Entretenimento

O que acontece com as comidas do Masterchef após o fim das provas?

O que acontece com as comidas do Masterchef após o fim das provas?
0

Há não muito tempo, quem poderia imaginar que o Masterchef, um reality show de culinária, seria tão popular no Brasil. Dessa forma, o programa se tornou um dos programas mais queridos da grade de programação dos brasileiros. Isso significa que cada vez mais, quero saber sobre os bastidores do programa. Desse modo, uma das principais questões é: o que acontece com as comidas do Masterchef após o fim das provas?

Você provavelmente já se perguntou isso, mas acabou deixando de lado, não é? Por isso, trouxemos um pouco do que acontece com a câmera para de gravar e entramos nos bastidores do programa. Para aonde vai a comida? Ela é jogada fora? Ou os pratos vão para alguém?

Descubra o que acontece nos bastidores do programa

No caso do Masterchef, produzido e transmitido pela Band, os alimentos não utilizados no preparo dos pratos são doados para ONGs. No entanto, no caso dos pratos, o destino é diferente. Dessa forma, as comidas do Masterchef são experimentadas apenas pelos jurados. Com isso, nem mesmo os chefes conseguem experimentar os pratos.

De acordo com a chef Dayse Paparoto, ganhadora da primeira edição de “MasterChef Profissionais”, de 2016, tudo que acontece no programa é real. Assim, ainda que todo o material passe por um processo de edição, tudo o preparo do prato é real. “A gente gravava quase 12 horas por dia. Só experimentamos nossos pratos se a gente comesse ali, enquanto estava cozinhando”, afirma Dayse.

Ainda segundo a participante, os chefes do programa não tinham contato com ninguém. Tudo para que não houvesse nenhuma chance de uma possível trapaça. “Chegávamos com a roupa do corpo e íamos direto para a gravação. Não conversava com ninguém da produção. O celular era ‘confiscado’ e só devolvido no final. Os jurados entravam por uma porta, e nós por outra”, conta Dayse.

Os jurados podem fazer o que quiserem com os pratos

Já que os jurados são os únicos que têm contato com os pratos, eles podem fazer o que quiser. Ou seja, desde comer tudo e “limpar” o prato até não provar nada, caso acreditem ser necessário. De toda forma, toda a comida que sobra dos pratos é jogada fora após a gravação. Vale lembrar que essa regra também valia para antes da atual pandemia de Covid-19. Contudo, por conta das novas restrições, o cuidado se tornou ainda maior.

No caso de outro programa, o “Bake Off Brasil”, do SBT, os pratos são bolos e assim, se torna mais fácil pegar um pedacinho. De acordo com Marcelo Kestenbaum, diretor do programa, ao todo, são mais de 120 pessoas envolvidas na produção. Além disso, cada gravação dura mais de 10 horas e, quase sempre, é possível comer um pedaço. Porém, há aqueles bolos que não dão de jeito nenhum. “Geralmente a parte que não é consumida pelos jurados é distribuída para outras pessoas da produção, mas, como adotamos alguns protocolos de segurança devido ao coronavírus, para evitarmos riscos de transmissão, infelizmente descartamos”, afirma Kestenbaum.

Por fim, citamos o “Top Chef Brasil”, da Record, que conta com 250 pessoas que trabalham por mais de oito horas por dia. Nesse caso, os pratos também ficaram apenas para os jurados. Depois disso, o que sobrava era descartado após o término das gravações.

Conheça Timgad, a cidade que foi enterrada pelo deserto

Matéria anterior

Como é o final de The Boys nos quadrinhos?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos