Curiosidades

Brasileira de 8 anos é a astrônoma mais jovem do mundo

0

As pessoas sempre observaram os céus, procurando colocar significado e ordem no universo ao seu redor. A astronomia, assim como o campo relacionado da astrofísica, cobre a ciência da observação de estrelas e a física que explica como as estrelas e galáxias funcionam. É o estudo do sol, lua, estrelas, planetas, cometas, galáxias, gás, poeira e outros corpos não-terrestres e fenômenos.

Geralmente quando pensamos em astrônomos nos vêm à mente pessoas mais velhas, estrangeiros, e com anos de experiência e trabalho para que consigam encontrar corpos celestes.

Menina

No entanto, Nicole Oliveira vai contra todos esses requisitos. A menina brasileira de apenas oito anos, conhecida como Nicolinha, é a astrônoma mais jovem do mundo.

Quando ela tinha apenas dois anos, ela já se interessava pelo céu e sonhava em conhecer o espaço. “Eu pedi uma estrela do céu para a minha mãe, mas ela não entendia, então, ela comprava estrelas de brinquedo”, contou ela. Agora, aos oito anos, Nicolinha é sócia de uma instituição de astronomia, é bicampeã da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica em 2020 e 2021, e já detectou sete asteroides. Os asteroides foram detectados através do programa Caça-asteroides, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) em parceria com a NASA.

Esse interesse por cursos de astronomia começou a aparecer quando Nicole tinha cinco anos. Então ela acabou encontrando o Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas (CEAAL), que é uma instituição que reúne os astrônomos amadores de todo o Brasil.

Contudo, de primeira, o presidente da instituição não deixou que Nicole participasse por conta da sua idade. Mas a menina estava determinada a conseguir. Quando ela fez seis anos, Nicolinha conseguiu participar de cursos e fez uma prova para se tornar sócia. Ela passou nessa prova e assim se tornou a associada mais jovem em uma instituição de astronomia no Brasil.

Conquistas

As conquistas de Nicolinha foram muitas. No entanto, uma muito marcante para a menina foi a oportunidade de dar uma palestra no 1º  Seminário Internacional de Astronomia e Aeronáutica do MCTI, que aconteceu em junho de 2021 online.

Por mais que Nicolinha ainda seja bem nova, a menina tem grandes sonhos para a ciência. E não pretende virar astronauta. De acordo com a própria, seu sonho é ser engenheira espacial para poder construir foguetes e levar pessoas para o espaço.

Nicolinha contou que o seu planeta preferido é Saturno e o que ela gosta de estudar realmente são os asteroides. Justamente por isso que ela se interessou pelo programa Caça-asteroides. “Eu uso um software, onde são disponibilizadas imagens em que eu faço todo o procedimento e começo a caçar. Depois eu envio um relatório para ser analisado”, explicou como funciona o programa.

Astrônoma

Os primeiros asteroides identificado por ela foram na edição 2020 do Caça-asteroides. Nesse ano, Nicolinha formou uma equipe com seu pai e sua mãe. Nesse ano, ela voltou a participar de projetos na escola e montou uma equipe com outras crianças do clube de astronomia que ela mesma começou, o chamado NIcolinha&Kids.

Até o momento, a menina já detectou sete asteroides. No entanto, é preciso esperar a análise da NASA a respeito das descobertas de Nicolinha. E caso as descobertas dela forem confirmadas, Nicolinha poderá entrar para o Guinness Book como a pessoa mais jovem a descobrir um asteroide.

O interesse da menina é tanto que, durante a pandemia, ela resolveu montar um clube online, o Nicolinha&Kids. Nesse clube, ela e outras crianças compartilham seus estudos.

“Eu queria muito participar de um clube de astronomia para crianças, mas eu não encontrei, então eu disse para a mamãe que eu queria montar o meu próprio clube para outras crianças terem a oportunidade de aprender também. Eu disponibilizo cursos, palestras, eventos e também tem aulas com professores voluntários”, contou,

Além de 30 certificados em cursos de astronomia, Nicolinha criou seu canal no YouTube porque ela acha importante que outras crianças também conheçam mais sobre esse tema.

Fonte: https://cangurunews.com.br/nicole-oliveira-astronomia/

Tomar sol pode aumentar seu apetite sexual, segundo especialistas

Matéria anterior

Satélite tira foto impressionante de Marte com aparição do Perseverance

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos