CuriosidadesHistória

Fatos estranhos sobre “Senhor dos Aneis” não explicados pelos filmes

0

Senhor dos Aneis é uma franquia famosíssima desde muito antes dos duvidosos filmes lançados sobre a série, que são considerados de longe inferiores aos livros em riqueza de detalhes e construção de personagens. Apesar disso, não é só nos filmes que a história – talvez por sua magnitude – tem buracos.

Na verdade, existem vários momentos abordados pelo filme e pelos livros que ficam um tanto em aberto, e discutiremos 10 deles a seguir com vocês:

Gandalf x Sauron

041

Talvez a batalha mais esperada e jamais ocorrida na série, o que aconteceria se Gandalf ou Sauron duelassem, em especial se um deles tivesse o Anel? De acordo com Tolkien, que foi longamente questionado acerca disso pelos fãs, explicou que mesmo que Gandalf estivsse com o Anel, esse ainda pertenceria a Sauron, e portanto deixaria a batalha quase-equilibrada, mas pendendo para o lado do necromante.

Por outro lado, Sauron estava enfraquecido e Gandalf não, mas esse seria um problema: se o mago vencesse a batalha, provavelmente o poder conquistado seria grande demais e ele se tornaria, também, uma força maligna – e por isso mesmo, desde o início recusou o anel.

Os outros aneis…

031

Na verdade, apesar do anel da saga ser o “Um Anel”, ou seja, o mais forte, existiam outros 19 aneis, que realizavam desejos. Entre eles, 7 deixados para os anões, como Thrain e Thorin Escudo-de-carvalho. Entre esses aneis, há poderes como a invisibilidade e a capacidade de juntar riqueza rápido, mas sempre um desfecho trágico: a maioria dos anões-reis morreu de forma cruel e maníaca, assim como muitos dos anões que tentaram recuperar esses objetos.

Mesmo sem o anel, não há envelhecimento

021

Apesar de Bilbo ter parado de usar o anel, seu envelhecimento continuou vagaroso, algo que também afetou Gollum, que aparece basicamente com a mesma idade tanto no Hobbit quanto em O Senhor dos Aneis, que têm uma diferença de 80 anos entre si. Lembrando que em O Hobbit, Gollum já tinha 500 anos.

Sauron não fica invisível com seu anel

011

Quando algum dos hobbits põe o anel,  há invisibilidade, mas não com o mestre das trevas. Entretanto, Sauron é um “Maia” (espécie de ser divino, como um anjo), como Gandalf, seres que habitam ao mesmo tempo  o mundo espiritual e material.

Na verdade, o anel simplesmente transporta os seres de um plano para o outro, mas como Sauron já existe nos dois, a invisibilidade não lhe é garantida – o que explica, também, porque Sauron não é consumido pelo poder negro do anel ao usá-lo.

Beowulf

10

Apesar de no Brasil o conto ter ficado mais famoso pelo filme, essa lenda nórdica é antiquíssima e conta a história de um heroi viking que precisa superar suas limitações antes de matar um dragão que atormenta seu vilarejo, um conto que se tornou popular nos EUA graças a Tolkien. Por sua vez, o autor usou o conto como base para o embate entre humanos e “monstros”, que representariam dilemas internos humanos, como a violência, a sede cega pelo poder e o egoísmo. Da mesma forma, os hobbits da Terra Média precisam enfrentam a sua própria cobiça e resistir ao anel antes de serem presenteados pelos elfos com a imortalidade.

Senhor dos aneis, uma obra nazi?

09

Apesar de não ter sido feito com esse intuito, supremacistas brancos gostam da obra de Tolkien, pois associam a obra com a valorização da “supremacia branca”. Isso porque os herois da obra são causasianos, que lutam contra o “senhor negro” Sauron e os orcs, que seriam uma versão estilizada dos africanos. Obviamente, o autor não concordava com essa interpretação.

A Terra-Média é plana

08

Como explicado no Silmarillion, a Terra Média é plana, e por isso, qualquer um poderia essencialmente simplesmente chegar às Terras Imortais e se tornar imortal. Na verdade, essa malandragem chegou a ser feita pelos humanos de Numenor (que haviam prometido não fazer isso), o que enfureceu o deus Illuvatar, que fez naufragarem todos seus navios. Depois disso, fez com que a navegação até as Terras fosse impossível, a não ser para seus escolhidos.

Metáforas inexplicadas

07

De acordo com muita gente, o livro não era metafórico, e sim uma alegoria à Segunda Guerra Mundial, de forma que Sauron seria Hitler ou Mussolini, e o anel seria a bomba atômica. Tolkien jamais confirmou essa versão, e explicou que não gostava de metáforas diretas. Ao invés disso, preferia criar uma narrativa com elementos históricos, que poderiam ensinar valores a seus leitores sendo eles reais ou não.

Bromance

06

A improvável amizade entre Gimli e Legolas mostra não apenas que é possível para raças diferentes criar laços, mas também ficarem juntas para sempre: com o fim da saga e a destruição do Um Anel, ambos vão para as Terras Imortais,  o que literalmente significa que eles serão miguxos para sempre.

Orcs, o que eles são?

05

 

De acordo com Tolkien, orcs seriam elfos corrompidos, e não uma raça à parte, e teriam sido modificados por Sauron, que era incapaz de criar vida, mas capaz de modificar seres existentes. Entretanto, onde estão os orcs mulheres? Como eles se reproduzem? O que eles comem? Por que nunca vemos bebês ou crianças orc, e eles não deveriam nascer como elfos?

Ideias e invenções que parecem modernas mas são antigas

Matéria anterior

10 termos científicos que você pode estar usando errado

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos