Curiosidades

E se os humanos tivessem cauda?

0

evolução humana ainda é um assunto a ser amplamente estudado pelos cientistas.  As descobertas, ao longo do tempo, fizeram com que a ciência por diversas vezes alterasse seus registros e conceitos. Essas informações têm nos ajudado a compreender nossas origens e a moldar nossos passos em direção ao futuro. Contudo, algumas coisas são óbvias e podemos ver claramente. Como exemplo disso, diferente da maioria dos primatas, os humanos não têm uma cauda.

Essa mudança evolutiva nos ajudou muito. No entanto, e se a realidade fosse outra? Como seria se os nossos ancestrais tivessem mantido a cauda?

Teoricamente, todos os humanos tiveram uma cauda bem brevemente antes de nascermos. Isso porque as caudas curtas são uma característica do desenvolvimento humano. Elas aparecem temporariamente por volta das sexta semana de gestação. A cauda é uma extensão pequena da coluna vertebral e tem até uma dúzia de vértebras.

Depois de 15 dias, metade dessa cauda é reabsorvida e a outra metade se funde no osso chamado cóccix. Contudo, algumas raras pessoas, sendo a maioria do sexo masculino, nascem com a ponta dessa “cauda”.

Essas caudas vestigiais são tão raras nos nascimentos humanos que seria bem difícil encontrar mais de algumas dezenas na literatura médica. Mesmo assim, os casos acontecem. A maior parte delas se remove cirurgicamente logo depois do parto.

Cauda

Observerbd

Agora, se os humanos tivessem uma cauda grande a história seria completamente diferente. Claro que isso é apenas uma especulação, já que não se sabe o motivo de um dos ancestrais humanos ter se saído melhor do que os outros quando sua cauda se recusou a crescer.

Ademais, a evolução é ainda mais surpreendente quando se considera que a mudança colocou os humanos em um risco maior de desenvolver deformidades do tubo neural que expõem a medula espinhal depois do nascimento, como a espinha bífida. Portanto, não manter a cauda deve ter sido uma vantagem bem significativa.

As caudas são mais do que uma extensão pendurada no final da coluna. Elas são ancoradas em algumas estruturas anatômicas sérias que cercam a área do quadril. Quando esses ossos estão juntos com ligamentos e músculos, eles puxam o corpo para o alinhamento. Como resultado, tem-se o equilíbrio. No caso de alguns macacos, tem-se também a capacidade de agarrar e manipular.

Então, se os humanos tivessem mantido sua cauda, também seria necessário os quadris e os músculos para usá-la. Caso contrário, ela seria inútil como um pedaço de salsicha se arrastando no chão.

Mudanças

NBC News

Além disso, a permanência da cauda não seria uma mudança pequena. Até porque, os primatas que a têm tendem a ter espinhas mais longas com algumas vértebras a mais para que eles tenham a flexibilidade de deslizar habilmente pelos galhos. Por outro lado, os macacos têm especializações musculoesqueléticas com seções lombares mais curtas que enrijecem a coluna.

Agora, com relação aos músculos da cauda, uma velha hipótese sugere que nunca se deixou de lado. Ao invés disso, eles foram mudados em uma estrutura rígida que dá suporte aos órgãos abdominais, como por exemplo, a bexiga e os intestinos.

Seria por conta dessa estrutura que os humanos poderiam colocar uma pressão intensa no intestino e ainda manter todos os pedaços de carne no lugar. Nesse mesmo tempo, isso ajudaria a conter qualquer urina e fezes que poderiam ser espremidas de forma involuntária.

Portanto, se os humanos tivessem mantido a cauda igual à do macaco, teria que acontecer alguns ajustes no restante do corpo. Um exemplo, sem considerar o espaço cerebral potencial que se precisaria para sentir e mover esse novo membro, seria a necessidade de colocar os músculos do assoalho pélvico de volta para dar suporte a esses músculos e ossos extras.

Ainda hoje, até que ponto a diminuição da cauda ajudou nossos ancestrais é uma questão de debate. Mas se os ancestrais tivessem mantido a cauda, é possível que os humanos nunca tivessem evoluído.

Fonte: Science Alert

Imagens: Observerbd, NBC News

Como os óculos de sol protegem os nossos olhos?

Matéria anterior

Devemos depilar nossos pelos pubianos?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos