• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 recentes descobertas incríveis da Segunda Guerra Mundial

POR Mateus Graff    EM História      02/01/17 às 16h46

A 2ª Guerra Mundial foi um grande conflito militar global que durou entre os anos de 1939 a 1945, e envolveu a maioria das nações do mundo, incluindo todas as grandes potências mundiais. A Segunda Guerra Mundial foi a maior guerra da história e chegou a ter 100 milhões de militares mobilizados. O conflito foi o maior e mais significativo confronto armado da história. A guerra serviu como terreno fértil para a evolução de estruturas de segurança, inteligência e tecnologia. Já que estamos falando em guerra, vocês já leram a nossa matéria com as 7 guerras mais mortais da história da humanidade?

Já faz muito tempo que a Segunda Guerra Mundial acabou, mas até hoje o homem faz algumas descobertas sobre o acontecimento, coisas que ficaram para trás de só depois de muito tempo vieram a tona. E nós, da Fatos Desconhecidos, fizemos essa matéria com as 8 recentes descobertas incríveis da Segunda Guerra Mundial, confiram:

1 - Obra de arte roubada pelos nazistas

FILE -This is an unfated photo released by the police in Rotterdam, Netherlands, on Tuesday, Oct. 16, 2012, shows the 1919 painting 'Reading Girl in White and Yellow' by Henri Matisse. A Romanian museum is analyzing ashes found in a stove to see if they are the remains of seven paintings by Picasso, Matisse, Monet and others that were stolen last year from the Netherlands, an official said Tuesday July 16, 2013. Matisse's "Reading Girl in White and Yellow" was one of the stolen paintings. (AP Photo/Police Rotterdam, File)

Cerca de 1.500 obras de arte de autores como Picasso, Renoir, Matisse e Chagall haviam sido dadas por perdidas desde o bombardeio de Dresden, no ano de 1945, até serem encontradas atrás de latas de comida apodrecida em um apartamento em Munique. Podendo valer milhões de dólares, as obras foram achadas no apartamento de Cornelius Gurlitt, filho de Hildebrand Gurlitt, um negociante de artes que foi encarregado de cuidar das obras roubadas pelos nazistas.

Sem um emprego ou qualquer maneira de se sustentar, Cornelius sobrevivia vendendo as obras de arte uma de cada vez, obtendo somente o dinheiro necessário para viver de uma forma bem discreta. Agora, os investigadores pretendem devolver as obras para seus donos.

2 - Pombo correio encontrado com mensagem secreta em uma chaminé

2

Durante uma reforma de uma chaminé de uma casa em Surrey, na Inglaterra, David Martin descobriu uma mensagem codificada ainda presa ao esqueleto de um pombo correio. Acredita-se que o pombo estava indo por detrás das linhas inimigas em direção a Bletchley Park, Surrey, principal centro de descriptografia britânica durante a Guerra. A ave nunca chegou no seu destino, provavelmente porque estava cansada, desorientada ou perdida, e pousou na chaminé de Martin, onde morreu e ficou por 70 anos.

3 - Campo de batalha com restos mortais dos japoneses

1

No ano de 2010, o ex-capitão do exército Brian Freeman, encontrou um campo de batalha cerca de 8 km da aldeia Eora Creek, nas florestas da Papua Nova Guiné, com os restos mortais de japoneses. Acredita-se que o local foi o campo da última batalha importante entre as forças japonesas e australianas, o campo era conhecido pelos habitantes locais, que caçavam nas florestas em torno, mas evitavam a área com medo dos espíritos dos mortos. Acredita-se que era uma posição importante da defesa japonesa, bem como um centro hospitalar na época.

4 - Super submarino japonês

2

O 1-400 era o maior e mais avançado submarino da época, e era capaz de viajar uma volta e meia em torno do globo sem precisar reabastecer, além de poder liberar três bombas de 1.800 kg. Um destes submarinos, desaparecido desde  1946, foi encontrado a sudoeste d costa de Oahu, a mais de 2.300 pés de profundidade, cerca de 700 metros. O submarino tinha sido capturado no fim da Segunda Guerra pelos militares americanos e mantido em Pealr Harbor para inspeção. Quando começou a Guerra Fria, os soviéticos exigiram ter acesso ao mesmo, segundo um acordo da Segunda Guerra, mas os Estados Unidos, que não queriam que a tecnologia caísse em mãos soviéticas, negaram ter qualquer conhecimento sobre a localização do submarino.

5 - Milhões de dólares em lingotes de prata

1

No ano de 1941 os nazistas afundaram um navio mercante a cerca de 480 km da costa da Irlanda, e no naufrágio continha aproximadamente 1.547 lingotes, ou 55 toneladas de prata, valendo cerca de US$ 36 milhões. O navio que se chamava Gairsoppa e estava fazendo uma rota da Índia a Liverpool, quando uma tempestade forte e falta de carvão fez com que se afastasse do comboio militar. Um U-boat nazista o encontrou e o afundou, matando 85 homens e deixando apenas um vivo.

6 - Uma bomba explode e mata operador de escavadora

2

Quando um operador de escavadeira estava trabalhando em uma construção na Alemanha, ele movimentou uma bomba que estava enterrada por décadas nos restos de uma construção. A explosão o matou e feriu outros oito trabalhadores. Prédios e carros em volta da explosão foram abalados, e a explosão foi sentida a um quilômetro de distância. Provavelmente, essa bomba foi lançada pelos aliados nos anos 1940, em um esforço para paralisar a guerra nazista e até hoje os explosivos são encontrados na região.

7 - Cartão postal enviado pelos pais de um soldado às irmãs dele

This undated photo, shows a postcard delivered to an address in Elmira N.Y., during the week of Nov. 12. 2012.The postcard was originally sent nearly seven decades ago. (AP Photo/The Star-Gazette, Jennifer Kingsley) CORNING OUT;

Há mais ou menos 70 anos atrás, o soldado George Lersenring estava em recuperação no hospital do exército Camp Grand, em Rockford, Illinois, e recebeu a visita dos seus pais, que prontamente enviaram um cartão postal para as irmãs Pauline e Theresa Leisenring, em Elmira, Nova Iorque.

O bilhete no cartão era bem simples, e dizia o seguinte: "Queridas Pauline e Theresa, chegamos em segurança, fizemos uma boa viagem, mas estamos bem e cansados". Porém, o cartão só chegou em 2012 na residência da família, 70 anos depois de ser enviado, mas a família não morava lá mais.

8 - Barris de gordura, lançados a uma praia escocesa

2

Depois de uma tempestade que atingiu a Reserva Natural St. Cyrus, cerca de 160 km ao norte de Edimburgo, na Escócia, foram encontrados barris de gordura de um naufrágio da época da Segunda Guerra. Os barris eram feitos de madeira e já haviam sido desintegrados há um bom tempo, mas o que tinha dentro dos barris se manteve.

O mais provável é que a gordura veio de um navio mercante afundado durante a Segunda Guerra, e tem alcançado a praia durante as tempestades mais fortes, a cada poucas décadas. Além da gordura, também foram descobertos trilhos, bunkers de concreto e folhas de ferro corrugado, usados na construção de defesas costeiras durante a guerra.

E aí, caros amigos, já sabiam de todas essas descobertas recentes da Segunda Guerra Mundial? Comentem!

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Oddee  
Imagens Vb Mine
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+