Esses são os principais sintomas de COVID-19 nas pessoas já vacinadas
Tempo de leitura:2 Minutos, 36 Segundos

Esses são os principais sintomas de COVID-19 nas pessoas já vacinadas

Estamos vivendo a pandemia do coronavírus há mais de um ano. Por ser um vírus mortal, as autoridades de todo mundo se mobilizaram com a situação e tentaram conter o surto. A propagação desse novo tipo de coronavírus, tanto pela Ásia, como em outros continentes, deixou o mundo todo em estado de alerta.

Desde a sua identificação, ele já fez várias vítimas e infectou inúmeras pessoas. E os números não param de crescer. Na urgência de tentar conter o mais rápido possível a pandemia de coronavírus, laboratórios do mundo inteiro se mobilizaram em busca de uma vacina eficaz contra a COVID-19.

Felizmente, todo esse esforço valeu a pena e a vacinação já é uma realidade no mundo todo. Contudo, a vacina contra o COVID-19 não impede que as pessoas possam ter a doença. Até porque, ainda não existe uma vacina 100% eficaz contra o novo coronavírus.

No entanto, a vacina evita que os casos graves da doença levem à intubação dos pacientes ou até mesmo ao óbito. No caso das pessoas que já se vacinaram os sintomas da doença são um pouco diferentes dos que aqueles que não se vacinaram apresentam.

Um estudo feito com dados de um milhão de pessoas no Reino Unido reuniu as principais manifestações em cada grupo. Os sintomas foram catalogados pelo aplicativo Zoe Symptom Study. Mostramos aqui a diferença entre os sintomas.

Sintomas em pessoas vacinadas com a primeira dose

As pessoas que já receberam a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus não apresentam, com tanta frequência a febre, que se relatava no começo da pandemia. Os sintomas que essas pessoas podem ter são: dor de cabeça, coriza, dor de garganta, espirros, tosse persistente.

Sintomas de quem está completamente vacinado

De acordo com a pesquisa, as pessoas que já receberam as duas doses do imunizante disseram ter menos sintomas. Além disso, esses sintomas duraram por menos tempo quando comparados com quem recebeu apenas a primeira dose.

Além disso, o estudo também mostrou que as pessoas que foram vacinadas e depois testaram positivo para o COVID-19 tinham mais probabilidade de relatar espirros como sendo um sintoma.

No caso de quem já foi vacinado com as duas doses, mas contraiu o vírus os sintomas são: dor de cabeça, coriza, espirros, dor de garganta,, perda de olfato.

Sintomas para as pessoas não vacinadas

Se reconhece mais os sintomas de COVID-19 nas pessoas que não foram vacinadas. Contudo, ainda não  foi possível observar mudanças desde quando o vírus apareceu pela primeira vez há um ano. Os principais sintomas para essas pessoas são: dor de cabeça, dor de garganta e coriza.

E a perda de olfato, que no começo da pandemia era um sintoma bastante característico, foi o 9° sintoma mais relatado entre as pessoas que não se vacinaram. E a falta de ar apareceu em 30°.

Sintomas da variante Delta

De acordo com a variante do coronavírus, os sintomas também variam. No caso das pessoas infectadas pela variante Delta, que é a mais contagiosa e que já está presente no nosso país, os sintomas são parecidos com os de um resfriado leve.