• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça 5 grandes problemas que enfrentaremos nos próximos anos até 2100

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      09/07/19 às 19h15

Evolucionalmente falando, a raça humana é extremamente bem sucedida. Outras espécies, que se posicionam de maneira semelhante a nós na cadeia alimentar, tendem a atingir um índice populacional máximo de 20 milhões. O homem levou apenas 120 mil anos para alcançar os primeiros bilhões de membros. Depois, levamos apenas mais 206 anos para atingirmos outros 6 bilhões.

Segundo a Divisão de População das Nações Unidas, estamos projetando alcançar uma população de 9 bilhões de pessoas em meados do século e estabilizar em cerca de 10 bilhões até 2100. Os cientistas agora começam a analisar os impactos desse crescimento. Incluindo, a forma pela qual isso mudará a Terra ainda neste século. Pensando nisso, hoje, listamos alguns dos problemas que nossos filhos e netos provavelmente enfrentarão no futuro. Confira!

1 - Deslocamento populacional

Todos sabemos que, atualmente, a China é o país mais populoso do mundo. Sabemos também que a África, apesar de todo seu tamanho, não é necessariamente superpovoada. Com o passar do tempo, esses fatos podem vir a mudar. As políticas de controle de natalidade chinesas diminuirão seu crescimento populacional, enquanto que, em alguns países na África, uma mulher poderá dar à luz a mais de sete filhos.

De acordo com Joel Cohen, da Universidade de Columbia, até 2020, a Índia deve ultrapassar a população da China. No entanto, até 2040, a África Subsaariana deve superar a Índia.

2 - Urbanização

Nos últimos anos, ao redor do mundo, o número de pessoas vivendo em áreas urbanas ultrapassou os números daquelas vivendo em áreas rurais. E isso é o que pesquisadores acreditam que deve continuar acontecendo nos próximos anos. Segundo Cohen, até 2050, os números daqueles vivendo nas cidades aumentará de 3,5 bilhões para 6,3 bilhões.

Esses índices de urbanização são equivalentes "a construção de uma cidade de um milhão de pessoas a cada cinco dias a partir de agora pelos próximos 40 anos", disse ele. Além do mais, os especialistas apontam que isso pode gerar um desequilíbrio imenso "nos mecanismos tradicionais de resolução de conflitos", o que pode transformar tudo em um grande caos urbano.

3 - Falta de água

A população humana aumentou muito nos últimos dois século, e com isso, logicamente, ocorreu um grande aumento no consumo de recursos. Principalmente, em nações industrializadas. Alguns cientistas acreditam que a escassez de recursos pode ser um dos fatores motivantes para muitos conflitos. Além de aumentar o abismo existente entre ricos e pobres.

Não existe recurso mais precioso e vital para a vida humana do que a água. Segundo Jeffrey Sachs, diretor do Earth Institute em Columbia, devido às mudanças climáticas, já existem regiões na Terra em graves crises hídricas. Para Upmanu Lall, diretor do Columbia Water Center, conflitos relacionados à escassez de água pode fomentar a guerra de classes.

"A desigualdade de riqueza tende a crescer à medida que a população de um país cresce, e esse é um ponto muito importante a ser observado, porque o consumo per capita de recursos tem aumentado dramaticamente. Junte isso com a iniquidade na renda e junte isso com a questão da disponibilidade de água ", disse ele.

4 - Energia

Não existem fontes de energia suficientes para o sustento de 10 bilhões de pessoas. O que significa que, até o final do século, precisaremos encontrar uma nova fonte de energia para isso. Porém, o que seria tal fonte, é um verdadeiro mistério. "A energia é o recurso básico que está por trás de todos os outros", disse Klaus Lackner, diretor do Lenfest Center for Sustainable Energy.

"E, na verdade, a tecnologia ainda não está pronta para resolver o problema [de energia]. Sabemos que há muita energia na energia solar, na nuclear, no próprio carbono - no carbono fóssil - provavelmente por 100 ou 200 anos (se estivermos dispostos a nos limpar e pagar o extra para que isso aconteça). Mas nenhuma dessas tecnologias está totalmente pronta. A Solar tem seus problemas e ainda é muito cara", concluiu.

5 - Extinção em massa

Conforme a raça humana se expande, sobra pouco espaço e recursos para outras espécies. Assim, à medida que aumenta a falta de terras e recursos, ainda provocamos mudanças rápidas e drásticas no clima global. O que, para muitos deles, é algo que eles simplesmente não conseguem lidar. Segundo alguns biólogos, 75% das espécies do planeta podem desaparecer nos próximos 300 a 2 mil anos. Na verdade, isso já começou a acontecer e, com o passar do tempo, se tornarão mais comuns.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+