A "Arma Apocalíptica" russa que poderia causar tsunamis de quase 100 metros

POR Gustavo Camargo    EM Ciência e Tecnologia      02/05/18 às 13h54

Todos os dias novas tecnologias são feitas e, conforme o tempo passa, novos usos são formulados. Recentemente, Vladirmir Putin, presidente russo, disse estar desenvolvendo um torpedo nuclear. Tal arma poderia criar um tsunami de 300 pés, caso seja explodida no local certo.

Especialistas descreveram o dispositivo como "apocalíptico", afirmando que poderia espalhar precipitação radioativa sem precedentes e de longa duração. Durante o discurso do presidente russo, na Assembleia Federal em 1° de março, ele descreveu várias outras armas nucleares que a Rússia estaria desenvolvendo.

Segundo Putin, um submarino autônomo viajaria silenciosamente em "grandes profundidades", movendo-se mais rápido que um submarino comum.

"Veículos subaquáticos não tripulados podem transportar ogivas convencionais ou nucleares, o que lhes permite engajar vários alvos, incluindo grupos de aeronaves, fortificações costeiras e infra-estrutura", disse ele.

Kanyon

[video width="480" height="270" mp4="https://www.fatosdesconhecidos.com.br/wp-content/uploads/2018/04/AdmiredInfatuatedBaboon-mobile.mp4"][/video]

A existência da arma, conhecida como Kanyon para o Pentágono e "Ocean Multipurpose System Status-6" para a Rússia, foi vazada pela televisão russa em novembro de 2015. Um teste envolvendo a nave-mãe submarina Sarov foi vazado em dezembro de 2016. Um relatório datado de janeiro de 2018 lista a arma como parte do arsenal nuclear subaquático da Rússia.

O Kanyon é supostamente um veículo subaquático autônomo. Foi projetado para atacar áreas costeiras, destruindo cidades, bases navais e portos. A mega-bomba também geraria um tsunami artificial, espalhando contaminação radioativa com o avanço da água. Para piorar as coisas, há relatos de que a ogiva deixaria áreas contaminadas ficariam fora dos limites de habitação por até 100 anos.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Via   iflescience  
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+