CuriosidadesMundo Animal

Algumas picadas de aranha injetam algo pior que veneno

0

As aranhas são alguns dos animais que mais causam arrepios nos seres humanos. Elas não são maiores do que nós, não possuem presas mortais e nem sempre são detentoras de veneno. Ainda assim, elas conseguem ser tão repugnantes quanto uma barata e tão ameaçadoras quanto uma cobra. O inseto causa medo em uma grande quantidade de gente.

Claro que esse medo, nojo ou até excessivo cuidado ao redor de aranhas tem um sentido. Uma minúscula espécie de aranha invasora marrom, que está se espalhando pelo Reino Unido, ganhou uma reputação perigosa de dissolver carne. No entanto, vários especialistas dizem que essa fama não é merecida.

Contudo, existem evidências convincentes que sugerem que as histórias da aranha causando infecções de pele tem, pelo menos, alguma base em fatos. A aranha falsa viúva chamou o Reino Unido de lar, desde a década de1870.

Aranha

E nas últimas décadas, ela ampliou o seu alcance chegando até à Irlanda. Essa aranha gosta de uma casa acolhedora. Por isso, os encontros com ela aumentaram, conforme as pessoas foram ficando mais em casa esse ano. Infelizmente, nem todos esses encontros foram bons.

“Cerca de 10 espécies de aranhas comuns no noroeste da Europa têm presas fortes o suficiente para perfurar a pele humana e liberar veneno. Mas apenas uma delas, a recente invasora aranha falsa viúva nobre, é considerada de importância médica”, disse John Dunbar, zoólogo da National University of Ireland (NUI) Galway.

Na maior parte dos casos, quando alguém é picado por essa aranha, o que se espera são algumas horas de dor no local e talvez um ou dois dias de articulações rígidas. A picada dessa aranha não é pior do que a picada de uma vespa, por exemplo.

Picada

E nessa picada, não é o veneno que tem que ser levado em consideração. Não é necessariamente preciso se preocupar com ele. Mas sim com o risco que as bactérias, encontradas nas presas das aranhas, representam.

Às vezes, histórias chegam na mídia a respeito da aranha fazendo vítimas e as deixando com algo muito pior que um dedo latejante. Mãos inchadas, buracos apodrecendo e ameaças de amputação e até morte.

No entanto, os especialistas dizem que mesmo que a aranha seja culpada de deixar alguns  buracos, são as vítimas que dão a bactéria necrosante quando coçam o local da picada com suas unhas sujas.

Como evidências para apoiar essa explicação são escassas, a equipe de Dunbar coletou espécies da aranha falsa viúva, junto com algumas teias de renda e aranhas domésticas gigantes. A equipe levou todas essas aranhas de volta para o laboratório.

Estudo

No laboratório, as aranhas tiveram seus corpos e quelíceras esfregados na busca por bactérias. E o veneno foi coletado das falsas viúvas. O veneno foi usado para testar sugestões de que ele poderia  ajudar a manter as presas estéreis osuficiente para impedir que elas contaminassem as vítimas enquanto mordem.

Através da análise de RNA foi mostrado uma grande quantidade de micróbios presente nas aranhas. Ao todo, quase uma dúzia de gêneros foram identificados. Das 22 espécies bacterianas encontradas nas falsas viúva, 12 eram potencialmente patogênicas para os humanos.

“Nosso estudo demonstra que as aranhas não são apenas venenosas, mas também portadoras de bactérias perigosas capazes de produzir infecções graves. A maior ameaça é que algumas dessas bactérias são resistentes a vários medicamentos, o que as torna particularmente difíceis de tratar com medicamentos regulares”, disse Neyaz Khan, microbiologista da NUI Galway.

Felizmente, a boa notícia é que todos os micróbios podem ser tratados com ciprofloxacina, que é um antibiótico comum.

Esses gêmeos surpreenderam e encantaram todos com seus diferentes tons de pele

Matéria anterior

5 animais mais estranhos da Terra

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.