• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Extinta há 30 anos, espécie de leopardo é vista em Taiwan

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Animal      01/03/19 às 19h20

Infelizmente, diversas espécies de animais estão sumindo totalmente do nosso planeta com o decorrer dos anos. Assim como novas espécies surgem a partir do cruzamento de dois tipos, algumas costumam entrar em extinção. Isso acontece de forma natural, mas a maioria dos casos acontece por causa do ser humano interferindo na natureza de alguma forma. É triste, mas a poluição, a caça e o desmatamento estão entre os principais motivos causadores de extinções. Uma espécie de leopardo, por exemplo, foi extinta há 30 anos, mas algo surpreendente aconteceu. Moradores de Taiwan afirmaram ter visto o animal recentemente e isso deu esperança aos biólogos do mundo inteiro.

Moradores da ilha afirmaram ter encontrado o Leopardo Nebuloso de Formosa (Nofelis Nebulosa Brachyura) em duas ocasiões distintas. Esse avistamento teria acontecido no ano passado, em 2018. O animal não era visto naquela região há mais de três décadas e, em 2013, foi declarado extinto. Segundo a rede Taiwan News, pesquisadores tailandeses não querem removê-lo da lista de espécies ainda ameaçadas graças aos avistamentos, mesmo raros. Diversas pessoas fizeram relatos de "encontro" com o felino. Como dito, ele estava caçando cabras em um penhasco em Daren Township, no condado de Taitung.

Enquanto isso, outro grupo afirmou ter encontrado um leopardo próximo a uma moto antes do bicho sair correndo e subir em uma árvore. Kao Cheng-chi, o presidente da Associação de Desenvolvimento da Faculdade Comunitária da Austrália, e também chefe da tribo Paiwan, confirmou que os patrulheiros montaram uma equipe próxima a Alangyi Village, em junho do ano passado. Eles tentavam monitorar o animal, de acordo com o portal Yahoo News.

A espécie de leopardo virou símbolo dos indicadores de conservação de Taiwan e é um espírito sagrado para a tribo Paiwan. Realizaram uma reunião na aldeia a fim de discutir as aparições do animal, além de pensarem em maneiras de impedir que as pessoas de fora tentem caçá-lo. Em janeiro desse ano, 2019, o Departamento de Silvicultura de Taiwan divulgou o último cronograma de Vida Silvestre Protegida. Nessa lista, o leopardo ainda estava listado oficialmente na categoria de espécies ameaçadas de extinção.

"Seria um grande evento remover o leopardo nebuloso da lista", disse Chao Ren-fang. Chao é professor do Instituto de Biologia da Universidade I-Shou. De acordo com ele, é necessário levar em consideração as percepções da sociedade e as possíveis reações da comunidade indígena. Registros que remontam o século 13 mostram pessoas indígenas levando peles do leopardo para o comércio em cidades portuárias, como Tainan. Só há um registro de uma pessoa não-indígena que tenha visto um felino da espécie vivo. Esse é Torii Ryuzo, antropólogo japonês, que afirma ter visto o animal em 1900.

Em 1986, 70 caçadores indígenas de Taiwan revelaram que a última vez que viram o animal havia ocorrido três anos antes. Entre os anos de 1990 e 1993, uma pesquisa sobre os animais carnívoros da ilha analisou mais de 16 mil imagens capturadas e nenhuma foto mostrava o felino. Outro estudo realizado, que durou de 2001 a 2013, também não encontrou evidências do leopardo, levando à declaração oficial de sua extinção.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   IFL Science     Revista Galileu  
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+