Compartilhando coisa boa

A história da mulher que cuidou por mais de 40 anos de elefantes órfãos

0

O cachorro pode ser considerado o melhor amigos do homem, mas outros animais também precisam de cuidados e carinho. Além de também poderem demonstrar emoções com os humanos. Daphne Sheldrick dedicou sua vida a proteger jovens elefantes que ficaram sozinhos depois que caçadores mataram suas mães para conseguirem marfim.

E os animais são capazes de demonstrar a sua gratidão, e às vezes, de uma maneira bem melhor que os próprios seres humanos. Com gestos físicos é possível ver a gratidão deles e o quão importante a pessoa pode ser na vida desses animais. Ainda mais quando os animais foram resgatados ou foram bastante ajudados por algum humano.

O casal David e Daphne Sheldrick trabalhou muito tempo ajudando os animais da vida selvagem da África. E eles focaram muito na conscientização com relação aos elefantes e tentaram impedir a caça ilegal para obtenção de marfim.

Eles trabalharam muitos anos nessa causa, mas em 1977, David morreu. Mas Daphne continuou na luta para que esses animais fossem protegidos. Depois da morte de seu marido, Daphne fundou a Fundação David Sheldrick Wildlife Trust. Ela é uma das três fundações no continente que resgata, reabilita e liberta elefantes órfãos ou que foram prejudicados de alguma forma.

Resgate

Alguns perderam as mães, mas outros caíram em armadilhas ou ficaram presos em poços. E sem as mães, os pequenos elefantes provavelmente não sobreviveriam, e é aí que a ajuda de Daphne entra. Ela faz com que eles consigam sobreviver durante a infância e consigam viver depois por conta própria.

Com a intenção de ajudá-los, Daphne criou uma fórmula de leite materno especial com gordura vegetal e óleo de coco, que deixa os jovens elefantes nutridos e felizes, mesmo estando longe de suas famílias. E foi graças a essa fórmula que ela se tornou a primeira pessoa a ser capaz de criar filhotes de elefantes.

Reabilitação

Os filhotes costumam chegar estressados e querendo sair do abrigo, e por isso cada um tem um cuidador que os supervisiona durante à noite e os acalma quando eles estão assustados. E quando eles estão adultos, são levados para o Parque Nacional de Tsavo, que é onde vivem protegidos para sempre.

Os elefantes são tão gratos à Daphne que eles esperam ansiosamente pelos abraços da mulher e pelo amor que eles não puderam receber de suas mães.

7 hábitos que constroem os relacionamentos mais duradouros

Matéria anterior

Garoto que nasceu com 2 rostos dá exemplo de superação e completa 14 anos

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.