tempo esperada, não passa de uma rápida aparição na cena final.

O trailer mostra um Luke encapuzado e interagindo com R2-D2. Isso foi tudo o que os fãs precisaram para começarem as teorias. Foi uma façanha muito inteligente usar a expectativa do público contra eles.

5 - A morte do Ryan Gosling em O Lugar Onde Tudo Termina

No longa de duas horas e vinte minutos de duração, o suposto protagonista, Luke Glanton (Ryan Gosling), é morto. Após cinquenta minutos de filme, Luke é baleado e perde a vida. Depois desse plot, a narrativa avança quinze anos e foca no homem que o matou e nos filhos de ambos.

O trailer principal do filme é incrivelmente bem editado. Pegaram muitas cenas de Gosling no primeiro ato e mesclaram com imagens que poderiam revelar a segunda parte da obra. Essa ação sugeriu que a narrativa se baseava em um jogo de policia e ladrão entre Glanton e o policial Avery Cross (Bradley Cooper), quando na verdade, o enredo tem muitas camadas além dessa.

4 - Rino é um falso bait em O Espetacular Homem-Aranha 2

O trailer do filme mostra alguns cortes de cenas do vilão Rino (Paul Giamatti), dando a entender que sua participação no longa seria mais significativa do que realmente chegamos a ver. Assim como o caso de Skywalker em Star Wars: O Despertar da Força, esse foi outro caso de manipulação em cima das expectativas do público.

Diante do trailer divulgado, a maioria dos fãs presumiu que o antagonista teria uma grande importância no enredo. No entanto, ele apareceu somente nos três minutos finais. O marketing vendeu uma batalha que não existiu. Embora o público não tenha tido acesso à batalha tão esperada, a falha do filme levou o lançador de teia ao MCU.

3 - Morte de Leslie em Ponte para Terabítia

O estúdio Summit Entertainment vendeu o longa como um convencional filme de fantasia. O tom da obra é representado de forma equivocada no trailer, tanto que o verdadeiro plot era totalmente imprevisível. Afinal, quem imaginaria que num filme da Disney haveria a morte de um de seus personagens principais?

No filme, Leslie (AnnaSophia Robb) é a nova amiga de Jess (Jush Hutcherson) e os dois exploram juntos um mundo de fantasia. No entanto, o enredo aborda mais a amizade entre os dois e outros relacionamentos na vida de Jess do que o conto de fadas apresentado no teaser.

2 - O Incidente de Westchester em Logan

O trailer de Logan reformulou a narrativa do filme de uma forma brilhante. Fomos levados a acreditar que o longa se passava em um cenário desértico e pós-apocalíptico quando, na verdade, eram apenas Logan (Hugh Jackman) e Charles Xavier (Patrick Stweart) evitando a civilização.

Nas primeiras falas apresentadas no trailer, é levantada a questão de um grande incidente que acabou levando os mutantes ao fim. No entanto, isso não chegou a ser mostrado no filme. O "apocalipse mutante" insinuado, na verdade tratava-se de um incidente isolado em Westchester, onde a instabilidade mental de Xavier, juntamente com seus poderes, resultou na morte de aproximadamente 600 pessoas e levou a Mansão X-Men ao fim.

1 - O número de Joias do Infinito conquistadas por Thanos em Vingadores: Guerra Infinita

O marketing de Guerra Infinita fez um trabalho incrível ao redirecionar os fãs da Marvel. No trailer, durante o embate entre Thanos (Josh Brolin) e Capitão América (Chris Evans), o titã louco possui apenas duas joias do infinito. Diferente do que realmente aconteceu no filme, onde nesse momento o antagonista já havia tomado posse de cinco das joias.

Marvel mais uma vez decidiu brilhantemente fazer algumas alterações no teaser. A Manopla do Infinito teve três joias apagadas. No trailer, há uma cena em que o Capitão segura a mão de Thanos e apenas duas joias são mostradas. Tal estratégia de marketing fez que com o final do filme fosse ainda mais chocante.

Você conhece outros filmes que fizeram o mesmo? Acredita que em Vingadores: Ultimato também rolou essa jogada de marketing? Compartilhe suas opiniões com a gente. Os comentários estão logo abaixo.

Próxima Matéria
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+