• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Cientistas demonstram receita de como criar uma teoria da conspiração

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      28/05/15 às 20h06

O homem nunca pisou na lua, o HIV foi uma criação do governo, o Elvis não morreu. Existem teorias da conspiração sobre os assuntos mais diversos. Como, por exemplo, sobre o sistema solar e até os desenhos animados!

 

Mas como nasce uma toeria da conspiração? Cientistas italianos resolveram desvendar o mundo dos teóricos da conspiração e os resultados apontados por eles foram, digamos, curiosos.

Pegadinha científica

conspira

Com o intuito de descobrir como nasciam as teorias da conspiração e o que levava as pessoas a acreditarem nelas, os pesquisadores espalharam cerca de 5 mil comentários com afirmações falsas na internet.

Os comentários foram deixados em sites científicos e também em sites da teoria da conspiração. E os cientistas observaram qual era a reação dos leitores.

Uma das afirmações dizia que nuvens brancas formadas com a passagem de aviões foram quimicamente analisadas e continham viagra. Isso mesmo, viagra!

Já outra, afirmava que um gerador quântico de energia, que produzia energia livre, havia sido criado. Os comentários falsos foram rapidamente compartilhados.

Leitores de páginas científicas x teóricos da conspiração

compt

A pesquisa apontou que os leitores de páginas de teorias da conspiração eram muito mais propensos a compartilhares as notícias falsas do que os leitores de sites científicos.

Para os pesquisadores, isso demonstra uma tendência dos teóricos da conspiração em acreditarem em qualquer coisa que lhes é contada.

E você? O que acha sobre as teorias da conspiração?

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+