• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Foto viral faz com que você compreenda como é a visão de quem tem astigmatismo

POR Bruno Destéfano    EM Entretenimento      22/04/19 às 15h23

O astigmatismo é uma condição comumente conhecida como "visão turva". Ocorre quando a córnea (a frente transparente do olho) tem uma forma irregular ou em razão da curvatura da lente dentro do olho. Uma córnea ou lente de formato irregular impede que a luz se concentre adequadamente na retina, que é a superfície sensível à luz na parte posterior do olho. Como resultado, a visão fica borrada a qualquer distância. Isso pode levar ao desconforto ocular e dores de cabeça. A maioria das pessoas tem algum grau de astigmatismo, que pode ou não comprometer a sua experiência visual. Mas, afinal, como identificar o problema? Bem, uma foto viral faz com que você compreenda como é a visão de quem tem astigmatismo. Por meio dela, é possível entender os efeitos por trás da condição - mesmo que não seja regra geral.

Uma imagem no Twitter mostrando como é a visão das pessoas que têm astigmatismo, especialmente à noite, garantiu mais de 23.000 retweets e 55.000 curtidas. O post, publicado no dia 24 de março deste ano, mostra dois carros parados no trânsito à noite. Na foto à esquerda, as luzes do carro estão borradas - o que alguém com astigmatismo poderia facilmente ver - enquanto a foto à direita mostra o que um olho normal capta.

Luzes longas e embaçadas

Pode ser que a imagem à esquerda seja de uma lente suja, como alguns usuários sugeriram. No entanto, o efeito final ainda é o mesmo: as pessoas com astigmatismo veem luzes longas, embaçadas e queimando - especialmente ao dirigir à noite. Aparentemente, dezenas de milhares de usuários do Twitter concordam com isso.

Só não se esqueça que a postagem é meramente ilustrativa. A foto viral faz com que você compreenda como é a visão de quem tem astigmatismo e está longe de ser um diagnóstico. Portanto, caso queira saber mais informações, incluindo sobre a sua própria visão, procure um oftalmologista, ok?

Entendendo os graus de astigmatismo

A IFLScience conversou com Stephanie Marioneaux, representante da Academia Americana de Oftalmologia, que advertiu sobre a dependência das pessoas para resolver problemas médicos a partir da Internet. "Há muitas coisas que a foto representa. O astigmatismo é apenas uma de nossa longa lista de diagnósticos diferenciais que os oftalmologistas podem tirar como conclusão", disse ela, acrescentando que o diagnóstico pode variar de uma lente de contato inadequadamente ajustada ao desenvolvimento de catarata.

O astigmatismo frequentemente ocorre com outras condições de visão, como miopia e hipermetropia. Juntas, essas condições de visão são chamadas de erros de refração porque afetam como os olhos se curvam ou "refratam" a luz. A causa específica do astigmatismo é desconhecida. Pode ser um fator hereditário, sendo geralmente observável desde o nascimento. Além disso, pode diminuir ou aumentar com o tempo.

A foto não representa o que toda e qualquer pessoa com astigmatismo possa enxergar

Assim sendo, a imagem funciona como demonstração sobre a maneira com que algumas pessoas com astigmatismo enxergam. Ela não retrata, contudo, o que todo mundo vê. Os astigmatismos variam e dependem do grau, bem como do tipo manifestado na pessoa.

"Eu não diria que, se você tem um astigmatismo, categoricamente é assim que a sua vida é, não. Depende da quantidade de astigmatismo, mas existem muitos outros tipos de fatores que poderiam causar esse tipo de distorção em sua visão", explica.




Matérias selecionadas especialmente para você

Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+