Curiosidades

Esse é o brasileiro mais rico do mundo!

0

Em 2020, o Brasil estava na vigésima quarta posição entre os países mais ricos do mundo de acordo com o PIB per capita. O PIB é o produto interno bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e, per capita significa esse valor dividido pela quantidade de pessoas daquele país.

O PIB per capita do Brasil em 2018 era de aproximadamente 33 mil e o brasileiro mais rico do mundo tem a fortuna estimada de quase 2 milhões de brasileiros. Consegue imaginar isso? Contudo, antes de chegar nele, é interessante falar do restante dos ricos da lista de pessoas com mais dinheiro do país.

Alceu Elias Feldmann

Alceu Elias Feldmann

Reprodução/Revista Globo Rural

O último da lista é o automobilista brasileiro Alceu Elias Feldmann, nascido em Santa Catarina, mas radicado em Curitiba, no Paraná. Ele tem 71 anos e é a décima pessoa mais rica entre os brasileiros. Isso por causa da sua fortuna de 6,1 bilhões de dólares por ser o fundador e presidente da Fertipar, empresa de fertilizantes. O engenheiro-agrônomo era vendedor de fertilizantes e essa vivência o levou a criar sua própria fábrica.

A operação começou em 1980, em um armazém alugado em Paranaguá, onde fica o maior porto exportador de grãos do Brasil. No entanto, atualmente, a Fertipar é um grupo composto por 12 empresas, sendo Feldmann o dono de 85% das ações. 

Alex Behring

Alex Behring

Reprodução/Suno

O próximo da lista é Alex Behring, do Rio de Janeiro, nascido em 1967. O investidor brasileiro é co-fundador e sócio-diretor da 3G Capital, empresa brasileira-estadunidense de capital privado, ou seja, investimento em empresas que não estão na bolsa de valores.

Ele também é sócio-fundador de outra empresa de capital privado, a GP Investments. Em agosto de 2013, o valor de mercado de todas as empresas do 3G Capital era de cerca de 187 bilhões de dólares, sendo que a fortuna de Alex Behring é de 7,2 bilhões. 

Irmãos Safra

Irmãos Safra

Reprodução/Pleno News

Com a morte recente de Joseph Safra, um dos homens mais ricos do Brasil, em 2020, com uma fortuna de 38 bilhões de dólares, seus filhos assumiram a oitava colocação na lista Forbes.

Perto dos 70 anos, Joseph Safra já planejava entregar o bastão aos herdeiros, mas a crise financeira global de 2008 adiou a sucessão. Hoje, os irmãos Safra acumulam uma fortuna de 7,8 bilhões de dólares.

Rubens Ometto

Rubens Ometto

Exame/Divulgação

Rubens Ometto, de Piracicaba, São Paulo, é o próximo da lista, formado em engenharia de produção mecânica pela USP. Ele é presidente do conselho de administração da Cosan, empresa brasileira com negócios de açúcar, álcool, energia, lubrificantes e logística, e acumula uma fortuna de 9,2 bilhões de dólares.

Ele também já atuou como presidente do conselho da TAM Linhas Aéreas. Além disso, atuou como diretor financeiro da Votorantim, empresa em diversas áreas de produção como energia, celulose, metais e siderurgia.

Carlos Alberto Sicupira

Carlos Alberto Sicupira

Reprodução/Capitalist

Outro membro da 3G Capital que está na lista da Forbes é Carlos Alberto Sicupira. O autor da frase “custo é como unha, tem que cortar sempre” nasceu no Rio de Janeiro, em 1948. Conhecido como Beto, trabalhou em uma empresa de carros usados.

No entanto, em 1973, conheceu Marcel Telles e Jorge Paulo Lemann, com quem formaria uma das sociedades mais prolíficas do Brasil. Hoje, ele tem uma fortuna de 9,8 bilhões de dólares.

André Esteves

André Esteves

Luiz Prado/Flickr

André Esteves também nasceu no Rio de Janeiro, mas é um pouco mais novo, com 53 anos. O empresário e filantropo é parceiro sênior do BTG Pactual, o maior banco de investimentos da América Latina.

Formado em Ciência da Computação e Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Esteves começou a trabalhar no Banco Pactual aos 21 anos como analista de sistemas. Dessa forma, só quatro anos depois, se tornou sócio. Hoje, tem uma fortuna estimada de 9,9 bilhões de dólares.

Marcel Telles

Marcel Telles

Reprodução/YouTube

O próximo da lista é outro integrante da 3G Capital, Marcel Telles. Nascido no Rio de Janeiro em 1950, Marcel Telles cursou economia na UFRJ e começou seu trabalho no mercado financeiro conferindo boletos durante as madrugadas.

Ele entrou na corretora Garantia em 1972, virando sócio dois anos depois. Além disso, criou a Ismart, ONG que fornece bolsas de estudo para estudantes de baixa renda em escolas particulares e sua fortuna atual é de 12,7 bilhões de dólares.

Jorge Moll Filho

Jorge Moll Filho brasileiro mais rico do mundo

Reprodução/Rede São Luiz

Jorge Moll Filho é carioca, médico e o empresário responsável pela presidência do Conselho de Administração da maior rede de hospitais privados do país, a D’Or. Dessa forma, a rede tem mais de 30 hospitais espalhados pelo país e vale mais de 20 bilhões de reais. Sua fortuna pessoal é de 13,4 bilhões de dólares.

Jorge Paulo Lemann

Jorge Paulo Lemann

Valéria Gonçales/Estadão Conteúdo/AE

Jorge Paulo Lemann, da 3G Capital, é carioca, nascido em 1939, com 82 anos e é o segundo mais rico do Brasil. Economista e empresário, tem uma fortuna de 19 bilhões de dólares, mas ainda não é o brasileiro mais rico do mundo.

Eduardo Saverin

Eduardo Saverin brasileiro mais rico do mundo

Reprodução/Info Money

Já o primeiro da lista é um famoso, que teve até sua história retratada em um filme internacional. Eduardo Saverin, brasileiro criado nos Estados Unidos, é co-fundador da rede social Facebook, e conta com uma fortuna estimada em 19,4 bilhões de dólares.

Formado em Harvard, foi na faculdade que conheceu Mark Zuckerberg e juntos fundaram o Facebook, em 2004. Apesar da participação minoritária, o crescimento do valor de mercado da empresa é a origem de sua fortuna. Assim, ele se tornou o brasileiro mais rico do mundo. 

Como arrumar a casa em pouco tempo? Entenda o método

Matéria anterior

Henrietta Lacks e as células imortais

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos