• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o ''cofre do juízo final'' e porque ele está em perigo

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      12/02/19 às 14h46

A ilha de Spitsbergen, na Noruega, abriga um dos cofres - se não o cofre - mais importantes do mundo. Ele possui várias cópias de sementes e brotos de todos os tipos de vegetação do mundo inteiro.

Nomeado Cofre do Juízo Final, o ícone existe desde 2008 e reúne 860.000 amostras, sendo que cada uma delas possui pelo menos 500 sementes. A temperatura do cofre é mantida em 18° graus negativos. Além disso, ele está a 120 metros de profundidade, e abaixo do nível do mar, dentro de uma montanha em uma ilha remota entre a Noruega continental e o Polo Norte.

Ele foi projetado para casos de devastação mundial em grande escala. Ou seja, se o mundo precisar se reconstruir. Como se acontecesse um desastre nuclear em gigantesca proporção, a diversidade genética da vegetação mundial estaria segura. Mas o Cofre do Juízo Final corre perigo.

Perigo para o Cofre do Juízo Final

Não, não existe existem governos tentando destruir o Cofre do Juízo Final e nem perigo de um assalto dos alienígenas para análise. O motivo é muito mais humano e triste. Um novo relatório do governo norueguês mostra que as Ilhas Svalbard estão enfrentando mudanças significativas devido ao aquecimento global.

O relatório espera que as temperaturas do ar nas ilhas aumentem em cerca de 10 ° C, se houver apenas uma redução mínima das emissões de gases e cerca de 7 ° C, se houver um corte mais significativo de gases de efeito estufa. O aumento do calor levará ao descongelamento do gelo, que transformará o solo sólido, em torno da instalação, em água.

Além disso, causar a liberação de mais metano e dióxido de carbono atualmente congelados no solo e eliminar o clima ideal para as sementes, também pode acabar inundando o interior do local.

Outros problemas

Além de tudo já citado, o aquecimento global pode levar a um aumento considerável da chuva na região. A chuva se tornará mais intensa, a estação de neve ficará mais curta e as avalanches e os deslizamentos de terra se tornarão mais comuns. Todas essas previsões podem começar a acontecer rapidamente, já a partir de 2020.

''A temperatura do ar em Svalbard aumentou de 3 a 5 ° C durante as últimas 4 a 5 décadas. Nos últimos anos, houve episódios de fortes chuvas durante o inverno. Os fiordes ao longo da costa oeste tornaram-se livres de gelo a maior parte do ano. O permafrost aqueceu consideravelmente, e tem havido uma série de avalanches em Longyearbyen e perto dele'', afirma o relatório.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que não sabia da existência desse cofre, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   IFL Science  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+