Curiosidades

Essa foi eleita a palavra do ano pelo dicionário Collins

0

A comunicação é o que nos diferencia de outros animais. Por meio dela, podemos elaborar significados intrínsecos à sociedade em que estamos inseridos. Nós transbordamos uma soma de símbolos para com os nossos semelhantes e eles, por sua vez, se identificam com as expressões e conseguem reagir na mesma sintonia.

E a língua e a comunicação estão sempre em constante mudança. Palavras que não costumávamos usar caem na boca das pessoas por diversos motivos. Esse ano foi totalmente atípico para todos no mundo todo, e isso refletiu também no vocabulário usado pelas pessoas.

Palavra

Na terça-feria dessa semana, o grupo, que publica o dicionário Collins, se reuniu e elegeu a palavra do ano de 2020. A palavra eleita foi “lockdown”, “confinamento” em português. Ela é a medida restritiva, que vários governos no mundo adotaram para limitar a disseminação do novo coronavírus.

A palavra aparece em uma lista de dez outras, várias delas relacionadas à pandemia, que foi estabelecida pelos lexicógrafos do Collins. Eles estudam a evolução da língua inglesa.

O dicionário registrou mais de 250 mil usos desse termo em 2020. Isso, em comparação com somente quatro mil vezes em 2019.

“A língua reflete o mundo ao nosso redor e 2020 foi dominado pela pandemia global. Escolhemos ‘confinamento’ como a palavra do ano porque resume uma experiência compartilhada por bilhões de pessoas que tiveram que restringir seu cotidiano para deter o vírus”, disse Helen Newstead, consultora de conteúdo linguístico do Collins.

Lista

A lista tem outras nove palavras, e algumas delas são relacionadas à pandemia. Como por exemplo, “coronavírus”, “social distancing” (distanciamento social), “self-isolate” (auto isolamento), “key worker” (trabalhador essencial) e “furlough” (licença do trabalho).

Além dessas palavras, a sigla “BLM” também se destacou. A sigla quer dizer “Black Lives Matter”, “Vidas Negras Importam” em português, que se referem às manifestações que aconteceram depois da morte de George Floyd. Ele era um homem  negro americano que foi asfixiado por um policial branco em Minneapolis, nos EUA, no fim de maio.

Várias palavras novas surgem nas redes sociais. E termos como “TikToker”, que é quem produz conteúdo para a rede social TikTok, e “mukbang”, que é basicamente se filmar comendo grandes quantidades de comida enquanto interage com os seguidores, foram adicionados ao vocabulário das pessoas como palavras mais usadas.

A  última palavra das 10 eleitas como palavras do ano de 2020 é “Megxit”. A palavra é a contração de Meghan com “exit”, saída em inglês. O termo faz uma alusão ao Brexit e foi usado para se referir à saída do Príncipe Harry e sua esposa Meghan da família real britânica. O anúncio da saída do casal foi feito em janeiro desse ano.

Três novas espécies de planadores foram descobertos na Austrália

Matéria anterior

Soldados robôs podem compor 25% do exército britânico no futuro

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.