Você já ouviu falar sobre a Baumgartner Fine Art Restoration? Trata-se de um estúdio de arte que fica nos Estados Unidos, para ser mais exato no "bairro histórico da South Michigan Avenue, no 7º andar do antigo prédio Lightner Publishing Building" (como diz a própria descrição no site do estúdio), em Chicago. O local trabalha com obras de artes (importantes) de todos os tamanhos.

O estúdio recebe clientes que desejam a preservação e restauração de alguma obra de seu acervo particular, ou até mesmo o acervo completo. Enquanto a obra está sob a tutela do estúdio, ela está sob a proteção de um seguro de cinco mil dólares, caso aconteça algum tipo de acidente. Mas se estamos falando dele, é porque o trabalho desempenhado lá vem chamando a atenção nas redes sociais.

Restaurador de obra de arte no YouTube

Julian Baumgartner é o principal restaurador atualmente do Baumgartner Restoration. Ele criou um canal no YouTube onde posta vídeos de suas amostras de restauração. Se você domina um pouco de inglês, conseguirá o assistir realizando procedimentos de restauração das obras. O canal anda fazendo tanto sucesso, que hoje já possui mais de 400 mil assinaturas.

O estúdio foi criado em 1978, pelo próprio Baumgartner. Ele nasceu na Suíça e frequentou a Academia de Arte de Lucerna e a École des Beaux-arts em Epinal, na França, com especialização em estúdio de arte e história da arte. Entre 1971 e 1978, Baumgartner foi aprendiz e trabalhou no departamento de conservação de arte no Museu de Arte e História de Fribourg, na Suíça. De 1974 a 1978, foi freelancer em pintura mural e restauração de pintura de cavalete do século XVI a XIX.

A obra foi passada para as gerações seguintes, e ainda hoje é uma referência na restauração de arte nos EUA.

Vídeos

A Baumgartner Restoration possui um Instagram com mais de 100 mil seguidores, além de uma página oficial, e de seus vídeos, que são postados em um canal no YouTube. Veja alguns vídeos que selecionamos.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas redes sociais. Para você que está viciado nesses vídeos e não consegue mais parar de ver, aquele abraço.

Publicado em: 15/01/19 16h00