Os incríveis avanços da saúde permitem que agora vidas sejam salvas através de transplantes. Este é o ato de colher um órgão de um outro indivíduo e transplantá-lo para outro. As cirurgias têm possibilitado uma vida nova e melhor para muitas pessoas. Este foi o caso ocorrido com Cameron Underwood, que tem 26 anos e realizou um transplante facial.

Há poucos anos, trocar o rosto de alguém ou fazer qualquer coisa similar a isso, era uma ideia inconcebível, mas que atualmente não só é possível, como já há casos que servem de exemplo. Casos como este ainda são poucos, isso porque a prática ainda está no começo e há poucas pessoas preparadas para realizar o procedimento, que é extremamente minucioso.

Tragédia

Publicidade
continue a leitura

Cameron Underwood é um jovem americano que passou por momentos terríveis. Em 2016, o jovem tentou o suicídio, no entanto, não morreu. Apesar de ter conseguido uma segunda chance de vida, Cameron ficou com o rosto completamente danificado e irreconhecível. O jovem perdeu o nariz, quase todos os dentes e uma parte da mandíbula.

Cameron chegou a passar por alguns procedimentos cirúrgicos de reconstrução. No entanto, as melhoras não foram tão significativas. Até que um dia, sua mãe leu um artigo que dizia sobre os transplantes faciais e percebeu que essa seria a melhor alternativa. Cameron e a mãe decidiram então tentar o transplante facial.

Transplante

Publicidade
continue a leitura

Felizmente, todo o processo de espera até que Cameron encontrasse um doador foi bem rápido. Apenas 18 meses entre o acidente e a realização do transplante. Em comparação a casos semelhantes, isso é uma vitória, já que a maioria das pessoas costuma viver com as sequelas por anos, até que se encontre um doador.

A cirurgia ocorreu em janeiro de 2017, foram 25 horas na sala de operação e mais de 100 profissionais envolvidos. E só agora, 11 meses após o transplante, o período de recuperação foi encerrado e Cameron agora pode se dizer feliz por essa segunda chance que a vida que lhe deu.

Publicidade
continue a leitura

Cameron se sente imensamente grato à equipe médica e comemora por poder voltar a praticar exercícios, ficar ao ar livre e fazer coisas que ama.

E aí, o que você achou dessa verdadeira história de recomeço? Comenta aqui com a gente e compartilha a história com seus amigos!

Publicado em: 03/12/18 13h37