• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Descoberto que as árvores também tem um 'batimento cardíaco'

POR Diogo Quiareli    EM Natureza      25/04/18 às 13h48

Sabemos desde crianças que as árvores são extremamente importantes para o nosso planeta. Algumas pessoas acreditam em algo a mais sobre elas. Muitos que já ficaram sozinhos em florestas durante a noite afirmam que viram árvores se movimentando. Isso é um tanto assustador quando pensamos nelas saindo do seu lugar e indo para outro.

Algumas árvores levantam e abaixam seus galhos diversas vezes durante a noite, sem interferência do vento, claro. Isso indica um ciclo de transporte de água e glicose, sendo assim sua própria versão de 'batimentos cardíacos'. Os estudiosos ainda não descobriram o porquê disso.

As plantas necessitam de água para fotossintetizar a glicose. No entanto, isso não significa, para as árvores, tirar água de suas raízes e mandar para as folhas. Esse processo está sendo estudado para saber se ocorre também durante o dia. Durante à noite, sabe-se que as árvores abaixam seus galhos pelo menos 10 centímetros e levantam novamente com o nascer do Sol. Esse processo é tão lento que as pessoas nem mesmo conseguem notar a olho nu. Acreditava-se até pouco tempo que apenas algumas espécies faziam isso, mas percebeu-se que todas podem fazer isso.

Dr. András Zlinszky, da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, utilizou a técnica de varredura à laser para medir a localização exata dos galhos e folhas. O teste foi feito com 22 espécies de árvores. Ele publicou o resultado das observações de ciclos substanciais de movimentos.

"Detectamos um movimento periódico desconhecido de até um centímetro em ciclos de duas a seis horas", disse Zlinszky. "O movimento tem que ser conectado a variações na pressão da água dentro das áreas de armazenamento e isso significa que a árvore está bombeando essas substâncias. O transporte da água não é apenas um fluxo de estado estacionário, como acreditamos antes", completou.

Na revista Plant Singnaling & Behavior, Zlinszky relatou suas descobertas no contexto de outras pesquisas. Parte delas descartadas na época foram provadas agora. Isso inclui a capacidade dos troncos encolherem e expandirem um pouco ao longo da noite. Essa descoberta mexeu com o mundo e com as pessoas que realmente afirmam terem visto árvores se mexendo. Mesmo não sendo perceptível a olho nu, elas não estavam erradas.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando ainda que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   IFL Science  
Imagens Pixa Bay Biologo
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+