Esses são os lados negativos de viver viajando o mundo

POR Diogo Quiareli    EM Entretenimento      11/04/17 às 16h34

O sonho de muitas pessoas, senão todas é viajar pelo mundo e conhecer os mais diversos lugares e se envolver como um todo nesse tipo de aventura. É sempre bom visitar um outro país, estado ou até mesmo uma cidade próxima a nossa para aprender mais sobre um costume diferente. Seja entender mais sobre a gastronomia, a dança, o sotaque, enfim, entender sobre a cultura como um todo e até se deliciar das incríveis paisagens que alguns lugares nos permitem desfrutar. É, realmente, viver assim deve ser uma coisa maravilhosa e só conseguimos enxergar vantagem, mas nem tudo se transforma nesse mar de rosas e acredite, existem alguns pontos negativos em viajar pelo mundo.

Adoramos falar sobre esse assunto e se você acompanha a nossa página o nosso site, já deve ter percebido isso. Aproveitando o momento, gostaríamos de lembrar que nós aqui da redação do Ultra Curioso já postamos algumas matérias sobre viagem pelo mundo e como as pessoas reagiam a mesma e contavam a sua experiência. Deixaremos então alguns links que direcionarão cada um que se interessar com apenas um clique e reforçamos que você pode encontrar aqui diversas matérias sobre as mais diferentes curiosidades utilizando o nosso guia de pesquisas localizado na parte superior direita da página principal. Agora, sem mais delongas, confira e em seguida acompanhe a história desse casal que mostra os lados negativos de viajar pelo mundo;

22 lugares abandonados que vão fazer você querer viajar pelo mundoFotógrafo transforma van em casa móvel para trabalhar e viajarEsse casal realiza o sonho de muitas pessoas após se casarCasal viaja o mundo com sua filha de 3 anos de idade sem abandonar o empregoCasal vende tudo que tem e compra uma van para viver o sonho de muitas pessoas.

Chanel Cartel de 32 anos e Stevo Dirnberger de 31 moram na África do Sul abandonaram tudo para seguir o seu sonho de viajar pelo mundo. Como já afirmamos, essa é a vida que muitas pessoas desejam levar e por esse motivo eles resolveram contar que nem tudo é como sonhamos e destacar os pontos negativos disso. Eles saíram de casa em Johannesburgo no dia 2 de março de 2015 e no início, publicavam fotos incríveis dos lugares pelos quais passavam.

Em um blog chamado "How Far From Home" (Quão longe de casa) eles contaram que o que motivou a viajarem foi a possibilidade de fugir da rotina que estava "envelhecendo-os com sua complacência" e já não tinha nem um desafio. A intenção do casal era descobrir até onde podiam ir. Então partiram nessa aventura para descobrir tudo que o mundo tinha a oferecer, sendo bom ou não.

"Nós estamos procurando por uma jornada que nos permita viver fora da zona de conforto e nos dê a oportunidade de dizer ‘sim’ a um monte de experiências loucas, enquanto alimentamos nossas necessidades criativas", descrevem no blog. Olhando as fotos, temos a noção de que eles realmente encontraram tudo que procuravam e desejavam, não é mesmo? O casal vive de uma forma um tanto curiosa. Quando não estão praticando yoga, velejando ou conhecendo mais sobre as culturas dos lugares, estão realizando trabalhos domésticos para ganhar dinheiro e prosseguir.

Chanel e Stevo perceberam com o tempo que as fotos do blog não mostravam toda a verdade sobre a sua viagem. Eles gostariam que seus leitores vessem todos os lados e entendessem o que eles passavam. "Nós decidimos pintar um quadro realista para aqueles que querem repetir a nossa experiência, ainda mais se pensa que esse estilo de vida de viagem é fácil e repleto somente de coisas bonitas", disse Chanel ao Bright Side. Foi aí que o blog começou a receber mais posts sobre como era essa viagem.

"Pelos meus cálculos, nós já limpamos cerca de 135 banheiros, enterramos cerca de 250 kg de esterco de vaca, escavamos duas toneladas de pedras, colocamos 60 metros de piso, 57 camas feitas, arranjamos centenas de produtos em prateleiras de supermercado. E eu nem me lembro de quantos copos de vinho polimos. Apesar de nós termos crescido com relativo luxo em Johannesburgo."

O motivo para manter a sua vida de viajante também cobrou seu preço e eles postaram no blog.

"O preço físico é bastante exigente também. Eu não sou a pessoa mais bem adaptada para enfrentar tudo isso. Agora, você não me chamaria de magro, ou 100% saudável. Para a maior parte, a nossa comida consiste em bolachas com geleia. Nós dormimos por 5 horas por dia e estamos carregando para sempre nossos sacos infernalmente pesados."

Eles não se queixam, apenas mostram ao mundo que as escolhas da vida tem seus desafios e exigências. E para eles, tudo que já passaram valeu a pena.

"Mas acredite em mim, todas essas coisas valem a pena. Para nós, este tipo de vida é o paraíso. Com certeza, toda a lenha deve ser devidamente empilhada e as lixeiras retiradas. Mas assim que terminamos nosso trabalho do dia, nós estamos livres para fazer o que quisermos: passear, explorar, descobrir e desfrutar." disseram.

O casal sensibiliza as pessoas ao falar dos aprendizados que tiveram e afirma: "Esta aventura tem nos apresentado lições valiosas - lições que nunca teríamos aprendido se tivéssemos continuado a trabalhar em publicidade. Momentos como este que nos ensinam humildade e nos faz curtir cada momento da vida como se fosse o último dia de nossas vidas." Contando isso, percebemos que a intenção do casal NÃO é diminuir a vontade das pessoas e sim alertá-las sobre o que podem encarar nessa vida. E percebemos que eles ainda gostam. Terminamos com mais uma declaração deles.

"Quando nós começamos a nossa jornada, fizemos uma promessa para nós mesmos de nunca desistir, nunca retroceder nossos passos. Nós prometemos aceitar qualquer desafio que o destino colocasse em nosso caminho. E queremos inspirar outras pessoas a deixar os limites de suas zonas de conforto, entender que não há nada mais emocionante e esclarecedor do que dizer ‘não’ à existência familiar e ‘sim’ a tudo o que esta vida pode oferecer!"

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Via   Brightside  
Diogo Quiareli
Diogo Quiareli, 23 anos, Gay, Publicitário, Goiano raiz, Geminiano nato e Infinito. Apaixonado por League of Legends, RBD, Glee, astrologia e redação.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+