Curiosidades

Esses gêmeos surpreenderam e encantaram todos com seus diferentes tons de pele

0

Ser mãe é um desejo de muitas mulheres. Algumas sonham com isso desde a infância, outras começam a despertar esse desejo só depois da vida adulta. E claro, existem aquelas mulheres que não têm a mínima vontade de experienciar a maternidade. E está tudo certo.

Para aquelas que querem ser mães, gerar um filho e dar à luz a uma nova vida é uma das emoções mais intensas que alguém pode viver. Quando vemos uma mulher grávida, com uma barriga muito grande, logo nos perguntamos se ela está grávida de gêmeos.

Se a resposta for sim, a segunda coisa que nos vem à cabeça é se são univitelinos ou bivitelinos. Os univitelinos se desenvolvem a partir de um mesmo óvulo, que foi fecundado por um único espermatozoide. Portanto, eles serão gêmeos idênticos. Se forem bivitelinos, quer dizer que dois óvulos diferentes foram fecundados por dois espermatozoides diferentes. Ou seja, eles vão ser parecidos como outros irmãos, que não são gêmeos, se parecem, mas não serão idênticos. Inclusive nesse caso é que nascem os gêmeos de sexo masculino e feminino.

Bebês

Ser gêmeo sempre gera uma curiosidade por si só nas pessoas. E quando gêmeos têm alguma característica que os destaca, aí sim que a curiosidade das pessoas aumenta. Como no caso desses irmãos, de quatro anos, que chamaram atenção nas redes sociais.

Os bebês são filhos da fotógrafa nigeriana Judith Nwokocha. Eles se chamam Kamsi e Kachi e chegaram no mundo no mesmo dia. No entanto, com características bem diferentes um do outro. Mesmo sendo gêmeos, os bebês nasceram com cores de pele diferentes.

De acordo com o que Judith contou em uma das publicações feitas em seu Instagram, um dos bebês parou de crescer com 37 semanas de gestação. Por conta desse motivo os médicos tiveram que induzir o parto. Dessa forma, Kamsi nasceu com cerca de 2,7 quilos. E já a pequena Kachi pesava apenas 1,6 quilo.

Tons de pele

Contudo, não foi a diferença de peso que mais chamou a atenção da mãe. O que mais chamou atenção dela, à primeira vista, foi a cor da pele da menina. Por ser uma mulher negra, Judith nunca pensou que poderia ter um bebê branco. Depois de passados poucos dias do parto, os médicos informaram que Kachi tinha albinismo.

“A primeira vez que a vi, me perguntei se a enfermeira estava me entregando meu bebê ou o de outra pessoa. Esperei alguns segundos para alguém me dizer que havia uma confusão, mas tudo que eu ouvi da enfermeira foi como ela era linda”, lembrou Judith.

Atualmente, esses gêmeos encantam seus mais de 13 milhões de seguidores no Instagram. Eles sempre posam em fotos pra lá de carismáticas, feitas por sua mãe. Às vezes, as fotos contam com produção e até figurinos especiais.

7 cantores e bandas que tiveram um hit e depois desapareceram

Matéria anterior

Algumas picadas de aranha injetam algo pior que veneno

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar