Curiosidades

Casal encontra gari que perdeu carteira com todo seu salário

0

O que você já fez para ajudar àqueles a sua volta que realmente precisavam? Acontece que, mesmo que muitos não acreditem nisso, pequenas ações podem mudar o dia de uma pessoa e até mesmo a sua vida. Para conseguir fazer uma boa ação, você não precisa gastar rios de dinheiro ou perder todo o seu tempo. A verdade é que, para mudar o mundo, você não precisa de muita coisa além de uma boa ação, como o que foi feito por esse casal.

As possibilidades para boas ações são praticamente infinitas e, apesar de acharmos que pessoas assim já deixaram de existir, vez ou outra acabamos nos deparando com histórias verdadeiramente emocionantes!

Até mesmo algumas que começam tristes e parecem não ter como chegar em um final feliz podem nos surpreender. Um exemplo disso é o caso que aconteceu em uma noite chuvosa em uma rua deserta. Nesse cenário, um casal estava gritando pelo nome de Daniel.

O casal em questão era Diego e Amanda. Os dois estavam gritando o nome para tentar encontrar Daniel Sacramento Nazário Gomes para devolver a carteira que o homem havia perdido com todo o seu salário dentro.

Caso

G1

Esse caso aconteceu no último sábado. Tudo começou quando Daniel, que trabalha como gari há 12 anos, quis tirar uma soneca depois do almoço na calçada de uma avenida movimentada da Região do Barreiro, em Belo Horizonte.

Depois que acordou, o gari nem percebeu que sua carteira, com R$ 1,2 mil e todos seus documentos e cartões, tinha ficado para trás. O homem só foi perceber que estava sem quando já estava no ônibus, indo de volta para sua casa. Nesse momento em que ele se deu conta, voltou até o local onde estava, mas não encontrou sua carteira.

“Ele me ligou contando da perda e fez um boletim de ocorrência na delegacia. Eu chorei muito porque, dois dias antes, nosso carro tinha estragado. Um prejuízo extra que nem contávamos. Aí, no sábado, acontece isso. O dinheiro que era para pagar as contas do mês sumiu, a gente não tinha mais nada, tudo estava ali na carteira”, contou a mulher de Daniel, Vanessa Daiana Campos Gomes.

Pedido de ajuda

G1

Nesse sentido, em uma tentativa de recuperar a carteira, Vanessa publicou em suas redes sociais o ocorrido. Ainda assim, o casal não tinha esperanças de consegui-la de volta e muito menos de recuperar o dinheiro.

Contudo, na noite de sábado eles foram surpreendidos. Depois de oito horas do sumiço da carteira, Vanessa escutou alguém gritando o nome do seu marido na rua.

“Nós ouvimos ‘Danieeeeel, Danieeeel’ e fomos para rua. Encontramos o casal que olhou para foto da identidade do meu marido e para cara dele confirmando que era o dono mesmo. Nunca imaginávamos que o dinheiro também seria devolvido”, contou ela.

G1

Com essa boa surpresa, Vanessa e Daniel até ofereceram uma recompensa para o casal que devolveu a carteira, mas a oferta foi recusada. “A gente ficou muito feliz, ficamos surpresos, estávamos angustiados. Eles poderiam ter deixado em qualquer lugar”, disse ela.

G1

Depois da devolução da carteira, Vanessa foi de novo às redes sociais agradecer o casal que devolveu a carteira de seu marido.

Encontro

G1

O casal que encontrou a carteira de Daniel estava indo à papelaria para comprar material escolar para os dois filhos. Enquanto Amanda Fabiana Faleiro Soares, de 34 anos, estava com livros e cadernos nas mãos, seu marido entrou na loja com uma carteira nas mãos.

“Ele estava tremendo, pálido e com o coração palpitando. Foi quando contou que havia encontrado uma carteira cheia de dinheiro e documentos pessoais. Nossa primeira ideia foi procurar pelo nome de Daniel nas redes sociais, mas nada foi encontrado”, contou ela.

Então, o casal pediu ajuda a um amigo para tentar localizar Daniel. Como resultado, eles descobriram a rua onde o homem morava, mas não sabiam o número da casa. Sabendo disso, o casal saiu de Contagem e foram para Ibirité procurar pelo dono da carteira.

Quando eles chegaram na rua de Daniel, o casal começou a gritar o nome do homem. “Começamos a gritar ‘Danieeeeeel’ por cerca de 40 minutos na rua, debaixo de chuva. Cachorros latindo, uma confusão, até que eles apareceram. Foi muita alegria, ficamos o dia todo com agonia para encontrá-los, ainda mais para devolver o dinheiro. A sensação foi de alegria e alívio”, relembrou Amanda.

Fonte: G1

Imagens: G1

Síndrome de Stendhal: a estranha reação que abala turistas em Florença

Matéria anterior

Jovem é entubada por complicações devido ao uso de cigarro eletrônico

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos