Curiosidades

Jovem é entubada por complicações devido ao uso de cigarro eletrônico

0

Cada vez mais as pessoas adotam o hábito de fumar. Alguns optam pelos famosos narguilés, outros vão para o charuto, os cigarros tradicionais ou cigarro eletrônico, sempre com a consciência de que esse ato pode trazer diversos problemas para a saúde. Esse infelizmente foi o caso dessa jovem.

Todos sabem que o tabagismo é uma das causas de morte de várias pessoas anualmente. Mesmo assim, o hábito parece ter mais adeptos a cada ano. Vários desses fumantes usam cigarros comuns, enquanto outros fumam cigarros eletrônicos, por achar que são menos prejudiciais de alguma forma.

Jovem

MIrror

No entanto, a realidade não é bem essa. Tanto que, a americana Juliet Roberts, de 18 anos, foi entubada durante quatro dias depois de ter sido hospitalizada por falta de ar causada pelo vape.

Essa jovem usava o cigarro eletrônico desde seus 14 anos. De acordo com os médicos, foi justamente o cigarro eletrônico que causou danos permanentes no pulmão da jovem.

Felizmente, Juliet conseguiu sair do hospital. Aparentemente, ela tomou consciência dos seus atos e compartilhou sua história no TikTok com o objetivo de conscientizar outros jovens a respeito dos perigos que o vape pode trazer.

Caso

O Globo

Em seu TikTok, a jovem explica que acordou se sentindo gripada e que seu quadro foi piorando.  “Três dias depois, fui levantar da cama e caí porque não conseguia respirar, achei que fosse desmaiar. Liguei para o meu namorado, e ele me levou para o pronto-socorro”, contou ela.

Quando a jovem chegou ao hospital, as enfermeiras ficaram chocadas ao verificar a oxigenação dela. Por estar extremamente baixa, a jovem não conseguia nem ficar de pé. Assim, o quadro de Juliet foi apenas piorando. Como resultado, ela teve que ficar entubada por quatro dias.

“Os médicos me disseram que se eu não tivesse procurado ajuda, teria morrido. Foi muito assustador. Quando você faz um raio-X, o exame deve ser preto e as partes brancas serão apenas os ossos. O meu estava todo branco“, relembrou ela.

Cigarro eletrônico

Mirror

O diagnóstico da jovem foi de dano pulmonar e pneumonia. Por conta disso, ela não poderá trabalhar entre três a 12 meses para que seus pulmões se recuperem. Ademais, os órgãos da jovem estão tão comprometidos que se ela fizer qualquer exercício ela tem o risco de sofrer um ataque cardíaco.

“Minha frequência sobe para 150 quando eu subo as escadas, o que é muito perigoso. Meus pulmões nunca vão voltar a ser o que eram, só se tornarão fortes o suficiente para que eu consiga respirar sozinha novamente”, explicou ela.

Com tudo isso que aconteceu com ela, Juliet tomou trauma de cigarros eletrônicos e disse que nunca mais usará qualquer tipo deles. Em seu perfil no TikTok ela disse que todos os jovens precisam saber que o uso do cigarro eletrônico não vale a pena e que pode ser realmente muito perigoso.

Fonte: Metrópoles

Imagens: Mirror, O Globo

Casal encontra gari que perdeu carteira com todo seu salário

Artigo anterior

Confira o impressionante antes e depois dos participantes do BBB 22

Próximo artigo