Ciência e TecnologiaCuriosidades

Essas são as 7 ameaças globais que vamos enfrentar em 2016

0

O Diretor da Inteligência Nacional dos Estados Unidos, James Clapper, fez uma grande avaliação das ameaças para 2016 ao Comitê de Serviços Armados do Senado dos Estados Unidos. Com base nas percepções dos vários ramos da Comunidade de Inteligência dos Estados Unidos, Clapper forneceu um resumo das principais ameaças globais.

Existem várias coisas que poderão causar muito medo em 2016, como no ano de 2015 teve vários atentados terroristas, esse é um dos motivos mais fortes das pessoas terem medo do que poderá acontecer neste ano, além dos problemas com recursos naturais que o mundo inteiro vem sofrendo.

Por isso, fizemos uma lista com as previsões assustadoras de 7 ameaças globais que vamos enfrentar em 2016 do chefe de inteligência dos EUA, confira:

1 – Cyber segurança

Security concept: Lock on digital screen, contrast, 3d render

Security concept: Lock on digital screen, contrast, 3d render

A ascensão de dispositivos inteligentes a Internet pode dar várias novas oportunidades para hackers obterem acesso as informações pessoais dos usuários. Mas por outro lado, a justiça pode ser capaz de usar a Internet para fazer identificação de pessoas, vigilância, monitoramento e rastreamento de localizações.

Além disso, hackers vão tentar explorar a integridade das informações em rede online. Isso executa a gama de modificação e transmissão de dados falsos de serviços públicos e empresas de mercado para a implantação de falsas informações sobre a mídia online.

As principais ameças são China, Rússia e Coréia do Norte.

2 – Terrorismo

2

Grupos extremistas continuam em ascensão desde a década de 70. Este aumento do extremismo muçulmano foi atingido por um aumento nos grupos xiitas apoiados pelo Irã. A ISIS continua a ser a ameaça global do terrorismo. O grupo tem mostrado que é capaz de realizar operações no exterior, manter território, criar filiais em todo o mundo e atrair combatentes estrangeiros ou realizar ataques caseiros por todo o mundo.

Embora a ISIS atraia muita a tenção, a Al Qaeda é mais uma vez uma ameaça crescente. O grupo tem se mostrado capaz de conduzir ataques em todo o mundo e ainda proteger um território. As mídias sociais e on-line continua a ajudar os terroristas a espalharem suas mensagens e assim alcançando novas gerações de recrutas. A ISIS mesmo é muito adepta a usar a mídia social para influenciar a opinião das pessoas.

As principais ameças são ISIS, AL Qaeda, grupos xiitas apoiados pelo Irã, incluindo o Hezbollah.

3 – Espaço e antiespaciais

3

Para começar, a Rússia e China estão começando a rivalizar com as capacidades de satélites militares e de inteligência. Por causa das vantagens inerentes que os EUA tem a partir de seus sistemas espaços-satélite, a Rússia e a China provavelmente querem o progresso e desenvolvimento de sistemas de armas para perturbar os sistemas espaciais dos EUA.

Os sistemas de guerra eletrônico com capacidade de bloqueio de comunicações e sistemas de satélites GPS vão continuar a proliferar em todo o mundo, corroendo uma vantagem dos EUA. A Rússia admitiu que os sistemas podem chegar a cegar a inteligência dos EUA e os satélites de defesa de mísseis balísticos em desenvolvimento.

As principais ameças são Rússia e China.

4 –  Armas de destruição em massa

4

A Coreia do Norte tem continuado a avançar seu programa nuclear. O país comprometeu a desenvolver mísseis de longe alcance capazes de transportar armas nucleares para os EUA. Pyongyang também está acreditando ter reiniciado e expandido seu reator de plutônico. Pyongyang também provou que está disposta a proliferar suas tecnologias nucleares para outros regimes desonestos, tendo fornecido ao Irã e a Síria com tecnologias e experiências no passado.

A China tem modernizado suas forças nucleares. Os chineses tem investido em sistemasque são difíceis de atingir, bem como submarinos de mísseis balísticos de propulsão nuclear. Isso proporciona a China um elemnto de dissuasão nuclear.

A Síria continua a usar armas químicas contra as forças da oposição. Foi determinado que o regime ultilizado contra a oposição em 2014 pode ser a mesma em 2015. ISIS usou várias armas químicas em vários ataques em todo o Iraque e a Síria.

As principais ameças são Coreia do Norte e Irã.

5 – Crime organizado transnacional

5

Narcotraficantes mexicanos intensificaram as suas operações em todo os EUA. Essas várias organizações tem aumentado rapidamente a sua produção de heroína e metanfetamina para atender à crescente demanda dos EUA.

Além de todos esses problemas, o tráfico de seres humanos continua a ocorrer em todos os países. O crime organizado se aproveita das fronteiras porosas para vender indivíduos e grupos terroristas, incluindo a ISIS e Boko Haram, que usam o tráfico para ganhar recrutas como fonte de financiamento.

6 – Economia e recursos naturais

6

A recessão econômica continuou na China e causou declínio nos preços mundiais da energia e das matérias-primas. Isso tem ajudado a levar a uma desaceleração global no comércio que afeta a economia mundial.

A queda dos preço da energia e das matérias-primas irá fomentar a instabilidade em todo o mundo. A Venezuela é particularmente atingida e terá que se esforçar para evitar um default. A Nigéria e Angola estão agora também lutando contra isso, aumentando a instabilidade de ambos os países.

As principal ameça é o enfraquecimento das condições econômicas.

7 – Segurança humana

Essas são as 7 ameaças globais que vamos enfrentar em 2016

Doenças infecciosas irão representar um risco de segurança nacional para os EUA. A crescente globalização e de uso da terra irão aumentar as chances de novas epidemias que a comunidade internacional permanece mal preparada para coordenar coletivamente.

Riscos de atrocidades, violência em larga escala e instabilidade com risco de regime permanecerá elevado em 2016. Repercussões de gueras, como a Síria, será provável que aumente ao longo do ano. Sete estados a partir de 2015 também não foram capazes de projetar autoridade por meio de mais de 50% de seu território.

As principais ameças são as doenças infecciosas, instabilidade do governo e deslocamento global.

E aí companheiros, preparados para as piores ameaças de 2016? Comentem aqui pra gente!

10 coisas normais que se tornam completamente bizarras quando pensamos sobre elas

Matéria anterior

6 benefícios de beber álcool que ninguém tem coragem de comentar

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos