Curiosidades

Conheça a história do “Túnel da morte”, no Tajiquistão

0

Que o mundo é um lugar extremamente grande e rico, todos nós sabemos. O sonho de muitas pessoas é viajar para diversos cantos do planeta, conhecendo o máximo possível de países e suas riquezas, suas belezas naturais e culturas diversas. Isso porque, vários lugares são mundialmente conhecidos justamente pelas coisas boas que têm a oferecer. Lugares acolhedores, ricos em cultura e onde podemos desfrutar das belezas naturais geralmente atraem mais a atenção, não é mesmo? No entanto, há os opostos disso tudo. Existem lugares onde jamais gostaríamos de botar os pés, nem mesmo a turismo e um exemplo disso, é o Túnel Anzob, mais conhecido como “Túnel da Morte”.

O Túnel de Anzob é o maior pesadelo para os motoristas da Ásia e temos a total certeza de que você jamais iria querer passar por dentro dele. Talvez, esse seja o lugar mais assustador para motoristas do mundo inteiro e não é exagera afirmarmos isso. O local é sinistro e, por isso, é evitado a todo custo por motoristas do longínquo Tajiquistão, que sofrem para vencer o famoso túnel e não sabem quantos simplesmente morreram durante a passagem. Tudo isso porque as chances de morrer dentro do túnel realmente não são baixas. Trouxemos então algumas informações que te farão temer esse lugar. Confira conosco a seguir e compartilhe com seus amigos desde já.

Túnel da morte

O túnel assustador não é nada pequeno. Para atravessá-lo, é preciso percorrer mais de 5 quilômetros montanha adentro em uma região totalmente isolada do país, que fica no meio das montanhas. Quando o local foi construído, era somente alegria para os motoristas, pois servia para ligar duas das cidades mais importantes do país. Para fazer a mesma rota, antes do túnel, os motoristas precisavam atravessas a fronteira com o Uzbequistão, um país vizinho, o que era ligeiramente perigoso.

Mas, os problemas com o Anzob não demoraram muito a aparecer e custaram várias vidas humanas. O túnel foi inaugurado em 2006, mas um deslizamento de  terra causou um pequeno desastre apenas dois meses após a abertura. Uma parte lateral do túnel caiu e o encheu de água, matando 16 pessoas. Uma obra de emergência precisou ser feita e imaginou-se que tudo estava bem. Mas, uma série de mortes dentro do túnel ocorreu entre 2007 e 2010, mas o governo nunca divulgou estimativas oficiais.

Por lá, já teve de tudo. Gente que caiu em buracos, gente soterrada por pedaços do teto que saíram e até envenenamento por monóxido de carbono, que teria vazado de um condutor direto para dentro de um veículo. O túnel não tem ventilação, logo os envenenamentos são bem comuns. Além de tudo, a iluminação no local é péssima. Os buracos dentro do túnel podem engolir carros inteiros. Mas, o mais preocupante são os vazamentos de gás no local, que podem resultar em mortes de várias formas.

O túnel jamais foi acabado, tudo por causa de uma construção iraniana meia boca. Como é um local semi-remoto, as vezes os carros envolvidos em acidentes sequer são retirados, o que torna mais um obstáculo no túnel da morte.

E aí, o que você achou?

7 famosos que namoraram o ex de amigos

Matéria anterior

Esse animal conseguiu passar em um teste projetada para crianças

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.