• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Aparentemente humanos se relacionaram com outros hominídeos e não só com neandertais

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      26/12/18 às 13h18

Os cientistas já tinham descoberto que os atuais seres humanos tem traços neandertais no DNA. Isso indica que os Homo sapiens tiveram contato (e filhos) com alguns parentes próximos, os Homo neanderthalensis. Os genes neandertais representam cerca de 1 a 4% no genoma de pessoas de várias origens, indo da Grã-Bretanha ao Japão e à Colômbia. Outra espécie que os nossos antepassados tiveram contato são os denisovans. Corpos encontrados em uma caverna na Sibéria forneceram evidências em DNA que provam que possuíamos traços destes antigos hominídeos.

Ao considerar tudo que já foi levantado em décadas de pesquisa, conclui-se que somos feitos de diversos cruzamentos. Mas um novo estudo, recém lançado, provou mais. Nossa espécie não se relacionou apenas com neandertais, mas também com outras duas espécies antigas também. O estudo foi publicado na revista Cell.

A equipe de cientistas é liderada pela bioestatística Sharon R. Browning, da Universidade de Washington. O que a pesquisa descobriu dá mais um passo para entender vários fatores da humanidade. A atual espécie de seres humanos também cruzou com outra interespécie. O que aumentou a mistura genética.

Sharon R. Browning lidera a pesquisa

Mais de 5.500 genomas de humanos modernos da Europa, Ásia e Oceania, foram examinados pelos pesquisadores. Depois da análise de todas as variações de DNA, compararam esses segmentos com sequências genéticas de denisovans e neandertais.

O ponto alto na pesquisa foi a descoberta de um terceiro grupo de genes arcaicos. Grupo que é diferente do DNA neandertal e não muito parecido com o DNA dos denisovans. Os pesquisadores concluíram que trata-se de um segundo grupo de genes denisovans.

A principal suposição é que os nossos ancestrais migraram para o leste, encontraram duas populações diferentes de denisovans. Uma delas, ao norte. E outra, mais ao sul, talvez em populações do sudeste da Ásia.

Segundo a líder da pesquisa, o segundo grupo denisovan possivelmente estava a caminho de Papua Nova Guiné e fez sexo com humanos modernos. Os pesquisadores desejam continuar a busca e aumentar o campo de pesquisa para outros lugares ao redor do mundo, especialmente na África.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+