Entretenimento

Filme sobre Amy Winehouse tem Lady Gaga como preferida pelos fãs para o papel

0

A atriz e cantora Lady Gaga é um dos principais nomes sugeridos pelos fãs para interpretar Amy Winehouse em “Back to black”, cinebiografia da cantora que foi anunciada no dia 12 de junho.

Depois de “Nasce uma Estrela” como a protagonista Ally, Lady Gaga foi indicada ao Oscar na categoria de “melhor atriz” e levou o prêmio no Critics Choice Awards. Agora, os fãs desejam que artista dê vida à eterna cantora de soul, Amy Winehouse.

Os internautas falaram sobre o desejo de ver Lady Gaga no papel, pelo Twitter. Uma pessoa comentou “a única pessoa que pode interpretar Amy Winehouse é Lady Gaga”. A busca pelo elenco da cinebiografia de Amy Winehouse, dirigida por Sam Taylor-Johnson, deverá começar em breve.

Vale lembrar que desde o seu falecimento, em 2011, a cantora já foi homenageada em outras produções audiovisuais, como o documentário de Asif Kapadia, premiado no Oscar de 2016, e o longa da BBC, “Reclaiming Amy”, lançado em 2021. 

“Filme dos sonhos”

Foto: Wikimedia Commons

A diretora de “Cinquenta tons de cinza”, Sam Taylor-Johnson, disse, de acordo com a Rolling Stone, que esse é o “filme dos sonhos para dirigir”. 

A cinebiografia leva o nome do disco de maior sucesso na carreira de Amy Winehouse, o “Back to black”, que tem faixas como “Rehab”, “You Know I’m No Good” e “Tears Dry On Their Own”.

Esse não é o primeiro longa relacionado ao universo da música, dirigido por Sam Taylor-Johnson. A diretora já trabalhou em projetos como “O Garoto de Liverpool”, de 2009, cinebiografia sobre o cantor e compositor John Lennon.  

A procura pela atriz perfeita para interpretar Amy no longa que está em produção pelo Studiocanal, conta com a opinião do público. Inclusive, muitos discordam da possível escolha de Lady Gaga para viver a estrela.

Um internauta comentou: “Lady Gaga é o completo oposto de Amy Winehouse, Gaga é muito parecida com Madonna”.

O arrependimento de Paul Mccartney ao encontrar Amy Winehouse: “deveria ter corrido atrás”

Foto: Getty Images

Paul McCartney revelou que tem arrependimento em relação a Amy Winehouse. O artista lamenta não ter sido uma pessoa de suporte para a artista em um dos últimos e poucos momentos que estiveram juntos, de acordo com revista cedida à GQ internacional em 2018.

McCartney, que já assumiu ter experimentado drogas durante a juventude, disse ter tido uma última interação durante uma ocasião formal com a cantora. Na época, a situação de Amy Winehouse com drogas já era publicamente conhecida.

Ao se dirigir a Amy, no entanto, ele disse que poderia ter feito mais do que apenas cumprimentado.

“Eu sabia que ela tinha um problema e acabei apenas dizendo oi. Ela disse oi. Depois, achei que realmente deveria ter corrido atrás dela [para dizer]: ‘Ei, Amy, ouça, você é muito boa, eu realmente espero que você…’ e dizer algo acabasse com a desesperança”, afirma Paul.

De acordo com o músico, uma conversa, partindo de uma pessoa que já atravessou tais problemas, poderia dar forças a ela em um momento difícil. 

“E então ela se lembraria e pensaria: ‘Ah, sim, estou bem, tenho uma vida para levar’, mas você sempre tem esses pequenos arrependimentos,” disse o cantor.

Apesar da tentativa de apoio, o pronunciamento de Paul não agradou o pai de Amy Winehouse, Mitch, que criticou a fala em participação no programa Loose Woman.

“O que ele teria feito? Depende da pessoa em recuperação, e ela precisa querer ajuda. É tudo sobre a pessoa que está lidando com seu vício. Nós passamos pela dor e ainda é doloroso, e nossa maneira de lidar com isso é ajudar os jovens”, afirmou.

Fonte: Aventuras na História

Rita Lee fala sobre tratamento de câncer

Artigo anterior

Deolane Bezerra e Tirulipa afirmam que Polícia Civil fez buscas e apreensão em suas casas

Próximo artigo