Curiosidades

Esse lutador pode ter inspirado o ogro mais famoso do mundo

0

A cada filme, série ou animação que vemos somos apresentados a personagens diferentes. Reparamos muito, aprendemos bastante sobre eles e até começamos a compará-los com outras pessoas. Quanto mais acompanhamos ou prestamos atenção em determinados personagens podemos ter a sensação de que já vimos aquela pessoa fora das telas. Esse realmente pode ser o caso, até porque, vários personagens são inspirados em pessoas reais, como esse lutador que inspirou a criação do Shrek.

O lutador francês Maurice Tillet tinha uma doença grave que o fez ter, depois da adolescência, nariz, orelhas, mãos e pés enormes. Como se isso já não bastasse, ele também recebeu o título de “o homem mais feio do mundo”. Na Inglaterra era descrito como “uma feroz monstruosidade, não um ser humano, mas uma pedra de brutalidade”.

No entanto, as pessoas que conheciam o lutador diziam que ele tinha um grande coração, era bastante inteligente e bem generoso. Ademais, o lutador adorava as crianças e elas também o adoravam. No mundo da luta ele era conhecido como “O Anjo Francês”.

Inspiração

Etsy

Essa história do lutador pode ter servido de inspiração para o personagem. Até porque, ela pode vir de traços físicos ou de personalidade. Nesse caso em específico, as características físicas e biográficas do lutador são apontadas como a grande inspiração para a criação de Shrek. O ogro “feio”, mas gentil, que chegou aos cinemas em 2001.

Segundo a história não oficial sobre a criação de Shrek, os produtores da Dreamworks encontraram um busto do lutador em um museu e o usando como base eles construíram o ogro mais famoso e simpático do cinema.

A doença que o lutador tinha era acromegalia, uma doença que faz o corpo inchar por uma produção excessiva de hormônios do crescimento. As pessoas que têm essa doença costumam ter várias complicações de saúde e acabam morrendo por conta delas. Tillet, por exemplo, viveu até os 51 anos.

Nesse ínterim, Tillet é esquecido até mesmo pelas pessoas que admiram as artes marciais. Contudo, sua vida está amplamente documentada nos jornais da metade do século passado, uma vez que ele era quase que uma celebridade nos Estados Unidos e na Europa.

Lutador

Lascimmiapensa

Dentre as pessoas que conheciam o lutador, o pesquisador Tom Latour se considera o maior conhecedor da vida de Tillet. Tanto que, de acordo com o próprio Latour, canais de televisão, museus e curiosos sempre o procuram quando querem saber mais sobre a vida do lutador.

Eu tenho um profundo respeito pelo homem bom e decente que Tillet foi e por isso eu me sinto compelido a entendê-lo cada vez mais”, disse ele.

Ademais, Latour afirma com 95% de certeza que a criação de Shrek teve o lutador como grande inspiração. Além de uma semelhança física óbvia, o pesquisador aponta que características psicológica também fazem com que o ogro se pareça com Tillet.

“Veja Shrek rugindo para o Burro, e o Burro parado, apenas sorrindo. Quando Maurice subia no ringue ele também rugia, e o público adorava”, escreveu o pesquisador em seu blog.

Características

Clube de cinema Petrópolis

“Tillet era conhecido na vida real por ser sensível, gentil, orgulhoso e nobre. Penso em Tillet atuando como um monstro, mas no final de cada apresentação, ele abria aquele sorriso bobalhão que parece um espelho do sorriso do Shrek e aí ninguém mais acreditava em sua monstruosidade”, continuou.

“Tillet permanece como um modelo sobre como superar os desafios da vida. Ele teve de lidar com sérias e dolorosas condições físicas e psicológicas e conseguiu viver sua vida e transformá-la em alguma coisa especial, não evitando seus problemas, mas abraçando e lidando com eles. Foi isso que a Dreamworks encontrou nele e, sem dúvida, usou muito disso no filme”, pontuou.

“Eles provavelmente nunca vão admitir porque não há nenhum ganho fazendo isso. E há tudo a perder se as pessoas descobrirem com certeza que Shrek foi inspirado em um homem com uma doença seríssima que o mataria prematuramente. Já entrei em contato com a Dreamworks, mas nunca consegui uma resposta”, concluiu o pesquisador.

Fonte: UOL 

Imagens: Etsy, Lascimmiapensa, Clube de cinema Petrópolis

O que é o efeito placebo e como ele funciona?

Matéria anterior

Flamingos podem voltar a habitar a Flórida após décadas extinto na região

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos