CuriosidadesHistória

Durante 22 anos esse homem saía de casa todos os dias com seu martelo e desaparecia, agora todos descobriram o que ele fazia

0

Seu nome é Dashrath Manjhi, nascido e crescido em um pequeno vilarejo indiano. Ele e sua esposa, Falguni, não possuíam muita coisa, mas se amavam e viviam felizes. Um dia, a mulher ficou muito doente e era óbvia a necessidade de ir ao médico.

O casal precisava caminhar, mais ou menos, 80 km até a cidade mais próxima. Tentaram ir o mais rápido que conseguiam, mas era preciso passar por uma montanha e a estrada era traiçoeira. Resultando no falecimento de Falguni, ainda durante a jornada.

A perda de sua tão amada esposa foi devastadora para Dashrath. Ele já não sabia mais como continuaria a viver, nem se seria possível sem ela. Entorpecido pelo luto e raiva, o homem planejou algo. Plano esse que o fez passar seus últimos dias juntando o material necessário para colocá-lo em prática.

O plano tinha proporções astronômicas. Assim, pedacinho por pedacinho, pedra por pedra, o homem começou a escavar um túnel pela montanha que havia impossibilitado a continuação da vida de sua esposa. Dashrath estava determinado a impedir que qualquer outra pessoa tivesse o mesmo fatal destino que teve sua companheira de vida.

Mesmo sendo um objetivo gigantesco, ele estava determinado a construir uma estrada que cortasse a montanha. Na imagem a baixo, o filho do casal mostra as ferramentas que o pai usou.

Todos os dias, durante 22 anos, motivado pela dor da perda, Dashrath escavou incansavelmente. Ele estava determinado a fazer com que as pessoas de seu vilarejo pudessem ter uma vida melhor.

Usando um formão, um martelo e uma pá, esculpiu toda uma estrada pelo meio da montanha. Seu trabalho começou em 1960. Hoje, crianças que andavam mais de 8 km para chegar à escola, andam menos de 3 km. Pessoas de mais de 60 aldeias usam a estrada construída por Dashrath.

O governo indiano nunca ajudou, colaborou nem, sequer, deu reconhecimento ao esforço desse homem. O máximo realizado foi um funeral de estado, quando aos 80 anos, em 2007, faleceu em consequência do câncer. Uma vez, ele disse “O que eu fiz está lá para todo mundo ver. Quando Deus está com você, nada pode pará-lo.”

No vídeo abaixo podemos ver um pequeno documentário, The Man From Gahlour (O homem de Gahlour), produzido enquanto Dashrath ainda era vivo, legendas em inglês.

Então pessoal, já conheciam essa história? Quais outras histórias como essa vocês conhecem? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Como é a vida de um cão-guia?

Matéria anterior

33 imagens que mostram como Star Wars daria um excelente anime

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.