Curiosidades

Descubra quanto o ”Amigo Secreto” de fim de ano deve injetar na economia

0

Pode-se dizer que uma das certezas da vida é que logo que o final do ano se aproxima os convites para participar do famigerado amigo secreto já começam a aparecer. Essa brincadeira de trocas de presentes é feita entre os colegas de escola, faculdade, trabalho, família. Ou qualquer outro grupo em que as pessoas estejam dispostas a participar.

A verdade é que existem aquelas pessoas que adoram amigo secreto e acham super divertido sair à procura de um presente para a pessoa que ela sorteou. Mas existem também as pessoas que odeiam esse jogo, que só de pensar na possibilidade de ter que estar em um desses sorteios já começa a se coçar.

Mas seja para o bem ou para o mal, a oportunidade de brincar é interessante. O amigo secreto pode ser mais divertido do que se imagina. Tirando, é claro, aquelas pessoas que simplesmente não sabem presentear. Praticamente todos tem uma história trágica de amigo secreto pra contar, em que deu um presente mais legal do que ganhou.

Mesmo que pareça que essa seja uma das brincadeiras mais irritantes da época de fim de ano, ela tem uma grande importância na economia do país. Segundo o levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 42% dos brasileiros devem participar de amigo secreto nesse período de natal.

Essa porcentagem quer dizer que 66,3 milhões de pessoas tirarão o nome de alguém em um papelzinho e depois terão, obviamente, que sair à procura de um presente para essa pessoa. E é exatamente essa busca e compra de presentes que vai movimentar, estimativamente R$ 7,5 bilhões na economia.

Pesquisa

A mesma pesquisa diz que aconteceu um aumento de nove pontos percentuais, com relação ao mesmo período do ano passado. Em 2018, eram 33,6% de brasileiros, participando do amigo secreto. E você aí, achando que as pessoas já tinham desistido dessa, quase, tradição, não é mesmo?!

Para essa pesquisa, foram entrevistadas 686 pessoas, via internet, nas 27 capitais do país, para ver quem tinha a intenção de ir às compras no natal. Também foram ouvidas 600 pessoas, para ver a intenção, sobre o que eles pretendiam comprar de presente. A margem de erro é de 3,7 pontos percentuais e 4,0 pontos, respectivamente.

Esses levantamentos foram feitos entre os dias 7 e 12 de outubro de 2019. E o nível de confiança, dessa pesquisa, é de 95%. Você ainda está com dificuldade de saber como o número de pessoas, que gosta de participar do amigo secreto, aumentou?

A pesquisa também mostrou isso. Entre as principais motivações estão: o fato de gostar desse tipo de evento (58,6%), de considerar a brincadeira uma boa maneira de presentear gastando menos dinheiro (35,8%), para não ser julgado como antissocial (11,7%) e outros (0,9%).

Porcentagem

E praticamente metade de todo mundo, no Brasil, 48,6%, vão participar de um amigo secreto. E 39% vai participar de dois. Dos “amigos secretos”, a maioria é entre familiares, seguido dos de grupos de amigos, e depois, colegas de trabalho.

A média pretendida a ser gasta pelas pessoas é de R$ 67,70, com cada um dos presentes. E 44,2% planejam gastar até 50 reais. As pessoas, que não participarão de amigo secreto, são 40,1%, de todos os entrevistados. E 17,5% ainda não decidiram.

Das pessoas que não vão participar, 47,8% dizem não gostar da brincadeira. E outros 34,6% disseram que não tem esse costume de brincar. E 16,6% dizem não ter dinheiro, para gastar participando desse tipo de brincadeira.

Por que os formandos usam um ”babador”?

Matéria anterior

7 novos animes que você não pode perder em 2020

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.