CuriosidadesHistória

Conheça o monge indiano que escreveu um poema que previa sua morte

0

Nos Estados Unidos, o dia 4 de Julho significa um dos mais importantes feriados do país: O Dia da Independência. Esse feriado celebra a adoção da Declaração da Independência de 1776 e a separação das 13 colônias americanas da soberania do império Britânico.

Hoje em dia, O Dia da Independência Americana é associado a reuniões em família, muitos pratos de comidas tradicionais, cerimônias políticas e a celebração da rica história dos Estados Unidos. Um poema chamado “O 4 de Julho” pode ser ouvido frequentemente em festivais, e resume a vontade universal de liberdade.

O poema foi escrito por um monge hindu da Índia, chamado Swami Vivekananda. Ele foi um discípulo do famoso místico indiano Ramakrishna. Swami viajou pelo mundo e deu palestras sobre a filosofia hindu. Além disso, ele leva o título de ter sido o primeiro monge hindu a popularizar a prática do Yoga e a filosofia do Vedanta no mundo ocidental.

Swami viajou para os Estados Unidos em 1893, onde ele representou a índia e o Hinduísmo no Parlamento das Religiões do Mundo; Depois disso, ele viajou extensivamente pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido, dando palestras religiosas.

Swami estava maravilhado com os Estados Unidos e estava tocado com o espírito de liberdade que encontrou entre os americanos no final do século 19. Ele sentiu que a dedicação americana à liberdade espelhava a dedicação à liberdade e esclarecimento que ele almejava alcançar através da meditação e práticas religiosas.

Poema

Ele escreveu o poema “4 de Julho” no dia 4 de Julho de 1898, enquanto viajava com um grupo de seguidores Americanos e Ingleses. O grupo celebrava o Dia da Independência, e Swami leu o poema em voz alta durante o café da manhã daquele dia.

Swami devotou sua vida à procura da Espiritualidade e Esclarecimentos. Ele meditava todos os dias por muitas horas, e durante uma de suas sessões de meditação, ele teve uma visão que o contou que ele morreria antes do dia do seu aniversário de 40 anos.

Morte

Misteriosamente, no dia 4 de Julho de 1902, aos 39 anos, Swami faleceu. Seus discípulos encontraram seu corpo no quarto, logo depois da meditação.

A causa da morte permanece desconhecida, mas seus discípulos afirmam que ele morreu intencionalmente para alcançar o “mahasamadhi”. Mahasamdhi é o estágio final de profunda meditação, onde a consciência da pessoa deixa o próprio corpo. Desde que Swami foi para o mundo espiritual e se juntou com Ramakrishna, seus discípulos celebram a sua morte como um momento de grande importância religiosa.

Yoga

O Ioga (ou “yoga”) é um termo que se refere às disciplinas físicas e mentais que surgiram tradicionalmente na Índia. A palavra está associada com práticas meditativas do budismo e do hinduísmo. No hinduísmo, o conceito se refere às seis escolas ortodoxas da filosofia hindu e à meta que esta escola determina como suas práticas.

Existem alguns principais ramos da ioga, a saber: raja-ioga, carma-ioga, jnana-ioga, bacti-ioga, tantra ioga, tao yoga e hata-ioga.

A palavra sânscrita yoga tem diversos significados. Ela deriva da raiz yuj, que significa “controlar”, “unir” ou “concentração”. Algumas das traduções também trazem “juntando”, “unindo”, “união”, “conjunção” e “meios” como definição.

Fora da Índia, o termo ioga costuma ser associado tipicamente com a hata-ioga e suas asanas (posturas), ou como uma forma de exercício.

Uma pessoa que pratica a ioga é chamado de “iogue”.

E então, leitor(a), o que achou da história de Swami? Achou que foi pura coincidência? Acha que ele alcançou o “Mahasamdhi”? O que achou da história toda? Fala pra gente nos comments (:

Deadpool – Produtor confirma mais três filmes

Matéria anterior

Esse teste de 5 segundos vai mostrar o quão bom mentiroso você é

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.